The Guardian diz que bancos ingleses ‘lavaram’ até US$ 20 bi de russos

laundromat

O jornal inglês The Guardian publicou agora à tarde uma reportagem que pode criar um escândalo financeiro mundial.

Diz o jornal que grandes bancos da  Grã-Bretanha processaram quase US $ 740 milhões como parte de uma  operação de lavagem de dinheiro realizada por criminosos russos, que teriam ligações com o  governo russo e ao seu serviço secreto. Este é o valor que o jornal diz ter como provar, mas diz que teve acesso a documentos que sugerem um valor total de US$ 20 bilhões, ou R$ 61 bilhões.

O  HSBC, o Royal Bank of Scotland, o Lloyds, o Barclays e o Coutts estão entre 17 bancos sediados no Reino Unido, ou com sucursais por lá , que estão enfrentando questões sobre o que sabiam sobre o esquema internacional e por que não rejeitaram transferências de dinheiro suspeitas feitas em contas que eles operavam, num esquema que está sendo chamado de Global Laudromat, Lavanderia Global.

Os registros bancários da Global Laundromat foram obtidos pelo Projeto de Crime Organizado e Relatório de Corrupção (OCCRP) e Novaya Gazeta de fontes que desejam permanecer anônimas. O OCCRP compartilhou os dados com o Guardian e parceiros de mídia em 32 países.

Os documentos incluem detalhes de cerca de 70.000 transações bancárias, incluindo 1.920 que passaram por bancos do Reino Unido e 373 via bancos dos EUA.

Comentários no Facebook

11 Respostas

  1. Deyse disse:

    No fim a matéria é usada para acusar um ou outro de acordo com as conveniências. Igual ao acontece na mídia golpista brasileira.
    No final acuso o Putin.
    No outro site aponta presidente da venezuela duro como rei da falcatrua.
    Propaganda jornalistica fascistas do guardião.
    Bobinhos.

    • Rachel disse:

      Comecei a ler a matéria e senti o mau cheiro. Concordo contigo. Pode ser verdade sim mas quem nunca? Todos os bancos que podem fazem lavagem. Claro que é para colocar nas costas do Putin e, não que ele seja santo. Mas a grande imprensa ainda continua achando que convence quem forma opinião. Convence é bobinho do tipo que credita na imparcialidade do JN e que tais

  2. MIseis disse:

    PRO PA GAN DA

  3. Boris disse:

    OCCRP kkkkkkkkkkkkkkkkkkk que p……é essa.
    Os midiotas do brasil vão acreditar em tudo que esta em uma língua diferente.

  4. Celio disse:

    E brasilero, falso moralista coxinhado, tem plena convicção de que só aqui é que tem corruptos. Inocentes úteis!

  5. cunha e silva disse:

    Eles tem que levar o Moro para quebrar a Inglaterra. . Será que eles deixam um juizeco fazer a limpeza ?

  6. Rei disse:

    ALGO MUITO MAIS GRAVE ACONTECEU NO BRASIL… HÁ MAIS DE UM ANO E O ASSUNTO FOI ENTERRADO:

    http://oglobo.globo.com/opiniao/so-bc-nao-viu-18066171

    “Grandes empresas industriais e exportadoras brasileiras decidiram ir à Justiça contra alguns dos maiores bancos globais. Durante seis anos, essas instituições financeiras manipularam um dos principais indicadores econômicos do Brasil — a taxa de câmbio, preço-chave para contratos de comércio e investimentos.
    Entre 2007 e 2013, 30 operadores de bancos estrangeiros conspiraram para influenciar o câmbio do real em relação ao dólar. Combinaram cotações falsas, compartilharam lucros de 30% e dados sigilosos de clientes. Dividiam-se em dois grupos de chat: um autodenominava-se “A Máfia”, outro identificava-se como “O Cartel”.
    Representavam Citigroup, Bank of America, Barclays, Deutsche, HSBC, Merril Lynch, Morgan Stanley, JP Morgan Chase, Royal Bank of Canada, Nomura, Tokyo-Mitsubishi, Royal Bank of Scotland, Standard, Credit Suisse e UBS.
    Estão sob investigação no Brasil, nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha. Cinco (JP Morgan, Citigroup, Barclays, RBS e UBS) já admitiram culpa em processos nos EUA. As primeiras multas americanas somam US$ 6,4 bilhões.”

    Pra esse tipo de roubo NUNCA veremos mega-operações da Polícia Federal!

  7. José Carlos Vieira Filho disse:

    isso, se verdade, é merrequinha perto do dinheiro do pó internacional que os mesmos bancos lavam. aliás, se não lavassem já estavam todos quebrados.

  8. assim falou Golbery disse:

    depois falam que por lá é crime cobrar juro sobre juro. Porém, além do nosso Supremo já ter decidido da legalidade da imoralidade do super juro sobre juro ( mais de 00000% acima da inflação ), os nossos não podem fazer esse tipo de coisa para não morrer de fome

  9. Tomás disse:

    A gula infinita do capitalismo financeiro, que passa por cima de qualquer regulação e qualquer suposta ética para fazer lucros, teria fatalmente que ser usada pelos russos para driblar os boicotes econômicos e financeiros com que a turma de neocons de Clinton-Obama-Otan pretendiam garrotear e enfraquecer significativamente a Rússia antes de tentar contra ela uma última e louca aventura militar. A Rússia soube muito bem explorar estas fraquesas capitalistas em seu favor, além de ter construído com a China sólidos e amplos laços econômicos. Guerra é guerra.

  10. Francisco de Assis disse:

    Mas os 35 bilhoes de dolares de Osni Mubarak, estão limpinhis e cheiross nos bancs ingleses, sem precisar de lavagem nenhuma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *