A destruição de um país

henf

Os indivíduos em geral e a as coletividades, quase sempre, movem-se em função de desejos e objetivos. Por uma década, reaprendemos a acreditar que o caminho para alcançá-los eram o Brasil em desenvolvimento e o nosso próprio desafio de, neste ambiente, alcançarmos o progresso pessoal: o “fazer um curso” ou graduar-se, “abrir um negócio”, comprar uma casa, um automóvel e assim por diante.

Havia lugar para os pequenos sonhos de cada um no grande sonho de um país.

O governo nacionalista e inclusivo que nos permitia estas aspirações, infelizmente, não foi capaz de interferir no outro patamar, este subjetivo, onde se acomodam desejos e aspirações humanas: a compreensão que, se era essencial o objetivo individual, a realização deste dependia, inapelavelmente, do ambiente econômico-social que passáramos a ter.

Acho curioso – e trágico –  que a discussão hoje na esquerda seja sobre falta de critérios mais “morais” nas alianças que fez para governar por uma década – e apenas isso, porque , depois de 2013, o governo passou apenas a responder às crises e não mais a dirigir o processo político.

O quadro político-parlamentar do Brasil é, há muito tempo, este desastre que assistimos hoje. Um pouco melhor aqui ou ali, talvez, mas em geral assim: miúdo, fisiológico, acanalhado, ávido por recursos eleitorais (que vinham, claro, de empresas que visavam lucros e privilégios), quando não de enriquecimento pessoal. Controlá-lo é o passo essencial para qualquer governo e muito mais difícil é para um governo que pretenda transformar o país: mudar é muito mais difícil que manter o status quo de uma sociedade injusta.

Só os pueris podem acreditar que uma seita de “puros e castos” converterá a sociedade ao tal padrão – que ironia! – “Fifa”. Nem mesmo, estamos a ver, quando esta seita – nem tão casta, nem tão pura – tem, como tem o sistema judicial brasileiro, o poder de denunciar, prender, fuçar, grampear, escavar – e sem consequência alguma – os escaninhos da vida de cada cidadão.

O resultado da “onda” moralista está aí, diante de nós: um país arruinado, onde o ceticismo se tornou a regra, onde a desesperança venceu a vontade, onde a estagnação sufocou o desejo de progresso, onde a drenagem de nossas riquezas para a ser apontada como “salvação” e onde todos nós nos embrutecemos.

Quem, agora, pensa em “fazer um curso”, “abrir um negócio”, “conseguir uma promoção”, comprar uma casinha, exceto uma pequena camada da população?

Como, se o debate nacional é “onde vamos cortar”, “como vamos taxar mais” o “o que vamos vender”  ou “a quem vamos prender e condenar”?

Todo processo de transformação no Brasil sempre foi abortado com o fórceps do moralismo, desde Vargas. Da UDN dos punhos de renda, aos coxinhas da paulista, passando pelas senhoras católicas e lacerdistas, sempre veio da classe média o combustível humano para as fogueiras da Inquisição, que são as chamas da treva.

Há uma pequena chance – e apenas porque aqueles tempos de progresso são recentes e se personalizam em Lula – de retomarem-se um projeto de vida e de país onde o crescimento econômico seja mais importante que os cortes orçamentários, onde investir seja a forma de avançar, onde incluir seja a fórmula para o progresso social, onde o ódio não seja mais a pauta da política.

Os “purismos” – sejam os étnicos, os religiosos, os morais – sempre foram capas hipócritas da crueldade humana e social. A nossa força sempre foi o contrário: o Brasil diverso, mestiço, cheio de pecados que fomos expurgando com o tempo, sempre que tivemos liberdade e mesmo quando tivemos tantas eras autoritárias.

Ainda mais quando vemos que os nossos santos não são nada franciscanos e, de seus berços de farturas, mostram um desprezo supremo pelo sofrimento da população.

 

Comentários no Facebook

39 Respostas

  1. Messias Franca de Macedo disse:

    Os destruidores do país Brasil, nação e honesto povo trabalhador:

    STFede;
    ‘miniSTÉRIO’ PRIVADA’, especialmente os ‘moLLequins’ arrivistas aloprados da ‘PORCA-tarefa’ da Operação nazigolpista ‘Farsa a Jato’;
    rábula ‘psicoPATO’ de piso sujo ‘mor(t)o’ desde o congênere joaquim barbosa;
    “o líder do ‘Alto Comando do golpe vagabundíssimo”, o tal procurador parcial (sic) desta republiqueta do CUnha do mundo, rodrigo janot;
    Congresso ‘NAZIonal’ infestado de picaretas;
    TCU;
    ‘Polícia Aecista Federal’;
    Globo Organizações Máfio-Criminosas.
    A cambada lesa pátria acima perpetrado os crimes hediondos em conjunto harmonioso sob a batuta imunda do conluio CIA/FBI/Pentágono/rentistas transnacionais!
    Simples assim!
    O resto é o luar de Paquetá!

    • Messias Franca de Macedo disse:

      Ajuste desprezível:

      A cambada lesa pátria acima perpetrando os crimes hediondos em conjunto harmonioso e sintonia fina sob a batuta imunda do famigerado &$ nefasto conluio CIA/FBI/Pentágono/rentistas transnacionais!
      Simples assim!

      • Messias Franca de Macedo disse:

        Principal jornal da esquerda americana, The Nation, escreve sobre a condenação de Lula: golpe de um judiciário corrupto

        Escrito por ínclito e impávido jornalista Miguel do Rosário

        O original da matéria no The Nation está aqui. No site Falando Verdades Revista The Nation dos EUA diz que elite quer acabar com Lula e que ele foi condenado sem provas O site da revista americana The Nation publicou uma matéria sobre Lula. “A elite tradicional quer destruí-lo de qualquer maneira”, diz o texto. “O ex-presidente do Brasil, Lula, enfrenta o sexto julgamento por corrupção”, afirmou a manchete da Reuters na semana passada. Para quase todos os consumidores da mídia internacional, era tudo o que precisavam saber. Combinado com o relatório da sentença em 12 de julho, poucos teriam […]

        11/08/2017

        (…)

        FONTE [LÍMPIDA!]: blog ‘O Cafezinho’

  2. Afonso Schroeder disse:

    Estão destruindo generalizadamente o Brasil é uma bela gestão! Michel Temer é traidor, golpista que comanda uma quadrilha de “corruptores e corruptos” a décadas “justiça” por favor não da para enganar os brasileiros sabemos separar o “joio do trigo” e isto é uma gangue comandada pelo “grande” chefão Michel Temer. E por favor me apontem um ato ilícito concreto de Lula ou da também mãos limpas Dilma Rousseff não vale diz que me disse nem sonhos!

  3. mario disse:

    É isso aí FB

    • Messias Franca de Macedo disse:

      Permita-me assinar embaixo!
      O egrégio e impávido jornalista Fernando Brito afiadíssimo a cortar na carne os sentimentos de dor de nosotros!
      Parabéns!
      E muito obrigado!

  4. Gilbert disse:

    Esperar por Diplomacia com um congresso que vota impeachment fraudulento e impede o presidente usurpador temer de ser investigado após apresentação de fartas provas e um STF que rasga a constituição nao vai resolver nada. Ou vamos pro confronto contra os tiranos ou esqueçam a democracia e um Brasil para todos.

  5. Messias Franca de Macedo disse:

    A ‘PORCA-tarefa’ do ‘miniSTÉRIO’ PRIVADA da Operação lesa pátria ‘Farsa a Jato’ cada vez mais sendo ‘DESmoroLIZADA’!

    ***

    Defesa de Lula quer saber o que o MP esconde sobre as propinas da Odebrecht
    12/08/2017

    Jornal GGN – A defesa de Lula pretende solicitar à Justiça todas as comunicações trocadas entre o Ministério Público de Curitiba e os procuradores da Suíça sobre o software que a Odebrecht diz que utilizava para fazer o controle de pagamentos de propina.
    Os advogados do ex-presidente acreditam que, através da análise do software será possível produzir mais uma prova de que Lula nunca recebeu pagamentos da empreiteira.
    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/defesa-de-lula-quer-saber-o-que-o-mp-esconde-sobre-as-propinas-da-odebrecht

  6. Terenic disse:

    Que nome se deve dar a esta desgraça? Que vício, que triste vício é este: um número infinito de pessoas não a obedecer, mas a servir, não governadas mas tiranizadas, sem bens, sem país, sem vida a que possa chamar de sua?
    Discurso sobre a servidão humana de Etienne de La Boétie

  7. Antônio Vostras disse:

    Já foi o PNDH-3…

    Já foi o Decreto Bolivariano 8243…

    Dilma se elegeu falando em constituinte popular exclusiva…

    Dilma falou agora que “será Presidente e regulará a imprensa”.

    Ou seja, eles não querem um Brasil. Querem uma Cubranezuela.

    • Antônio Vostras disse:

      Lula que falou que regularia a imprensa em 2019. Fui falar de Dilma no tópico anterior, e me atrapalhei todo. Rs

  8. Carlos disse:

    Não existe solução dentro do quadro atual das instituições e dos homens que as comandam. Infelizmente uma guerra civil declarada vai explodir no país em alguns anos.

    • Antônio Vostras disse:

      Vai nada.

      • Carlos disse:

        Espere e verá. Vamos ver se os que você defende agora vão te defender no futuro.

        • Ulan Bator disse:

          Carlos, considero este cara aí um mero LIXO HUMANO, mas tenho que , infelizmente, concordar com ELE.
          Não haverá GUERRA CIVIL no Brasil , por um único motivo…..somos servis desde a colônia.

          A chibata vai arder e muito ainda nas costas do POVO, obviamente de forma pontual , já há uma GUERRA em curso, são 60 mil assassinatos por ano, todos , absolutamente TODOS, brasileiros que conheço….ou foram assaltados ou vitimados por algum ato violento cometido pela criminalidade.

          Sem contar com os atos violentos e criminosos cometidos pelo Estado ou por seu aparato repressivo. REVOLTA ??? Onde ??? Não há, as pessoas preferem ir pra casa após um exaustivo dia de trabalho para assistirem a novela ou o joguinho ( cada vez pior ) de cartas marcadas do Curíntia ou do Framengo.

          Isso , contudo, não nos impede de criar uma barreira de resistência capaz de minar as estruturas do prédio ruinoso da establishment nacional. Podemos começar vitimando imbecis como esse aí em cima, sutilmente sem que pareça tão comum, violentamente para que cause pavor e constantemente para que se espalhe como fogo na palha seca.

          RÉSISTANCE MES AMIS !!!

  9. Cunha e Silva disse:

    Até quanto a corda precisa apertar os gorgomilo para que o povo se possa espernear ? . E deixarmos de ser uma nação de ” carneirinhos prontos para tosquia .

  10. Messias Franca de Macedo disse:

    Principal jornal da esquerda americana, The Nation, escreve sobre a condenação de Lula: golpe de um judiciário corrupto

    11/08/2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: blog ‘O Cafezinho’

  11. Messias Franca de Macedo disse:

    JOESLEY ENTREGA CONTAS DE SERRA NO EXTERIOR

    Dono da JBS foi à PGR na semana passada entregar detalhar depósitos em uma conta no exterior ligada ao tucano; o empresário entregou aos investigadores o banco, a agência e os extratos da movimentação; diferentemente da “conta de Lula e Dilma”, que estava no nome do próprio empresário e que o Ministério Público disse ser “incomprovável”, neste caso a conta era realmente de José Serra

    12 DE AGOSTO DE 2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/311457/Joesley-entrega-contas-de-Serra-no-exterior.htm

  12. Lenita disse:

    Não é preciso buscar na historia e na distância geográfica um exemplo de índole da perdição para chamar de “sua”. Paulo Freire por exemplo é da terra e com ela ainda se mistura. O Brasil nunca foi esse país idealizado das misturas das raças (feliz e cordial) e tampouco o país da servidão humana espontânea que muitos gostam de afirmar de maneira absoluta. O Brasil que aí está é o Brasil construído pelos donos do país (casa grande) munidos do chicote escravocrata transformado em neoliberalismo selvagem (senzala). Nada de novo no horizonte além da repetição do mesmo e da colonização das mentes para melhor dominar. Ainda bem que ha luta, ainda bem que pululam pessoas, grupos, movimentos, estudantes, mulheres, e muitos outros, cada vez mais atentos e unidos na construção do coletivo sem o qual não ha indivíduo. Enfim, se as forças reativas fazem a festa em suas casas, as forças ativas constroem os alicerces da própria vida nascida da morte.

  13. Messias Franca de Macedo disse:

    “… e unidos na construção do coletivo sem o qual não ha indivíduo (…) as forças ativas constroem os alicerces da própria vida nascida da morte.”
    Linda poesia, prezada, consciente e incansável guerreira Lenita!

  14. Assim Falou Golbery disse:

    num país em que 11,5% da população que nunca trabalhou duramente um dia historicamente tem 99% de toda riqueza nacional, o lema sempre foi : DESORDEM E RETROCESSO, nenhum pobre deve mais ficar rico . Por isso, vão a loucura quando filho de pobre, como no caso do Lulinha, consegue ficar milionário só usando sua competência de numa noite preparar uma super assessoria que nem 20 empresas nacionais teriam como fazer com mais de 10 anos de trabalhos

    • Zoé Brasileira disse:

      Não entendi a interdição e a seletividade desse comentário. Não é claro e não tem fundamento

      • Ulan Bator disse:

        Mas é claríssimo quando se trata de disseminar o ódio coxinha, verdadeiros sabujos POBRES da classe do 1%. Quando se nasce para ser um capacho….tsc tsc.

  15. Tomás disse:

    Trump está em uma situação muito delicada. Entre suas promessas de campanhas está a decisão de acabar com as guerras nos orientes Médio e Central, e também está lá expressamente a decisão de renunciar a qualquer tentativa de promover mudanças de regime em qualquer país do mundo. Mas justamente por isso a grande mídia, sua inimiga mortal, e os parlamentares obcecados por guerras, querem promover seu “impeachment”. Casuismo para isso não faltaram, como o absurdo caso fake do “russiagate”. Trump tem levado esses falcões na lábia, prometendo (da boca para fora) despejar fogo sobre a Coreia do Norte ou despejando de verdade dezenas de mísseis contra a Síria, que entretanto bateram em alvos desertos ou militarmente inúteis. Pressionado internamente pelo Estado Profundo, ele tinha que falar também contra a Venezuela, e em princípio esta seria apenas mais uma fala sem maiores consequências. Mesmo assim, deve ser cabalmente repudiada, como de fato o foi, pelas nações do Continente. Menos pelo Brasil, que momentaneamente está sofrendo de paralisia mercadopática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *