Sei bem de onde vim, de um mundo que estão matando

deondevim

Minha história pessoal  é a história da afirmação do mundo do trabalho.

Do lado do pai, um avô morto cedo, descendo das Alagoas para o Rio, um pai bancário para sustentar seus estudos de História e Geografia, e uma profusão de tios e maridos das tias, um outro bancário, mais um “posto em disponibilidade”  – isso era quase um homicídio funcional – do Lloyd Brasileiro, ganhando a vida valentemente como técnico de televisão (no tempo em que tvs tinham técnicos, flybacks e seletores de canal), outro taxista, com a garotada lavando o carro todo o dia com querosene, para brilhar a lataria.

Do lado da mãe, migrantes do interior, para ganhar a vida no Rio que se espalhava nos subúrbios operários, onde os IAPIs dignos  em Realengo sucediam as “cabeças de porco” embora tenham quase virado favelas agora, porque os filhos e agora os netos e os bisnetos não têm para onde ir, senão para os “puxados” que os terrenos amplos e as construções sólida permitiam.

Nem meus pais, nem meus avós foram gente extraordinária, como eu não sou.

Não somos iguaizinhos, espalhados e sujeitados a este mundo vário, eu e meus primos, mas algo temos em comum.

Tivemos mais chances que nossos pais, como nossos pais as tiveram muito maiores do que os nossos avós.

Muitos são bacharéis, outros mestres, alguns doutores a quem os anos carcomem as faces, mas talvez não as memórias dos guarus (os “barrigudinhos”)  pescados nos valões, volte e meia uma rã carnuda a nos deixar orgulhosos do troféu de caça em Madureira.

Só na maturidade, conversando com um amigo médico, com todos os meus preconceitos de “marxista”,  é que fui entender o que se passava: “Fernando, nós somos netos de Getúlio Vargas”.

E fomos mesmo, netos de gente que passou a ter direitos, filhos de gente que passou a ter progresso, porque, ainda que não para todos, havia a escola pública.

Somos netos e filhos de um mundo onde o trabalho passou a ter direitos e, talvez, os acasos das vidas nos tenham feito esquecer disso, agora que alguns de nós tenhamos – justo pelo que a vida nos deu – saído da carência e da necessidade.

É por isso que ao ver meu País retroceder à barbárie que antecedeu nossos pais e da qual se livraram nossos avós sinto o tempo passar ao contrário.

Não para mim, a quem a vida deu muito e da qual pouco espero.

Mas para os que fazem, até por vezes negando, os que fazem de mim um degrau rumo ao futuro.

Degrau que já não se sente forte para lhes dar o impulso adiante, mas que não será fraco de romper sem barulho, sem que que cada fibra que lhe resta resista à força dos que tentam vergar o tempo ao contrário.

De muita gente se pode tirar o futuro, mas certamente de muitos não podem tirar o passado.

 

 

Comentários no Facebook

33 Respostas

  1. Antonio carlos disse:

    parabens pelo texto.

  2. Simone A. Gomes disse:

    Caro Brito, você traduziu exatamente o que temos discutido aqui em casa. Temos esse mesmo sentimento, as mesmas preocupações com o futuro dos filhos e netos, mas a gratidão por termos tido a oportunidade de estudarmos em escolas públicas e conseguido trabalhos dignos com que nos sustentamos até hoje. Belo artigo, obrigada!

  3. Luiz Mattos disse:

    CARACA BRITO,EU TAMBÉM COMECEI COMO TÉCNICO,AINDA HOJE CONSERTO AS MINHAS E DA FAMÍLIA SINTO NAS NARINAS O CHEIRO DE OZÔNIO DE FLAY BACKS VAZANDO,CHOQUES ESTUPENDOS NA CHUPETA DE ALTA TENSÃO E ELETROLÍTICOS.TEMPO EM QUE UMA TV A CORES VALIA QUASE QUE UM FUSCA.GUARDO AINDA DIAGRAMAS COM ANOTAÇÕES DOS PEPINOS.

  4. Valmont disse:

    É um grande prazer ler Fernando Brito.
    Belíssima prosa. Arte que revela uma alma rara como fonte d’água pura em meio à aridez dos nossos tempos.
    Que a Vida lhe abençoe sempre, meu caro mestre Fernando Brito.

  5. Ulan Bator disse:

    Caro Fernando, você é EXTRAORDINÁRIO SIM camarada !!!!

    E só pra lembrar, HOJE É 14 DE JULHO !!!! Data Nacional da França !!!

    CELEBRA A QUEDA DA BASTILHA E INÍCIO DO FIM DA OPRESSÃO !!!!

    Marchons, Marchons…..qu’un sang impur…..Abreuve nos sillons !!!!!

    VIVE LA FRANCE !!!!! VIVE LE BRÉSIL !!!!

  6. Elí Mariott disse:

    Parabéns, Brito! Que falta sentimos de verdadeiros jornalistas como você. Pobre de nossos filhos e netos!

  7. Pablo disse:

    Resistir Resistir e Resistir é o que resta o Povo coitado está de cabeça lavada e não emxerga o fim do túnel que saudade do velho Briza. Parabéns Sr Brito a esperança nunca morre. Hasta la Victoria siempre.

  8. maria do carmo disse:

    Prezado Fernando Brito, realmente e uma frustracao, e muito triste ,uma sensacao de impotencia! Quando acordo, me pergunto sera que estou sonhando?… o Brasil virou um pesadelo, quando penso que acabou, vem mais absurdos, escandaos inacreditaveis, Temer o chefe criminoso, todos os dias com pronunciamentos distorcidos, achando que somos idiotas, chego a ter nauseas, a destruicao e por todos os flancos, a gangue e organizada, estao saqueando o Brasil, estamos voltando ao seculo 19, ao regime escravagista, estao privatizando tudo por 10%, destruindo tudo que foi construido nos ultimos 13 anos, estou na quarta idade, nunca vi tamanha crise etica e moral na politica, MP e justica, e dificil aceitar que ate o judiciario que era o poder mais admirado, o supremo que e a ultima esperanca esta silente e acovardado, nosso Brasil nesse caoz com esse governo de desmanche, temos que reagir, fazermos uma campanha de divulgacao aos eleitores, para que todos os politicos que estao apoiando Temer, nao sejam eleitos nunca mais, pois o deputado Carlos Henrique Guaguim Podemos TO diz nao estar preocupado com a possibilidade de nao se reeleger em 2018, porque o povo esquece, e varios politicos do PSDB disseram o mesmo. Temos de divulgar incessantemento o nome e estado dos politicos canalhas e venais, que traem os eleitores ingenuos!

  9. Patrice L disse:

    FB, um belo texto.

    E, no que concerne a trabalho, sempre me lembro do quadro pintado em 1567 por Pieter Bruegel (ou Brueghel): O País de Cocagna.

    Um país idealizado, aonde nada se fazia a não ser esperar deitado ou contemplativo que a Natureza se oferecesse, por ela própria, em forma de produtos aos homens.

    Como naturalmente isto não existe de verdade e, sim, muito pelo contrário, a coisa toda requer um severo labor para o usufruto e a delícia de somente uns poucos, resta evidenciado que, variando a maneira conforme a época histórica e o local, só mesmo à base de fatores de força é que tal apropriação do trabalho alheio se dá.

    A guerra, o chicote, a religião, a lei, a parca remuneração (se é que ela existe), não importa o mecanismo do momento se ele põe a funcionar a engrenagem a que afinal se destina: a exploração de uma classe por outra.

    Todos à rua dia 20 para destemer. Erra todo aquele ou aquela que, como em Cocagna, fica contemplativamente aguardando a restauração dos seus direitos. Ela não virá sem luta. Muita luta.

  10. Frank disse:

    Aproveitando o maravilhoso texto, Fernando, tem uns “filhos da barbárie”, manetes de golpistas que deveriam ser alijados dos cometários neste BLOG. São uns “programinhas” que só repetem asneiras, não acrescentam nada de bom para os debates e fedem quando digitam de suas cloacas, coisas que só ratificam a minúscula massa encefálica dos golpistas coxinhas. A gente sabe o “amuo” dos coxinhas!! Aqui, deve ser pra quem pensam e tenham idéias.

  11. Gilbert Santos da Silva disse:

    É complicado mesmo Fernando Brito ver tudo isso que está acontecendo com o Brasil, a destruição da CLT, o desmonte da Petrobras e a perda da soberania Nacional. É muito difícil também de ver a apatia de categorias de sindicatos ditas fortes como dos petroleiros, servidores publicos da saúde e educacao, judiciario, ministério do trabalho, fórum, Bancários, Inss, não terem realizados uma greve conjunta por tempo indeterminado.

    Estavam todos no mesmo barco e não remaram juntos, e deixaram o barco afundar, as reformas foram aprovadas, agora juntos irão para o fundo do oceano abissal da perda dos direitos trabalhistas conquistados com muito esforços pelas gerações que nos antecederam e de muitos antepassados.

    (Solta o som): ” tudo isso acontecendo e eu aqui na praca dando milho aos pombos”…

  12. .Flavio ferreira disse:

    Menos Platão e mais Maquiavel.
    O que a TV Globo faz? Fustiga a justiça. Ameaça desembargadores e também procuradores. O PT precisa fazer o mesmo com o própria TV Globo e todos aqueles que tratam o PT como inimigo.
    Todos os membros do PT tem que estar focados neste objetivo.
    Cobrar a aplicação da Lei de todos os inimigos. Expor as contradições da Justiça, como a não prisão dos Tucanos, como o Eduardo Azeredo, e leniência da Justiça com a TV Globo, como no caso Parati, Mossak e Copa 2002.
    Pesquisar essa ligação do Moro com o desembargador Gebran. Alfinetar a Carmen Lucia sobre a falta de julgamento do Moro no CNJ, afinal a lei é para todos e o cala boca já morreu, como ela mesmo disse.
    Em cada entrevista, por qualquer assunto, lembrar que o MPF não investiga a TV GLOBO, que tem um sócio preso pelo FBI.
    E lançar várias campanhas, tais como:
    # Moro deixa livre Herdeira da Globo: caso Mossak.
    # Moro liberta bandidos da Mossak.
    # MPF tem medo da TV globo? Casos Mossak e Copa 2002.
    # Justiça tem medo da herdeira TV Globo: caso Parati.
    # Moro deixa traficante solto por 8 anos: caso escuta Youssef.
    # Justiça e o caso Doria na Embratur?
    # Contas no exterior de Aécio e Serra: e aí Justiça?
    # Justiça e MPF e os trens de Alckmin e Serra, nada?
    # TV Globo e FHC: empréstimo do BNDES é o caso Miriam, MPF não fala nada?
    Contra-atacar para tirar o foco dos desembargadores do TRF4, dá um alívio para os caras, mas ao mesmo tempo pesquisar sobre os mesmos.
    Lembrar: ninguém tem mais telhado de vidro que a TV Globo

    • Gilbert Santos da Silva disse:

      Isso mesmo! E partir pra luta de esclarecimentos. Esse desembargador gebran fez declarações considerando moro seu amigo; a prefeitura de São Paulo deu terreno público a rede globo; a rede globo sonegou imposto e o processo na receita Federal sumiu: mostra o DARF rede” goebbles”!! A mansão de parati foi construida em area de preservação ambiental, por que o ministério público não cobra multas ou autoriza a destruição do imóvel?! CADE^a justiça?!!

      E cabe principalmente aos senadores e deputados fazerem isso essa campanha de informação na TV senado e nos seus redutos eleitorais, eles tem imunidade parlamentar, podem falar o que quiserem a hora que quiserem. Alguns já fazem, mas são poucos, talvez com receio da rede globo que é destruidora de reputações, mas “quem não deve não teme”!!

      Outra frente tem que ser dos sindicatos com carros de sons e palestras por todo o país,tentar ocupar espaços nas rádios convencionais e rádios comunitárias, na Internet, pra trazer a luz essas materias supracitadas e com outdoor e em suas páginas nas redes sociais mostrando os deputados e senadores, a lista com nomes, legendas partidarias e fotos dos que votaram contra os trabalhadores na reforma trabalhista e a PEC 55/241.

      As Universidades também devem fazer seminários de esclarecimentos, audiências públicas nos municípios e capitais em todos os rincões do país. E a UNE tambem.CADÊ a UNE?!!!

      Tem que contraditar e mostrar as mazelas da justiça mesmo e as ilegalidades praticadas pelo juiz moro: CADE O PROCESSO NA CNJ?!! VAO JULGAR MORO NAO?! CADE A AGILIDADE DO JUDICIARIO NESSE CASO?! Tem que fazer manisfestacoes em frente ao STF e nas comarcas de todo o judiciário do pais cobrando esse julgamento, e fazer chegar ao conhecimento do público desinformado a parcialidade da condução dos processos quando se trata de Lula e gente ligada ao PT, e a complacência quando se trata de outros “partidos de estimacao” como PSDB E PMDB, pra ver se geram algum tipo de indignação em nossa gente, por que a apatia e a inércia ja ta dando nos nervos!! ”

      Ou vai ou racha!!” Ja Passou da hora das ações efetivas!! A democracia foi golpeada e o governo tomado de assalto e só vem medidas contra o povo o dito andar de baixo. O tempo ta passando e nada Da Campanha pelas DIRETAS JA, e nada de greve geral por tempo indeterminado!!

      (Solta o som): ” estava a toa na vida e o meu amor me chamou, pra ver a banda passar…”

    • Lenita disse:

      Flávio e Gilbert, subscrevo ! subscrevo !

      A luta é de todas e todos ! Temos que armar vários barracos pelo Brasil todo no sentido de informar, desconstruir as perversas narrativas vomitadas diariamente na cabeça da população; e assim dar os nomes aos bois ! JÁ passou da hora ! Tem que ser paulada nas orelhas da platinada e surra sem dó nos golpistas até ficarem vermelhos de verem as portas e as mesas viradas.

  13. Messias Franca de Macedo disse:

    VÍDEO SENSACIONAL!
    HISTÓRICO!

    Deputada Maria Vitória sobe ao altar aos gritos de “golpista, golpista”
    Por Joaquim de Carvalho – 15 de julho de 2017

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/video-deputada-maria-vitoria-sobe-ao-altar-aos-gritos-de-golpista-golpista/

    • Messias Franca de Macedo disse:

      … Mais sobre a ‘famiglia’ “Camburão dos Ovos”!
      E o canalha corrupto-golpista pai da noiva concedeu entrevista a um jornalista socialite louvando a descendência italiana!

      $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

      Ministério da Saúde suspende acordo para produção de hemoderivados

      Parceria previa a transferência de tecnologia progressiva para a produção do Fator VIII recombinante, essencial para pacientes hemofílicos
      O Ministério da Saúde suspendeu a Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) de um hemoderivado essencial para pacientes hemofílicos, o Fator VIII recombinante. Firmado em 2012 com a estatal Hemobrás e com a empresa Shire, o acordo previa a transferência de tecnologia progressiva para a produção do hemoderivado. A decisão do governo foi comunicada à Hemobrás nesta quinta-feira, 13.
      (…)
      A suspensão da parceria ocorre um mês depois de o ministro da Saúde, Ricardo Barros, dar início pessoalmente a uma negociação que prevê a construção de uma fábrica de hemoderivados em Maringá (PR), seu reduto eleitoral. Pela proposta, um consórcio seria formado entre os laboratórios públicos estaduais Butantã (SP), Tecpar(PR), Hemobrás e a empresa suíça Octapharma. Os três laboratórios ficariam encarregados da produção de hemoderivados para o País. Para o plano seguir em frente, no entanto, o primeiro passo é terminar a PDP com a empresa Shire.

      Por jornalistas Lígia Formenti e Daiene Cardoso

      14 Julho 2017 | 22h38

      (…)

      FONTE, pasme: http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,ministerio-da-saude-suspende-acordo-para-producao-de-hemoderivados,70001891163

  14. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    O cabedal de conhecimentos deste coxinha miserável, burro e chato não passa de meia dúzia de frases, repetidas à exaustão. Deixem esse trouxa falando sozinho. Por que perder tempo com criatura tão execrável?

  15. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    Vamos lembrar aos coxinhas que Mandela também foi preso ou “deixá-los-emos” na sua insignificante ignorância?

  16. Messias Franca de Macedo disse:

    SENSACIONAL

    O escracho hígido continua!

    Brasil à venda!
    AO VIVO: LEVANTE ESCRACHA A CASA DO PREFAKE DÓRIA
    https://www.facebook.com/levantepopulardajuventude/videos/vb.162474053818157/1576222242443324/?type=3&theater

  17. Helbert Fagundes disse:

    Bom dia,

    O mais engraçado que todos nós sabemos nossa origens( De Portugues, Índio e Negro)e nós comportamos como fôssemos puros como Russo, Europeu, Asiático e Tio Sam( esse nem puros são, pois descendem da casta da Rainha). Aqui em MG nem o povo sabe o que é MG, pois essa são duas: Minas e Gerais( que de passagem pertencia a Pernambuco o Gerais), não sou mineiro e sim, do gerais, sou pobre, caboclo, pertenço aos Xacriabas. Minha Minas é o gerais terra de Sol, poeira, fui forjado aqui e sei o quanto vale isso…

  18. L'Amie disse:

    Maria Ferraz, parabéns. Preencha o vazio dos robôs. Ponha sua água cristalina onde houver água turva e salobre. Nós não temos mídia, a não ser a alternativa; temos Agências de Informações Centralizadas comandadas pela cia. No Brasil a sucursal que se destaca em Golpe e Traição é a gLobo1 que lança uma Maré de Detritos Sólidos nos nossos ouvidos. Para saneá-la basta Um Anel Sanitário em torno da América Latina, pois até agora somos tratados como AMÉRICA LATRINA dos Theodors.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *