Procuradores querem só 16,4% de aumento. É a moralidade “cash”

relat

Como se sabe, o Brasil está arruinado só pela corrupção.

Nossa situação de penúria nada tem a ver com o saque do Estado brasileiro por uma camada de privilegiados  nos três poderes, tanto que é preciso cortar na Saúde, na Educação, na infraestrutura…

Por isso, nada mais justo e urgente do que dar aos homens e mulheres que nos salvam da roubalheira a justa recompensa, inclusive em dinheiro.

Do Estadão:

Em meio à crise financeira, o Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou nesta terça-feira, 25, reajuste de 16,38% no contracheque dos procuradores, o que deve gerar um impacto de R$ 116 milhões nos cofres públicos. Ainda não foi definido como será feito o remanejamento de recursos para incorporar esse aumento, que ainda depende do aval do Congresso Nacional para entrar em vigor. No ano passado, a categoria teve reajuste de 17%, mas a aprovação está parada na Comissão de Constituição de Justiça do Senado. 

E de onde apareceu o número mágico de 16,38%?

Vocês pensam que os nossos procuradores são bobinhos?

Não, de jeito nenhum. Se os nossos repórteres fossem mais espertos veriam que o vencimento-base atual, de R$ 28,947,55, com um reajuste de 16,38% dá R$ 33.735,06, o mesmo que ganha atualmente  vence um ministro do Supremo.

Então, eles jogam nas duas: ou se aprova o projeto que dá exatos 16,38% que está parado na Câmara junto com o que reajusta os rendimentos dos ministros do STF ou se tramita o pedido separadamente, com um resultado idêntico, igualmando o vencimento dos procuradores em gerao aos dos ministros do Supremo.

Mas o amigo leitor e a querida leitora não fiquem achando que é só isso que suas emepeências recebem.

É só olhar na relação dos contracheques de junho e verão que, além do vencimento, há indenizações  isentinhas de imposto de renda e de desconto previdenciário.

Estes “complementos” chegam a representar R$ 38 mil e para um quinto dos promotores representam valores acima de R$ 15 mil.

A Doutora Raquel Dodge, tão simpática e zelosa da remuneração de seus pares, por exemplo, recebeu mês passado R$ 43 mil de vencimentos brutos, mais R$ 22 mil de férias e ainda R$ 35 mil de indenizações funcionais.

Bruto, acima de R$ 100 mil. Líquido, quase R$ 80 mil.

São uns sacerdotes franciscanos, verdadeiros Diógenes vivendo na frugalidade à procura de homens honestos…

 

Comentários no Facebook

20 Respostas

  1. Cravinho fom Rich often disse:

    Vamos chamar o síndico. Esculhambou geral.

  2. Messias França de Macedo disse:

    Bandidos vulgares!

  3. E esse povo ainda vem falar de moralização, o povo tem que tomar o poder e reverter toda essa festança com o dinheiro público. É necessário e OBRIGATÓRIO que haja com urgência numa reforma do JUDICIÁRIO, esses caras não são melhores do que ninguém, eles passaram num Concurso público como muitos passaram e não recebem esses privilégios.

  4. Messias França de Macedo disse:

    … Que tal uma Lava Jato específica para investigar estes arrivistas despudorados &$ irresponsáveis?
    Cadeia eh pouco nestes infames lesa-p’atria!

  5. Lenita disse:

    A identificação do conceito de povo no regime democrático brasileiro …

    http://npa.newtonpaiva.br/direito/?p=1902

  6. Antonio Luiz disse:

    “Se gritar pega ladrão…Não fica um meu irmão
    Se gritar pega ladrão…não fica um.”

    E quando a maioria destes parasitas olha no espelho, ela só vêm preto, pobre, prostituta e petista.

  7. Maria disse:

    Casta privilegiada nefasta!

  8. Luciano Bastiani disse:

    Para o tal Luciano M Silva: num estado mínimo não teríamos colégio militar.
    Pare de dar tiro no pé, xará.

  9. Leandro disse:

    Isso aí blogueiro, Estado mínimo já! Privatização de tudo e o que sobrar que se pague no máximo uns 5 salários mínimos!! Chega de Estado inchado e custoso. Chega de servidores bem pagos – mesmo porque todos eles, sem exceção alguma, perseguem o Estado democrático de Direito.

  10. L'Amie disse:

    Nosso Povo, tão inconsciente e inconsequente, deveria ler a História Geral, a História dos Povos, destacando-se a Alemanha, a Holanda, a Finlândia, a Suécia, a Noruega, a França e a Inglaterra. Estudá-los e analisá-los a fundo a fim de começar a desenvolver os Princípios Básicos da formação de um Povo e desenvolver o Nacionalismo, o Patriotismo, a Cidadania, o Espírito de Corpo, o Republicanismo e a Fraternidade. Somos uma pseudo nação, tal qual uma sopa feita de mil componentes que estranhamente sofrem cozimento em tempos diferentes, mas que estão juntos para que em certo momento sejam servidos como um caldo; não obstante, estarem alguns destes ainda cruos ou semi-cozidos. Resultado, ainda sem gosto, cheiro e textura. São 500 anos desde a descoberta (?), 120 de republica e 60 de democracia elementar. Bota tempo pra sermos NAÇÃO. Enfim, só resta aguardar a conclusão do COZIMENTO.

  11. Hcc disse:

    Estamos sendo saqueadis por estes ladrões.
    Bando de ladrões. Saqueadires.

  12. Lula me Lamour disse:

    pelo que me contaram, se fosse possível aumentar em 3% a alíquota do imposto de renda desse, o governo arrecadaria o suficiente para reajustar a bolsa família. Como isso não é possível, o efeito na arrecadação será o mesmo se corrigir os salários deles por esse percentual.

  13. DeBlu disse:

    O Brasil é um país de castas.

  14. Maria Rita disse:

    E a Leitão global dizendo que vem aí o apagão fiscal. Ajuste fiscal, lembram? Um verdadeiro conto do Mercado, antes era conto do Vigário. E o povo já pergunta com maldade: Onde está a honestidade, onde está a honestidade?
    Ps.: A justissa brasileira – justiça é uma outra história, está tomando o lugar da Globo. Virou a dona da bola, manda e desmanda como bem entender. E a sociedade?! Que se dane!

  15. Ale Nogueira disse:

    Procuradores gasolina. É proibido fumar.

  16. Gilbert disse:

    Manifestantes se mobilizaram por causa do aumento de R$0,20 centavos impulsionados pelo movimento passe livre( deveria se chamar movimento do pasto livre), mas não se mobilizam contra o aumento dos combustíveis, a Pec 55 e as reformas trabalhistas.

    MBL e revoltados on-line foram as ruas e as panelas batiam contra Dilma (que não esteve envolvida em corrupção), mas não protestam contra temer, Aécio, Geddel, Loures e outros tantos, atolados nas falcatruas de negócios feitos no porão da politica e na calada da noit, e ficam em suas belas casas com as panelas mudas, ariadas, conservando as coxinhas recheadas com carne podre de pato ou penduradas no museu do memorial.

    Promotores que fazem palestras e recebem recursos financeiros e que assumem cargos quando a lei ou as normas internas da sua categoria não permitem e que acusam sem provas baseados meramente em delação; juizes que julgam fora dos autos e contra a lei e a constituição com sentença onde o direito é distorcido e sofre entendimento diversos a depender do cliente réu.

    Fingem que combateram e que combatem a corrupção! “Raça de víboras, fariseus, hipócritas e moralistas sem moral!”

  17. Gilbert disse:

    Relembrando: Dilma nao deu aumento ao judiciário em 2014 e em 2015 e depois veio o golpe do impeachment. Deve ser mera coincidência…

  18. Hcc disse:

    Para fazer o péssimo serviço que fazem, isto é quse um sequestro.
    Bandidagem pura.

  19. estes seres privilegiados chamados juízes e procuradores vivem num brasil dentro de outro brasil.
    esta classe está destruindo tudo que temos e olhe que nem precisam estufar pra isso,pois tem boatos por aí dizendo que o maior juiz do brasil fez mestrado e doutorado em apenas três,quando deveria ter feito em seis anos,pode isso arnaldo?

  20. Carlos disse:

    Juiz não é funcionário público? se não for prevaricacao o que pode ser, outro detalhe quem é que julga o juiz? Só forem julgados no tribunal de Haia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *