Será tarde para arrependerem-se as Madalenas?

 

madalena1

Um doce para quem adivinhar, sem Google, o autor deste texto:

(…) a única força no Brasil que hoje promove a impunidade é a Lava Jato, dadas as penas ridículas que aplicam aos delatores. Notórios bandidos estão sendo, de fato, literalmente premiados. Os abusos sem contenção nem punição da Lava Jato conduzem a outros tantos.

Não senhores! O espetáculo grotesco da Polícia Federal na sexta não surgiu do nada. Sob o pretexto de combater bandidos, só pode fazer aquela patuscada quem aposta na impunidade. A mesma impunidade que protege os procuradores-vazadores. Todos esses entes, incluindo setores do Judiciário, estão convencidos de que o país não precisa de políticos e da política.

Querem saber? Entreguemos o Brasil aos porras-loucas do MPF, da PF e do Judiciário, e, em dez anos, seremos um Haiti de dimensões continentais.

Certamente um “esquerdopata”, um “petralha”, um destes adeptos daquilo que o procurador Deltan Dallagnol representou, no seu famoso powerpoint: a “propinocracia”.

Mas – oh! – o mundo está perdido: é, nada mais, nada menos, que a “madalena arrependida” da histeria policial-judicial-midiática, em que até pouco tempo ele pontificava: Reinaldo Azevedo, o Tio Rei, o “pitbull” ou, como ele prefere, o “Rottweiler Amoroso”.

Sinto muito informar ao ilustre ex-coxinha que é tarde. O tucanato foi inapelavelmente atingido pelo feitiço que conjurou e o que lhe sobrou foi o “gari de brinquedo” , que tem a densidade política de um Collor aerado e só existe na política porque o colocaram no ninho tucano.

O que agora, aliás, até limita sua natureza de cupim, porque tem de roer escondido a cara de pau de seu benfeitor.

O conservadorismo brasileiro pecou contra a castidade do voto democrático e agora arde na danação do inferno que produziu. Como diz ele próprio, o “liberalismo nativo” está “de joelhos, por desinformação ou oportunismo, justamente para os órgãos que ajudam a depredar as instituições. E isso inclui a imprensa.

Pois é, Reinaldo, guardar o zumbis dentro das tumbas não vai ser tarefa fácil.

Comentários no Facebook

18 Respostas

  1. foo disse:

    As arbitrariedades da Carne Fraca sao as mesmas da Lava Jato.

    Mas como a Lava Jato ataca o Lula, todos os excessos sao perdoados.

    Se a Carne Fraca quiser se redimir, precisa achar uma maneira de incluir o “seu Luis Inacio” na denuncia.

  2. Wake up disse:

    Ainda t panelopata repetindo calunia vencida.e gente c odio gratuito da esquerda q se incomodaram c a presenca do LULA na paulista(provalvelmente os imbecis q elegem o santo em 1°turno)mas q adoram chamar esquerdistas de manipulados.rotulos q lhes pertence p tantas bobagens espalhadas nas redes sociais.

  3. Luciano Prado disse:

    Reinaldo Azevedo age para defender os seus. Poderia ter usado dos mesmos argumentos antes, não o fez porque os envolvidos eram seus desafetos, inimigos, petralhas.
    Portanto, o caso do tio Rei não é arrependimento, mas conveniência. O que vale hoje para os seus não valeria para petrahlas.

  4. augusto2 disse:

    Não sei o que te move, meu perdido reinaldo, mas seja lá o que for, concordo contigo.
    Talvez ao contrario do que disse o evangelho, tua mão direita já sabe.tem noção do que faz a esquerda.
    E parafraseando aquele frances, afirmo que defenderei até a morte (contra os coxinhas que com a mesma te ameaçam!) teu direito de dize-lo.
    Ufa!!
    agora ja dissigitei isso.

  5. renato arthur disse:

    Essa Lava Jato, PF, os engravatados do MP, com salários astronômicos pagos pelo contribuinte, só tem uma missão perseguir o Lula e o PT. Quando o Lula morrer, tal qual o mago da garrafa, eles voltam para dentro do vasilhame e para a sua insignificância que os notabilizou durante toda a história da república, onde a corrupção jamais foi investigada.

  6. ANTONIO DE MOURA NUNES NETO disse:

    Acerca de uns dois anos, salvo engano, mandei ao tal reinaldo uma mensagem dizendo-lhe que aquele seu espaço, diante de sua notória boçalidade, iria acabar.

    Vejam lá quão diminutos são os seus comentaristas e ele, o cão furioso, até deixou de divulgar a “quantidade de acessos”.

  7. marco guerra disse:

    Sacanagem .fazem isso porque ganham um pessimo salario e sempre atrasa. sqn

  8. Tomás disse:

    Há outros madalenos arrependidos. A Globo vai passar por maus bocados e também vai ter que começar a pagar sua interminável dívida para com o país.

  9. Bel disse:

    Aí tem…prestaatenção…Não é estranho que cada vez que os figurões do PSDB aparecem em delação, aparece um escândalo nacional na grande mídia?

  10. Rafael disse:

    Bem que poderia ser de Ronaldo Caiado (uma voz a procura de um cérebro) mas neste caso cai como uma luva ao Reinaldo!
    Longos dias batem hoje à sua consciência!!!

  11. Gigioliveira disse:

    O melhor presidente do Brasil, o sr lula só cometeu um equivoco foi dar autonomia para a PF e o MP.

  12. marco disse:

    Eu duvido que esse MADALENA DE CÓCORAS,possa se arrepender dos seus atos e bravatos.Esse,representa o que é de mais ” CHEIROSO ” entre a PEQUENA BURGUESIA,ou sub pequena burguesia nacional.Sempre com raiva,como seus semelhantes,por não serem o que mais almejam,SEREM BURGUESES.Esse deve ser,por FRUSTRAÇÕES INTRÍNSECAS, um dos que mais emanam ODORES.Certamente também,tem mau hálito.

  13. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    O Tio Rei não tem moral para falar de nada. Até agora estava tudo bem para os coxinhas. Ele tirava fotos com Serra, Temer e demais golpistas. Ele escreve para coxinha sem noção. Tão sem noção que seus leitores, agora, dizem que ele recebeu dinheiro do PT. Pode existir coisa mais estúpida do que chamar o Tio Rei de petralha? Pode. Os coxas vão chamá-lo de bolivariano. É a estupidez pedindo passagem, a passos largos.

  14. salvador disse:

    KD O BRONCO? O ERNESTO? O ALISSON? O (FINADO) CLOVES? VÃO DIZER QUE REINALDO É UM PETRALHA? ALIÁS, SABEM QUEM CRIOU O VOCÁBULO?

  15. José disse:

    Tem arrependimento nenhum aí não, é desespero mesmo. De ver seus amigos do PSDB atolados na lama da lava jato. Antes, quando só o PT estava na roda; procuradores, delegados e juízes federais eram tratados como heróis nacionais e defendidos de forma ferrenha a quaisquer críticas que recebessem. Agora ele apenas reconhece que as críticas de antes estavam corretas. É que “pimenta nos olhos dos outros é refresco”.

  16. Edi Passos disse:

    Donde se conclui que o insigne rola-bosta não está mais conseguindo rolar. A bosta ficou muito maior que ele, como era de se esperar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *