Para quem acha que Libra é tudo, vem aí Franco…

Preste atenção neste trecho da entrevista da presidenta da Petrobras, Graça Foster, ao Estadão, no final de semana:

A área de Franco, pelo que se comenta, está muito próxima do tamanho de Libra (8-12 bilhões, segundo a ANP). E Franco é só uma das áreas da cessão onerosa. Se tiver 8 bilhões de barris, por exemplo, a Petrobrás explora até 5 bilhões? Como funciona?

O contrato é esse (5 bilhões de barris de óleo equivalente). Tudo além de cinco, se é cinco num campo, se a gente vai desenvolver aqui também, ali… Essa é uma das etapas mais importantes dessa discussão.

Seria mais viável focar em um campo apenas?

O que é mais razoável, mais adequado, para uma empresa de petróleo não necessariamente é para a União. Há que se olhar os dois lados e a palavra final é da União. O petróleo é dela, pertence a ela. Aquilo que é mais razoável para uma empresa de petróleo nem sempre é o mais adequado para a União. Por isso, é uma discussão importante e rica.

A Petrobrás pode devolver algumas áreas para a União?

Essa é a discussão que vamos fazer. Já estamos prontos. Em 2010, assinamos contrato, já estamos perto de 2014, está na hora de sentar para organizar, montar um cronograma de atividades, (avaliar) todos os itens que precisam ser discutidos, passo a passo, o timing para cada um e fazer um trabalho técnico e econômico.

Deu para entender o que a gente vinha dizendo aqui?

francofhcFranco é apenas uma das seis áreas entregues por contrato diretamente à Petrobras, durante o processo de capitalização da empresa.  Foi com essa operação que o Brasil conseguiu recuperar uma parte do capital da Petrobras que Fernando Henrique espalhou na Bolsa de Nova York.

Aliás, outro Franco, não o campo de petróleo, mas diretor e depois

acoespetrobraspresidente do Banco Central do governo tucano, queria vender a Petrobras, o que em parte foi feito com a entrega das ações aos

americanos.

Veja aí ao lado como o Estado brasileiro recuperou quase 10% da empresa naquela operação.

Pelo menos em relação a Franco, estão praticamente prontos os estudos de avaliação e eles indicaram reservas muito superiores aos 3,5 bilhões de óleo recuperável – a previsão inicial, de 2009 –  e aos próprios 5 bilhões de barris contratados com a União.

Também estão neste ponto os trabalhos em Florim, cuja estimativa original, de meio bilhão de barris, com poços que revelaram reservatórios de grande dimensão vertical, embora a área seja bem menor que Franco.

Ainda há quatro áreas “bloqueadas” para a Petrobras, no contrato de cessão onerosa: entorno de Iara, Tupi Sul e Tupi Nordeste , além de Peroba, esta incluída na condição de “reserva” para o caso de não se alcançarem os 5 bilhões de barris, o que não vai acontecer, é evidente agora.

Uma avaliação superior ao volume contratado vai ser, provavelmente, objeto de adjudicação direta – como permite a lei de partilha – a Petrobras, que renegociará os valores a serem pagos à União por este excedente.

Será que os que achavam que Libra deveria ter ficado exclusivamente a cargo da Petrobras, sem captação de recursos de parceiros para a exploração se dão conta de que isso implicaria – já de início – em abandonar os investimentos nestas áreas da cessão onerosa, as quais, além de estar contratualmente obrigada a perfurar e produzir, o petróleo é tão garantido e de boa qualidade quanto em Libra?

E mais: tudo indica que, somadas, as áreas já parcialmente adjudicadas à Petrobras, provavelmente, vão superar as reservas de Libra.

Se esgotarmos a Petrobras em imprudências, mesmo que com generosas razões, eu garanto a você que a tal “falta de interesse dos investidores estrangeiros” vira num instante apetite de formigas por mel.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

39 Respostas

  1. Robert PR disse:

    E lembrar que os corruptos vende-pátria disseram que a Petrobrás era um “paquiderme” e que iriam desmontá-la “osso por osso”. Se levarem, desmontam mesmo É da natureza desses bandidos.

    • Ricardo disse:

      Os privatas do governo FHC sucatearam a Petrobrás, afundaram por incompetência e negligência a P-36, torraram 50 milhões de dólares (umas 3 vezes mais do que o valor do caixa 2, chamado “mensalão”, o maior escândalo da história da mídia brasileira…) para por um x no nome da empresa, e para esculhambá-la ainda mais e desvalorizá-la aos olhos da população chamaram-na muitas vezes, através de sua mídia chapa branca, de Petrossauro.

  2. Então não seria melhor a Petrobrás se dedicar a Exploração de Libra e entregar esta área de Franco para a iniciativa privada e cobrar tudo sobre ele que tem direito? Com Libra além de muito lucro ainda teremos uma renda fabulosa e garantia de produção com sobra para o consumo e com mais umas duas ou três áreas podermos exportar e montar na grana. Que tal a idéia.
    ?

  3. 4aulo Silva disse:

    Esses enormes campos de petróleo foram descobertos, depois de muitos estudos e investimentos, pela PETROBRAS. Outras empresas, inclusive a SHELL perfuraram por ali em busca de petróleo e nada acharam Repito então : Foram descobertos pela PETROBRAS. E o Estado está entregando-os, ou parte deles, para concorrentes da PETROBRAS com a desculpa que a PETROBRAS não teria os recursos suficientes para explorá-los sozinha, o que é uma falácia. Qualquer banqueiro do mundo emprestaria 200 bilhões para alguém que tivesse uma mina de ouro no fundo do quintal que valesse 1,5 trilhão. Então, o Estado está utilizando a PETROBRAS como o boi rufião. Na fazenda, o fazendeiro (Estado) sabendo que determinado boi é bom de chinfra (PETROBRAS), utiliza-o para identificar as vacas férteis no pasto (os campos de petróleo). Quando o rufião as identifica e prepara-se para ter o prazer de desfrutá-las, o fazendeiro retira o rufião de perto e escolhe outro boi a dedo (as concorrentes multinacionais da PETROBRAS) fara fecundá-las. Uma puta de uma sacanagem com o rufião! O fazendeiro adora e exalta as qualidades do rufião, mas vive sacaneando-o. E nem permite lamúrias do pobre coitado, taxando-o de mal-agradecido, corporativista e egoísta, quando dessas lamúrias. Um dia o rufião desanima.

    • Cid Carvalho disse:

      Seu raciocínio perdeu qualquer sentido já na frase “qualquer banqueiro do mundo emprestaria 200 bilhões para alguém que tivesse uma mina de ouro no fundo do quintal que valesse 1,5 trilhão”

      Não é verdade.

      Um empréstimo de 200 bilhões de dólares não se consegue em qualquer esquina.

      A Petrobrás NUNCA, JAMAIS conseguiria levantar essa grana toda através de empréstimos internacionais. Se conseguisse, seria daqui a 15, 20 anos, o que não interessa nem um pouco ao povo brasileiro, que precisa de royalties PRA ONTEM, além do quê, ninguém sabe quanto vai valer o barril de petróleo daqui a 20 anos, quando os carros elétricos abastecidos por usinas de fusão nuclear substituírem os carros a gasolina.

      NÃO EXISTE nenhuma possibilidade de se acusar Dilma de “entreguismo” nesse episódio do Leilão de Libra. Não adianta estrebuchar, virar pra cima e pra baixo, prum lado e pro outro, que NADA mudará o fato de que Dilma fez um ÓTIMO negócio para o povo brasileiro, sem NENHUM RESQUÍCIO de “traição” ou coisa que o valha.

      Essa é que a verdade. Doa a quem doer.

      • 4aulo Silva disse:

        Cid,

        200 bilhões serão necessários ao longo de toda a campanha exploratória (uns 35 anos). Se não for a PETROBRAS, vai ser a Total, a Shell ou qualquer outra a pedir emprestado. Nenhuma petroleira tem este dinheiro em caixa. Também acho que Dilma fez um bom negócio para o Brasil, não nego isto. Só estou afirmando que não foi tão bom assim para a PETROBRAS. Ela descobriu o petróleo! E isto é o mais importante em uma empresa de petróleo. Quem descobre, resolve o resto (Extrair, refinar, transportar e vender). Quem não descobre, não tem nem como fazer o resto. Imaginemos que uma petroleira norte-americana descobrisse campos de petróleo desta magnitude na costa norte-americana. Ou melhor, para não ficar no exemplo americano, imaginemos que alguma petroleira chinesa descobrisse o mesmo lá na costa deles. Os governos desses países chamariam as concorrentes dessas petroleiras nacionais para dividir o óleo? Acho que a resposta é não, não é mesmo? A não ser que isto não atrapalhasse os interesses das suas petroleiras nacionais. Então fiquemos assim : Bom para o Brasil, não tão bom assim para a PETROBRAS, que teve que desembolsar 6 bi para ter o direito de explorar o petróleo que ela mesma descobriu e ficará somente com 40% do petróleo. E ainda com a responsabilidade de alto risco de operar todos os sistemas.

      • Marcelo S. disse:

        “Carros elétricos abastecidos a fusão nuclear…..”
        Se informou com livros de ficção científica e vem cantar de galo.

    • Mauro disse:

      A que juros , sabichão? Ninguém está aí para perder dinheiro.
      Faz a conta primeiro do custo de se pagar juros X o modelo de partilha.
      Bota na ponta do lápis em vez de fazer achismo e desonestidade intelectual!

    • Mauro disse:

      Outra coisa que você tem que botar no papel é que a Petrobrás não é 100% estatal, então , o que for melhor para a Petrobrás não é o melhor para a União e os brasileiros, porque tem os acionistas estrangeiros!

  4. Joao Carlos disse:

    Eis o legado que FHC e sua trupe deixaram para o Brasil com a doação da Vale:

    O maior trem do mundo
    (Carlos Drummond de Andrade)

    O maior trem do mundo
    Leva minha terra
    Para a Alemanha
    Leva minha terra
    Para o Canadá
    Leva minha terra
    Para o Japão

    O maior trem do mundo
    Puxado por cinco locomotivas a óleo diesel
    Engatadas geminadas desembestadas
    Leva meu tempo, minha infância, minha vida
    Triturada em 163 vagões de minério e destruição

    O maior trem do mundo
    Transporta a coisa mínima do mundo
    Meu coração itabirano

    Lá vai o trem maior do mundo
    Vai serpenteando, vai sumindo
    E um dia, eu sei não voltará
    Pois nem terra nem coração existem mais.

    (Jornal “O Cometa Itabirano”, 1984)

  5. lauro c. l. oliveira disse:

    Com tanto do pré-sal na mão, criar mais obrigações para a Petrobras em
    Libra seria um suicídio tipo OGX. A associação com mais empresas permite melhor timing para Petrobras tocar seus compromissos. De qualquer forma, os campos já licitados virão ser sério desafio para a indústria nacional atender as encomendas obrigatórias

  6. jacó disse:

    LULA é do tamanho do UNIVERSO é único é UM DEUS VIVO da POLITICA mundial e DILMAS a SUPER-PRESIDENTA.

  7. Joselito disse:

    Tenho receio de um sabotagem que faça vazar petróleo atingindo as praias do RJ, para baixar os preços das ações e rapiná-la nos EUA.

  8. Paulo Quadros disse:

    Merdal ops, merval, sabe tudo e convive com tudo que for ligado ao p$db e ao stf e fala com a arrogância tipica dos puxa-sacos!

  9. Acho que a aposta e o vinho estragado já tá fazendo efeito no porta vós da Globo.

  10. O ex Presidente Chaves também foi vitima destes agentes da CIA.

  11. Em defesa ao Rei do Camarote… uma vítima? Um mártir? Ou uma grande hipocrisia da nossa parte?

    http://www.youtube.com/watch?v=xkxKE_XDuM4&feature=youtu.be

  12. Rodrigo Nunes disse:

    o Brasil está com você e contra a Globo suja!

  13. Em defesa ao Rei do Camarote… uma vítima? Um mártir? Ou uma grande hipocrisia da nossa parte?

    http://www.youtube.com/watch?v=xkxKE_XDuM4&feature=youtu.be

  14. e se nos não pagarmos oque acontece com agente ??

  15. Este post não agredou nada no Tijolaço

  16. Hermano Frid disse:

    Os fascistas anonymous e black-blocs caíram no isolamento!!
    O povo brasileiro mais uma vez demonstra que não é maria-vai-com-as-outras, diferentemente dos intelectualóides babacas que despontam na mídia golpista, a mesma que anseia por noticiar mais um massacre, desta vez na Síria, patrocinado pelo Establishment imperialista. O que o povo deseja para esses fascistas, que prefeririam ser chamados de anarquistas, por terem vergonha do que são, é que sejam enquadrados pelas forças punitivas do Estado, em nome do respeito ao direito de ir e vir e da integridade dos cidadãos. Cacetete e prisão para esses vândalos arruaceiros!

  17. Olha, a derrubada é precipitada? É. Deveriam haver esperado um pouco mais, não só para testes mas talvez para a inauguração do novo túnel. Mas aí entram questões políticas. O Paes sofre uma forte oposição da extrema-esquerda, capitaneada pelo PSOL e pessoas que são contra tudo, inclusive o progresso, para fazer um proselitismo político do mais baixo nível. É a mesma vagabundagem Lacerdista que levou ao suicídio de Getúlio e a mesma esquerda negativa que levou ao golpe de 64. Um exemplo disso é o cara que apareceu no Globo falando que o trânsito sem a perimetral ia ser o pior de toda história do Rio, do Brasil e do MUNDO. Totalmente RIDÍCULO. Será que ele esqueceu do trânsito de SP, Caracas, Xangai? Acho que o Paes ficou com medo que esses abutres aprontassem alguma coisa pra embargar a obra e correu para derrubar o negócio o mais rápido possível. Assim não existe volta atrás. O trânsito de Niterói/São Gonçalo só se resolve com a construção da linha 3 do metrô…o resto é papo furado. Fora disso, o trânsito não foi tão ruim como se previa, inclusive com manifestação e tudo mais. Quero ver aonde está o cara que fez aquelas previsões fatalistas. Deve fazer parte da campanha antecipada do Freixo.

  18. Olha, a derrubada é precipitada? É. Deveriam haver esperado um pouco mais, não só para testes mas talvez para a inauguração do novo túnel. Mas aí entram questões políticas. O Paes sofre uma forte oposição da extrema-esquerda, capitaneada pelo PSOL e pessoas que são contra tudo, inclusive o progresso, para fazer um proselitismo político do mais baixo nível. É a mesma vagabundagem Lacerdista que levou ao suicídio de Getúlio e a mesma esquerda negativa que levou ao golpe de 64. Um exemplo disso é o cara que apareceu no Globo falando que o trânsito sem a perimetral ia ser o pior de toda história do Rio, do Brasil e do MUNDO. Totalmente RIDÍCULO. Será que ele esqueceu do trânsito de SP, Caracas, Xangai? Acho que o Paes ficou com medo que esses abutres aprontassem alguma coisa pra embargar a obra e correu para derrubar o negócio o mais rápido possível. Assim não existe volta atrás. O trânsito de Niterói/São Gonçalo só se resolve com a construção da linha 3 do metrô…o resto é papo furado. Fora disso, o trânsito não foi tão ruim como se previa, inclusive com manifestação e tudo mais. Quero ver aonde está o cara que fez aquelas previsões fatalistas. Deve fazer parte da campanha antecipada do Freixo.

  19. Este post não agredou nada no Tijolaço

  20. Este post não agredou nada no Tijolaço

  21. Olha, a derrubada é precipitada? É. Deveriam haver esperado um pouco mais, não só para testes mas talvez para a inauguração do novo túnel. Mas aí entram questões políticas. O Paes sofre uma forte oposição da extrema-esquerda, capitaneada pelo PSOL e pessoas que são contra tudo, inclusive o progresso, para fazer um proselitismo político do mais baixo nível. É a mesma vagabundagem Lacerdista que levou ao suicídio de Getúlio e a mesma esquerda negativa que levou ao golpe de 64. Um exemplo disso é o cara que apareceu no Globo falando que o trânsito sem a perimetral ia ser o pior de toda história do Rio, do Brasil e do MUNDO. Totalmente RIDÍCULO. Será que ele esqueceu do trânsito de SP, Caracas, Xangai? Acho que o Paes ficou com medo que esses abutres aprontassem alguma coisa pra embargar a obra e correu para derrubar o negócio o mais rápido possível. Assim não existe volta atrás. O trânsito de Niterói/São Gonçalo só se resolve com a construção da linha 3 do metrô…o resto é papo furado. Fora disso, o trânsito não foi tão ruim como se previa, inclusive com manifestação e tudo mais. Quero ver aonde está o cara que fez aquelas previsões fatalistas. Deve fazer parte da campanha antecipada do Freixo.

  22. triste e deprimente, tanta gente precisando de um remédio caro,uma cadeira de roda e um acéfalo deste esbanjando superficialidade e luxúria e ainda ganha capa numa droga de revista paulista….quem não tem os pés firmes poderia concluir que a vida é injusta, mas ela vai lhe ensinar um dia

  23. Paulo Quadros disse:

    A FALHA, ah a FALHA!!!!
    Não tem nem vergonha de ser subserviente! !!

  24. Mas ele esteve sempre certo! Faltava competência e chefia para cortar o ponto dele e chutar ele pra rua. Esse pessoal que é anti-Estado faz o que pode para provar que estão certos. Mas estão certos em um ponto: falta uma prática do direito administrativo que permita demitir esses abusadores.

  25. Concordo plenamente com você, Fernando Brito. Longe do ideal, mas caminhando em direção ao resgate, quem sabe um dia, de toda essa dívida histórica, que não é pequena.

  26. Este post não agredou nada no Tijolaço

  27. Há uma outra questão, importantíssima: Libra e Franco formam uma jazida única, geologicamente falando. Quem diz isto são os geólogos da Petrobras, que descobriram a jazida – que a ANP partilhou em Libra e Franco depois de retomar o campo de Libra, da Petrobras.

  1. 06/11/2013

    […] Fernando Brito, via Tijolaço […]

  2. 29/11/2013

    […] Hoje, a Folha de S. Paulo “descobriu” o que este Tijolaço vem afirmando há um mês. […]

  3. 25/06/2014

    […] este blog havia informado em novembro do ano passado, o Governo entregou à , como estava autorizado pelas leias que aprovaram o regime de partilha, […]

  4. 25/06/2014

    […] este blog havia informado em novembro do ano passado, o Governo entregou à Petrobrás, como estava autorizado pelas leis que aprovaram o regime de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *