Vida privada de FHC não interessa. Seus negócios como presidente, sim

cayman

O contrato de subvenção mostrado hoje na Folha pela jornalista Miriam Dutra, afirmando que a prestação de serviços que fazia à Eurotrade Ltd., empresa das Ilhas Cayman, não interessa enquanto “pensão alimentícia” ao rapaz que se supunha então filho de Fernando Henrique Cardoso.

Interessa, sim, quanto ao uso da posição de Presidente da República, cargo que ele exercia na ocasião em que foi firmado o contrato.

A Eurotrade, registrada nas Cayman é de propriedade do empresário Jonas Barcelos Correa Filho – que foi apontado, dias atrás, por este blog como parceiro dos Marinho na operação do helicóptero da família, em consórcio com a Veine, dona da mansão global de Paraty –  que tinha pesados negócios envolvendo a administração federal e sua empresa, a Brasif, monopolista das free-shops dos aeroportos vendida em 2006 a americana Advent International e ao grupo suíço Dufry por US$ 250 milhões.

Basta a leitura da própria Folha, no dia 24 de outubro de 2004:

Há quase 30 anos, o grupo Brasif, dono de um faturamento anual de US$ 280 milhões, domina praticamente sozinho e explora no Brasil os duty-frees -lojas francas instaladas nos aeroportos para vender produtos importados isentos de impostos- com a concessão da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), ligada ao Ministério da Defesa, e da Receita Federal, ligada ao Ministério da Fazenda.
Esse monopólio -só em Salvador há outra empresa que explora o serviço- é marcado por informações divergentes sobre concorrência, cifras que o negócio movimenta, valores dos repasses para o governo e por rumores de favorecimento político. O senador Jorge Bornhausen (PFL-SC) já foi apontado como um dos sócios da empresa. Ele nega. Em São Paulo, Brasif e Infraero informam que a empresa tem permissão para manter os free shops até 2014. Já a Receita afirma que o prazo acaba em maio de 2006.
O mineiro Jonas Barcellos Corrêa Filho, dono da Brasif S.A. Exportação e Importação, abriu sua primeira loja em 1978, no Rio de Janeiro, em parceria com a empresa inglesa Allders, que dominava os free shops na Inglaterra. Na década de 80, a Brasif acabou comprando os 40% do capital que pertenciam à empresa inglesa.
Por meio de licitações e prorrogações de contratos, o empresário conseguiu expandir o negócio para oito Estados brasileiros, onde possui hoje 23 lojas francas.
Concorre praticamente sozinho nas licitações abertas para os aeroportos, já que detém o know-how. E, nos locais onde já está, consegue prorrogar contratos na Justiça apoiado em portarias que regulam o negócio no Brasil.
É o caso do seu contrato com a Infraero e a Receita Federal para manter seus free shops no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Em 1984, a empresa transferiu sua loja franca do aeroporto de Congonhas, onde estava desde 1979, para Cumbica, que passou a operar os vôos internacionais.
Com a transferência, ganhou um prazo da Infraero, responsável pela cessão de área nos aeroportos, para permanecer por mais 15 anos -até 1999. Outra prorrogação do contrato lhe deu o direito de manter as lojas por mais 15 anos -até 2014, segundo informam a empresa e a Infraero.
Apesar de a Receita e a Infraero comandarem juntas os processos de licitação, a Receita em São Paulo informa que o prazo “alfandegado” termina em 2006. Nessa data, será feita nova licitação. A Receita informa que a portaria 204, de 1996, dá condições para uma empresa operar o negócio.
Brasif e Infraero afirmam que a extensão dos prazos é uma forma de compensar a empresa pelos investimentos feitos nas reformas das lojas nos aeroportos, na abertura de novos pontos-de-venda, além de amortizar prejuízos com a queda do número de passageiros nos últimos anos, com base na portaria 774, de 1997.

Se a canoa de D. Mariza, que só um mês da subvenção a Miriam Dutra daria para comprar três delas, é “interesse público, nos critérios da mídia, muito mais isto deveria ser.

Aliás, história é esquisítissima, a esta altura do campeonato e não vai me supreender se houver bicadas nela.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

40 Respostas

  1. Messias Franca de Macedo disse:

    “Sobrou também para outro DEMoTucanalha!”
    O José (S)erra!
    Por enquanto!
    Risos
    Entenda mais esta patifaria do PSDBosta “oPÓsição ao Brasil”, segundo o ‘Aécio 1/2 El Chato Furnas Forever’

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$

    Serra, Jonas Barcellos e a loja de calcinhas

    02/03/2012 – 16:57

    FONTE: Blogue da Lu Lacerda [que mimoso! Adendo do matuto!] – http://lulacerda.ig.com.br/serra-jonas-barcellos-e-a-loja-de-calcinhas/
    E a dica é do jornalista Luis Nassif [ http://jornalggn.com.br/noticia/para-entender-o-caso-brasif-fhc#comment-845888 ]

    O candidato à Prefeitura de São Paulo José Serra foi visto, na tarde desta sexta-feira (02/03), saindo com o empresário Jonas Barcellos da “Loungerie” – loja de roupas íntimas no Leblon, localizada no prédio da Brasif, uma das empresas de Barcellos. A empresária que passava pensou que ambos estivessem comprando presentes para suas mulheres. O fato é que o prédio é de Jonas, e a loja, de sua mulher, Paula Barcellos. Conclusão: o assunto entre ambos, certamente, abrange valores muito além do custo de algumas calcinhas.

    • Messias Franca de Macedo disse:

      errata desprezível:

      … segundo o ‘Aécio 1/3 El Chato Furnas Forever’!

    • Daniel disse:

      Todas as falcatruas e safadezas contra os brasileiros que pagam seus impostos devem ser julgadas e condenadas com rigor. Seja Lula, Fernando Henrique, Geraldo Alckmin, Delcidio Amaral e etc.
      Não tem santo nem alma honesta nesse esgoto.
      O povo deveria se unir para lutar contra todos esses lixos ao invés de ficar defendendo uma bandeira de um lado ou de outro.
      O interesse é comum… livrar o país da corrupção.

  2. Messias Franca de Macedo disse:

    E a dica é do jornalista Luis Nassif [ http://jornalggn.com.br/noticia/para-entender-o-caso-brasif-fhc#comment-845888 ]

  3. Daniel disse:

    Qualquer tipo de falcatruas e safadezas contra os cidadãos pagadores de impostos devem ser apuradas e condenadas com rigor.
    Isso vale para toda essa corja! (Lula, Zé Dirceu, Fernando Henrique, Geraldo Alckmin, Delcídio do Amaral e tantos outros)
    Não tem santo nem alma honesta nesse esgoto.

  4. titus disse:

    E ai Janot..ta na hora de reabrir o caso!
    Revelações do delegado da Polícia Federal Carlos Eduardo Pellegrini, que atuou na Operação Satiagraha, indicam que a PF apreendeu, no apartamento do banqueiro Daniel Dantas, documentos que comprovam o pagamento “de propinas a políticos, juízes, jornalistas” no valor de R$ 18 milhões.

    • titus disse:

      E ai gilmar algo a dizer?
      pagamento “de propinas a políticos, juízes, jornalistas” no valor de R$ 18 milhões.

    • titus disse:

      Marinhos, janots, gilmares, fhcs, mp, moro, stfs da vida todos envolvidos….

    • titus disse:

      A decisão do presidente do STF, Gilmar Mendes, de conceder habeas corpus a Daniel Dantas, foi motivo de debates em fóruns de discussão na internet, com milhares de mensagens contra e a favor da decisão. Também foi motivo de debates um estudo da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), divulgado dia 5 de Julho de 2007, no sentido de que desde 1988 até maio de 2007, nenhuma autoridade foi condenada nas 130 ações ali protocoladas

  5. renato arthur disse:

    Por vezes fico pensando, a razão de toda essa perseguição ao Lula e a Dima. Por virem de classe populares, terem uma vida honesta e sonharem que o Brasil pode ser mais igual e mais justo. Talvez não fiquem tentado a entrar para “Tchurma”. Entrando nela, não sofreram mais aborrecimentos, não serão mais perseguidos pela justiça nem pela mídia. Lula e Dilma poderão escrever colunas no o Globo e na folha ao lado de FHC. Poderão roubar e saquear a vontade o país e transferir seus bilhões p/ paraísos fiscais. se Fazendo parte da “Tchurma” você viajará de iate, terá avião particular, amantes, bons vinhos e encontrará seus amigos da Mídia, do PSDB, do DEM do PP, vários desembargadores e juízes, além disso os companheiros do PT podem até serem libertados. Realmente o Brasil não é para amadores.

  6. Paulo ETV disse:

    no encontro da Folha agora de manhã,saiu esta pérola de opinião” isenta” :

    Lúcio Flávio Pinto afirma que é muito comum ver nas redes sociais se falar de um suposto “PIG, Partido da Imprensa Golpista” formado pelos grandes grupos de comunicação. Mas ele diz que isso não existe, pois não há qualquer prova de articulação dos donos dos veículos para um golpe. Ele afirma que há preferências dos veículos e cada um destaca o que acha mais benéfico à sociedade, mas isso é um pressuposto da democracia. “Não há nada pior do que uma imprensa chapa branca”, afirma.

    realmente ,depois de ler esta matéria ,eu cá com os meus botões,também acho,nada pior que uma imprensa chapa branca,ano e modelo PSDB

    obs.acho que o jornalista já viveu dias melhores.ou não?

  7. Irion disse:

    Será que a privataria rende mensalão no exterior? Então fica explicado por que motivo tem alguns parlamentares louquinhos para entregar o Pré-Sal aos ianques!

  8. Messias Franca de Macedo disse:

    … São quase 13h00, horário de verão, e a página principal do site do jornal ‘O Globo’ “reverbera” – discreta e resumidamente – a entrevista da ex amante de FHC na ‘Folha’!
    O destaque maior para a matéria: Procurado pelo GLOBO, o ex-presidente ainda não retornou às ligações.
    [ http://oglobo.globo.com/brasil/ex-amante-diz-jornal-que-empresa-ajudou-fh-banca-la-no-exterior-18699688 ]

    No ‘Estadão’ nem sequer ‘um ponto e vírgula’ sobre o [mega]escândalo!

    Lá isso é jornalismo?
    O PIG age ou não enquanto máfia organizadíssima?

  9. Vicente disse:

    É com o FHC? Áh, então “podemos tirar se achar melhor”. E aí, Dr. Moro? Vai passar o Brasil a limpo? Ou não vem ao caso?

  10. Carlos disse:

    Uma outra coisa me intriga: que motivo teria a folha, o mais tucano dos jornais, a colocar lenha na fogueira que pode chamuscar justamente o tucano mais graúdo, o príncipe da privataria? Por que a folha estaria atirando fhc ao mar? Perdeu utilidade? O pasquim da Barão de Limeira estaria tentando recuperar um pouco de credibilidade junto a leitores esclarecidos que cancelaram assinaturas e ao público que já percebeu a extrema parcialidade do jornal? Enfim, é um outro lado do assunto que me ocorre.

    • Carlos Hums disse:

      A Folha é mais Serrista do que tucana, simples assim.

    • thila disse:

      Quem sabe para abafar o Triplex de Paraty e mais duas outras ilhas em Angra?

      • Seu Zé disse:

        Simples! A notícia de espalhou pela internet e é preciso abafar. Como? Puxando para si a matéria e dando (sabe-se lá em troca de que) espaço para *defesa de FHC. Essa é uma técnica que funciona bem.

  11. Ricardo Oliveira disse:

    Na verdade a Brasif (atual Dufry) serve apenas para lavagem de dinheiro. Esqueçam qualquer outra hipótese legal do propósito da empresa.
    O exportador em Cayman é a própria empresa, conforme declarado pelo tal Jonas. Sendo ele vendedor e comprador, ao mesmo tempo, o valor das mercadorias vinham (e ainda vém) absurdamente subfaturadas, aumentando o lucro na revenda de forma astronômica.
    A loja franca é isenta de Imposto de Importação, não de Imposto de Renda. Com lucros imensos eles pagam o IR e ficam com dinheiro “limpinho”. É lavagem á luz do dia, só pra quem quiser ver.

  12. Carlos Hums disse:

    Nunca é demais repetir, mas imaginem se fosse o Lula?

  13. Cunha e Silva disse:

    Quem será o promotor corajoso que queira passar o Brasil a limpo e somente aparecer nos blogs sujos dar inicio ao processo contra FHC ? . O Ministério Público Federal com a palavra .

  14. Ninguém disse:

    É fácil saber quem está falando a verdade. É fácil descobrir se há mais caroço nesse angu.

    Segundo a matéria da falha, o FHC está declarando que tem (ou teve) contas no exterior e que, por meio delas, fez transferências diretas à ex-teúda e manteúda. A ex-amante afirma que recebeu “por fora”, por meio de uma empresa (ela não diz, mas, segundo o Azenha, é a Brasif – a mesma que está metida até o pescoço com a offshore dona do helicóptero – não é o helicoca dos Perrela – e do triplex dos Marinho em Parati) e que tem os documentos para provar.

    É só pegar a declaração de patrimônio do candidato FHC (em 1994 e em 1998), para ver se essas contas no exterior estão declaradas. Isso não deve ser muito difícil.

    A própria falha, disse, numa matéria de 6 de julho de 1998 o seguinte:

    “O presidente Fernando Henrique Cardoso, candidato da coligação PSDB, PFL, PPB, PTB e PSD, está em quarto lugar com [um patrimônio declarado de] R$ 1.226.416.”

    Fonte: www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc06079811.htm

  15. Messias Franca de Macedo disse:

    “FOI BONITO DEMAIS, SIÔ, VER…!”

    FOI BONITO DEMAIS, SIÔ, VER uma âncora da *GloboNews noticiando a entrevista da ex amante – (ex?!) funcionária da Globo – jornalista Miriam Dutra…
    *Por volta das 13h35, horário de Brasília
    A coitada da âncora estava desolada, parecia carregar um trator de vergonha nas costas!
    E ainda por cima ter que ler o desgravo do FHC e da própria Globo!
    Visivelmente constrangida, muitas vezes a olhar para o piso do estúdio ao tempo em que narrava o melancólico texto!
    Cena deprimente e chocante!
    Coitada!
    Da ‘coxinhada assinante’ da GoboNews, mais um lixo das organizações criminosas dos Marín(ho)!…

    Viram, estropícios malignos &$ desalmados?!…

    ALVÍSSARAS! BOMBA!

    O diretor de redação da Folha de São Paulo, Otávio Frias Filho, admite publicamente que “os blogueiros ‘sujos’ e as redes sociais estão vencendo o poder midiático tradicional”!

    ###############

    FRIAS: INTERNET ABALOU ‘PILARES DE SUSTENTAÇÃO DO JORNALISMO’

    Diretor de Redação da Folha de São Paulo, Otavio Frias Filho, disse que o jornalismo atual vivencia um “profundo paradoxo”; segundo ele, “os pilares de sustentação do jornalismo foram abalados pela transformação tecnológica” que permitiu um jornalismo independente; “um jornalismo comunitário, militante, autoral e até de entretenimento”, observou; “Mas são parciais. Não podem nem pretendem reproduzir a referência do jornalismo profissional”, criticou em seguida; Frias também lamentou a crise enfrentada pela mídia tradicional e disse que ela “ainda está por ser solucionada”

    18 DE FEVEREIRO DE 2016 ÀS 12:45

    (…)

    FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/217575/Frias-internet-abalou-'pilares-de-sustenta%C3%A7%C3%A3o-do-jornalismo‘.htm

  16. Alex Herren disse:

    O moro??? Ele é igual ao Bozó: eu trabalho na globo….

  17. marcelo silva disse:

    Muito estranho ela ficar recebendo pensão da globo como cala boca sobre FHC sem trabalhar. Muito estranho também o FHC , aposentado e perigosamente dono de contas no exterior. O PT não pode deixar perder esta oportunidade de entrar com pedido de investigação.

  18. Patrick disse:

    Caro Fernando Brito, se me permite a crítica construtiva, acho que você errou quando escreveu “ao rapaz que se supunha então filho”. Você está comprando pelo valor de face a história do exame de DNA alegremente publicada pela nossa imprensa. Pelo contexto da situação, eu colocaria “suposto” ante à conclusão desse “exame” de DNA. Da forma como está redigido você, que não quer ferir nem entrar na vida privada de ninguém, deixou passar uma frase que é muito cruel para com a única pessoa totalmente inocente nessa história.

    • Yule Cristina disse:

      Eu já nem acredito mais que existiu um exame de DNA, a troco de quê FHC daria ao rapaz em 2015, um apartamento na Espanha no valor de 200 mil euros? Isso está me cheirando a mais uma falcatrua de FHC, um acordo entre os dois para o rapaz aceitar não ser considerado seu filho e receber a herança por fora.

  19. ivonete disse:

    Acho que as revelações de MD não tem muito a ver com mágoa ou rancor. Acho que alguém ou alguéns a está obrigando a isso. Alguém que está acostumado a agir nas sombras. Alguém que esteja com cabeça na guilhotina, e que precisa do total apoio dos tucanos. Penso Então, que MD, por enquanto está apenas desnudando o caráter de um tucano que já é carta fora do baralho, ou pefelistas mortos, ou mesmo neo socilistas de mentirinha já também fora da política. Vejamos os próximos passos do psdb no congresso. Acho também que MD está por enquanto pegando leve com o príncipe da sociologia, mas lembro que não faz muito tempo FHC foi ameaçado por um certo deputado.

  20. Messias Franca de Macedo disse:

    … E já que o PIG &$ a ‘PORCA-tarefa’ da Operação ‘Lava [Tucano a] Jato’ são tão ‘fissurados’ por antenas…

    $$$$$$$$$$$$$$$$

    A ‘Disneylandia’ do filho de FHC
    14/11/11

    Este ‘pos’t foi publicado em 31 de julho deste ano e fez uma denúncia que hoje, 14 de novembro, vem à tona no jornal Folha de São Paulo, mas só após o governo ter aberto investigação sobre a esquisita sociedade do filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Paulo Henrique Cardoso, com o grupo Disney.
    Abaixo, a matéria que saiu hoje na Folha e, em seguida, o post que este blog publicou em 31 de julho e que foi a primeira matéria jornalística a fazer a denúncia.

    FOLHA DE SÃO PAULO

    Governo apura sociedade de filho de FHC na rádio Disney

    14 de novembro de 2011

    Ministro diz ter recebido informação de que grupo dos EUA comanda emissora
    Paulo Henrique Cardoso não quis comentar o assunto, e o grupo americano afirma que o responsável é brasileiro

    Por jornalista Elvira Lobato
    Do Rio de Janeiro

    (…)

    FONTE: http://www.blogdacidadania.com.br/2011/11/a-%E2%80%98disneylandia%E2%80%99-do-filho-de-fhc/

    ***

    Rádio Disney Brasil é uma emissora de rádio brasileira sediada em São Paulo, capital do estado brasileiro homônimo. Opera no dial FM, na frequência 91.3 MHz, e não mantém afiliações. Pertence a Rádio Holding Participações Ltda. de Paulo Henrique Cardoso, e tem como sócio a The Walt Disney Company, que faz a administração de 30% dos ativos da rádio. Seus estúdios ficam localizados no World Trade Center de São Paulo, no bairro de Cidade Monções, enquanto sua antena de transmissão está no alto do Edifício São Luís Gonzaga, no Espigão da Paulista.

    A emissora tem sua programação voltada ao público jovem, assim como a Rádio Disney dos Estados Unidos, pioneira do gênero na América Latina. Atualmente é a quinta rádio jovem mais ouvida de São Paulo (…)

  21. zé ruela disse:

    Há 30 anos o príncipe ficou nu. Deu no que deu.

  22. João Batista disse:

    Queremos CPI……O caso é gravissimo e tem que ser apurado….Deputados….vão ficar quietos?????

  23. Messias Franca de Macedo disse:

    … Uma pergunta que não quer calar:
    por que a própria Globo divulgou a entrevista bomba da jornalista Miriam Dutra, e o ‘Estadão’ nem sequer um ponto e vírgula a respeito?

    Não seria de bom alvitre o Conselho Nacional de Jornalismo e/ou entidade que o valha investigar(em) “o que se passa na cabeça” dos integrantes do ‘Conselho [de Estrangeiros(!)] de Administração do referido jornal?…

    • Messias Franca de Macedo disse:

      … Esse baita “mão de vaca” iria mesmo tirar do bolso dele para prover despesas da concubina”!
      A Mirian Dutra que agradeça – de joelhos – aos [providenciais (sic)] recursos públicos!

      Risos

  24. ernesto disse:

    Fatos: A moça trabalhou para a Brasif do final de 2002 a 2006, ou seja, no governo do Brahma; o contrato envolvia atividades que uma jornalista poderia perfeitamente executar; o valor total era de quase 150 mil dólares; e a moça também disse que o FHC lhe disse ter depositado dinheiro seu na conta da empresa para cobrir o dela.

    Assim, pode ser que fosse um contrato normal e ela inventou essa história agora por incentivo do PT. E pode ser que fosse um meio do FHC sustentá-la com o seu dinheiro sem escancarar para a Ruth (ou nunca ninguém pediu para o amigo dar um “emprego” para a amante?). A coisa só se torna pública se o FHC tiver tirado esse dinheiro do governo, algo de que não se tem até agora nenhum indício, inclusive porque a grana saiu na era Lula e FHC não renovou nenhum contrato com a empresa. Onde está o grande escândalo?

    • Rodolfo disse:

      Está no uso da máquina e de sua influência a favor de suas atitudes para despistar o caso extra-conjugal. Junto com o acobertamento dado pela mídia, em especial a Globo e Veja. Se mudassem os personagens, fosse Lula e ex-amante, pergunto-me se vc teria a mesma reação. Teria? Teve com o escandaloso barco de lata?

  25. Helenita disse:

    Não se cansem procurando como o impoluto FHC sustentou essa rica patranha por décadas: não pensem em salários de USP e aposentadoria de Presidente da República; sequer precisamos cansar neurônios com esse caso da Brasif.
    Vamo-nos lembrar SOMENTE da negociata em que o FHC entregou o grandioso BANESPA para o espanhol SANTANDER!!! Inclusive é sabido que FHC detém alto cargo no conglomerado editorial do Grupo Santander… Pensemos na odiosa entrega de nossos satélites para o bondoso Carlos Slim… E por aí vai… Agora, dizer que essa manteúda era sustentada com somente o salário da Globo e a gorjeta da tal Brasif, aí, sim, é ser cego ou ser coxinha!

  26. italo disse:

    Ao entregar o último cheque para MIRIAN, depois de 25 anos, FHC queria saber o que ela disse e com que cara ficou. Ela disse: o filho não é seu.

  27. carlos disse:

    A vida de orgia desse vagabundo não interessa a mim nem a ninguém, pouco importa quantas meretrizes ele arranjou, se ago me interessa é saber quanto esse vagabundo desviou do dinheiro do povo para offshores nas ilhas caymam e no Panamá, e porque essa vagabunda que deveria ter contado a verdade e porque a outra irmã que é outra vagabunda que recebe dinheiro publico sem nunca ter prestado serviço, porque são um bando de vagabundos, até o filho pois já vem no DNA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *