Politicagem com a morte

empurra

Como se disse aqui, mais cedo, o Governo Federal adotou a tática de jogar sobre o Governo do Estado do Amazonas a responsabilidade pelo motim que virou massacre na penitenciária de Manaus, dizendo que este sabia de sua iminência e não avisou às autoridades nacionais.

O problema não é a tragédia, é quem leva a culpa.

Então, em retaliação, o Governo amazonense  diz que Brasília tem “informações e participa de discussões sobre segurança pública no Estado” e que “desde outubro de 2016 o Estado mantém um Comitê de Gerenciamento de Crise do Sistema de Segurança Pública, com representantes estaduais e federais. Entre as entidades presentes no comitê, segundo o governo do Amazonas, estão a Polícia Federal, as Forças Armadas, a Polícia Rodoviária Federal e a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), todas essas entidades federais”.

Como costuma acontecer nestes casos, os dois lados devem ter parte da verdade e nenhum deles tem razão.

O prblema é que parece ter se extinguido no Brasil qualquer tipo de investigação séria, aquelas onde os responsáveis calam a boa até saberem, com bastante certeza, tudo o que se passou.

É obvio que o Governo Federal não é o culpado pela entrada escandalosa de armas no presídio.

E é claro que ele é culpado por não ter uma política penitenciária e não controlar a aplicação dos recursos do Fundo Penitenciário.

A rigor, é só politicagem e pouco importa que 56 pessoas tenham sido mortas da maneira mais cruel e selvagem.

Pessoas? Que digo eu? Eram presos, eram bandidos, importam pouco ou nada.

Comentários no Facebook

13 Respostas

  1. Antonio Passos disse:

    Tá explicado ! As instituições nacionais não têm tido muito tempo pra cuidar dessas “coisinhas”. Estão todas elas dedicadas integralmente à PERSEGUIÇÃO de LULA.

  2. Márcio Martins disse:

    Só gastaram 1,100 bilhão de reais de 2010 a 2016 com as empresas terceirizadas dos presídios…SÓ, imagina! Quantos CIEPS dariam para terem sido construídos e mantidos com esta grana, que com certeza, pelo valor, se for investigar…vai feder?

  3. nilo batista disse:

    Já os 85% a menos de repasse pra segurança pública nos últimos 2 anos, no governo daquelas já esquecida senhora não tem nada a ver com a tragédia.
    O nobre blogueiro finge que não politiza a tragédia, mas não faz outra coisa tem 2 dias.

    • Antonio Passos disse:

      Politizar tragédia ? Kkkkkkkk Lembra do avião que o piloto pousou ACELERANDO ? Pois é, a mídia toda culpou o governo durante meses e até hoje tem gente que não soube de verdade.
      Você esqueceu também que Dilma NÃO PÔDE GOVERNAR a partir de 2014, cercada pela mídia, pela oposição que NÃO aceitou o resultado das urnas, pelo congresso com Cunha sabotando e com Moro parando empreiteiras e a cadeia do petróleo. Difícil governar assim não é ?
      Mas o fato é que o massacre aconteceu agora, então quem tem que responder é ESTE bando de golpistas, porque as denúncias contra o governo não são de falta de verbas mas sim de negligência. Com a palavra os canalhas.

  4. Nilson disse:

    Estamos em governo nazista e Brito viajando.

    • maria do carmo disse:

      Viajando esta voce Nilson so fala besteira cade os neuroneos? Ja comeu sua racao de alfafa hoje?… Estamos numa ditadura apoiada pelos fascistas, deixa chegar no bolso desses oportunistas, ai quero ver!…

  5. maria do carmo disse:

    Temer o ursurpador ARRIVISTA, na quarta idade ( tudo que vier e lucro ) corrupto super delatado, vaidoso sem conciencia e sensibilidade, dominado por gangue de politicos meliantes, especialistas em falcatruas, esta calado por que consente, e esta esperando pra saber pra que lado correr, que autoridade tem o ministro da justica que foi defensor do PCC?… Pais dominado por corruptos, como diz os jornais do mundo inteiro, menos a midia canalha brasileira, MP irresponsavel se achando Deus,que famais que a boca, Judiciario silente, camara e congresso venais, e o caos, SOCORRO, eleicoes Jas!…

  6. Diego disse:

    É mais fácil uma cobra fumar, que o brasileiro compreender o quanto está imerso no contexto das manipulações das massas e se livrar disso, uma pequena porcentagem de uma população de mais de 200 milhões de pessoas dominam e escravizam a todos os demais. Quem quer investir num país que possui um judiciário podre? Num país em que o povo não tem educação, num país em que o sistema de saúde é ineficiente e só piora, num país de entreguistas canalhas. Só os financistas que lucram com a fabricação de miséria e guerras.
    Os políticos canalhas e o judiciário podre criaram uma injustiça de castas, uma lei que diz que um criminoso com um pouco de estudo a mais,ou seja o 3º grau, tem privilégios e mordomia, é preso grã fino, são presos especiais em cadeia especial para crimes de mesma natureza, um absurdo no mundo civilizado. Uma vergonha mundial. Deviam todos irem pro mesmo lugar e passarem por triagem direcionados ao trabalho forçado para ajudar a pagar os prejuizos que causaram. Presídios hoje são depósitos de potenciais conflitos, motins, lutas entre facções e escola de bandidagens, tudo pago por nós, com grande possibilidade de uso político para desvio de verbas públicas. Um verdadeiro caos de condenados desocupados, provocados por políticos canalhas que já deviam estarem presos. E as “otoridades” que sabem que não caem na mesma vala ainda ameaçam : E aí meu? Sabe com quem está falando?
    O BRASIL se divide numa imensidão de BRASILEIROS e um grupelho de golpistas.

  7. Marco disse:

    Politicagem? Ao estilo dos textos da esquerda petista sobre a chacina de Campinas, Fernando?! Ah, entendi.

    • Tomás disse:

      Não há como negar que a chacina de Campinas foi obra de um extremista de direita desnorteado. Não temos mais o campo de força da democracia para nos proteger. Mas vocês, da direita supostamente “liberal conservadora”, ainda vão assistir calados ao espetáculo de um Brasil a passar por grandes e históricas provações. Este mesmo ódio que gerou Campinas ainda vai ser organizado, multiplicado e canalizado para um terrorismo dirigido à esquerda e aos intelectuais do país, espalhando o terror mortífero da santa ignorância por toda parte.

      • Marco disse:

        Não, Tomás. O ódio só prolifera quando encontra campo fértil. Quando encontra contraposto. Você não consegue brigar sozinho. É impossível. Precisamos por a mão na consciência e fazermos autocríticas…

      • Marco disse:

        E ainda que eu pudesse concordar com vc, caso pudéssemos ter uma discussão justa, sem paixões, tenho que te dizer que as ideologias, tanto de esquerda, quanto de direita, foram deturpadas e estão sendo manipuladas e usadas por grupos que almejam o poder pelo poder. Não há sinceridade neste jogo, nem racionalidade e muito menos cientificidade ideológica mais neste país.

  8. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    O louco postou na rede que “tiraram uma vadia” do poder. Quem usa esse termo chulo? Nós ou vocês? Prá bom entendedor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *