O povo sabe que a”reforma trabalhista” é pró-patrão

voxreftrab

Mesmo com o grau de desconhecimento ainda grande, a grande maioria da população sabe que a reforma trabalhista aprovada por Michel Temer é um desastre para o trabalhador.

Para 57% dos brasileiros, o desmonte da CLT só é bom para os patrões, revela pesquisa Vox Populi encomendada pela CUT.

72% afirmam que o desemprego vai aumentar com a nova legislação e além de 14% que acham que vai continuar como está, isto é, desastroso, porque já temos mais de 13,5 milhões de desempregados no país.

Apenas 3% consideram a reforma boa para os empregados entre os  1.999 entrevistados na última rodada da CUT-Vox Populi,  Outros 15% acham que não é boa para ninguém, 12% que é boa para ambos e 14% não souberam ou não quiseram responder.

A maior rejeição à reforma trabalhista de Temer, foi constatada no Nordeste, onde  63% acham que  nova lei vai beneficiar apenas os patrões. Entre os homens, o índice chega a 58%. Houve empate, entre os adultos, pessoas com ensino superior e que ganham até dois salários mínimos, houve empate: 59%,

voxreftrab3Também é generalizada a convicção que a exclusão dos sindicatos nas negociações entre patrões e empregados vai prejudicar os trabalhadores.

6 em cada dez entrevistados disse que será ruim ou péssima  a ausência do sindicato na hora de reivindicar aumentos ou benefícios com o patronato.

Ao contrário do que pensam os elitistas, o povão pode estar disperso, ausente das manifestações, mas está entendendo muito bem o golpe que está sofrendo.

Está apenas esperando a hora de falar.

Comentários no Facebook

13 Respostas

  1. renato arthur disse:

    Acredito que quanto melhor fosse a condição de vida dos meus vizinhos e da população em geral resultaria em ganho para todos. Mais dinheiro faz a roda da economia girar, teremos Menos violência, mais cultura, mais emprego, e não se diga que impossível pois o PT provou que é , mas isso não é permitido no Brasil do escravagismo.

    • Arthur disse:

      Pois é, Renato, infelizmente as “elites” brasileiras insistem que só é bom pro povo se for muito melhor pro rico. “Se não tem expectativa de crescer e superar, não tem incentivo”, dizem. Para eles, realmente não há. Para quem enxerga além do próprio umbigo, melhorar o todo é um grande incentivo.

      • Marivaldo disse:

        Se num país desenvolvido com bons empregos, saude e salário aonda aparecem ladrões,imaginem aqui onde nada temos é o pouco que nos foi dado estao tirando na mão grande! Isto vai resultar em mais assaltos,roubos e morte.que está merda de elite que temos não venha depois reclamar.

    • Sílvia Gomes disse:

      Concordo totalmente. A reforma não é boa nem para o patrão. Aquele que vive de produzir e vender para o povo brasileiro. Como vender para quem não tem dinheiro? Todos perdem. Mas, não entendo bem até hoje, porque os pequenos empresários acham que o que é bom para o super rico é bom para ele. Acho que é para se sentir super rico tb!

  2. alcides carpinteiro disse:

    Uma boa forma de falar é quebrar vidraças de bancos e incendiar carros na rua. Lá em Brasilía notariam que o limite havia chegado. Ultrapassá-lo iria colocar os próprios pescoços (literalmente) em risco. Esperar 2018 pode ser em vão porque 2018 pode não vir ou pode vir de maneira arranjada, sem o ator principal.Um país que se deixar currar tem o que merece.

  3. Francisco de Assis disse:

    O interessante é que a reforma trabalhista do bandido Temer e suas quadrilhas SÓ VAI ENTRAR EM VIGOR EM NOVEMBRO. Ou seja, daqui até lá são mais de três meses. Tempo suficiente para orientar o povo, mobilizá-lo e fazer 3 greves gerais contra a reforma dos canalhas do governo e do congresso.
    .
    O que a CUT e outras centrais, mais os partidos e os movimentos de esquerda, estão fazendo para lutar contra a extinção da CLT e para partir pro pau contra esses filhosdaputa? Estão dando como fato consumado e vão apenas ensinar as novas regras pros escravos?

  4. Aloísio Sampaio disse:

    O povão não se manifesta porque foram doutrinados pela globo e a globo só convoca manifestação se for contra o PT

  5. renato arthur disse:

    Do Jornal GGN – A reforma trabalhista do governo Temer prevê que o patrão poderá negociar que o funcionário trabalhe todos os feriados que caem em dias úteis e escolher um dia para que ele seja compensado com uma folga. Esse dia não tem um prazo estabelecido para chegar, ou seja, pode ser na mesma semana do feriado trabalhado, no mês seguinte ou, quem sabe, dali a 2 anos. É que o mostra reportagem do jornal O Globo desta segunda (7).
    A matéria diz que a medida já valerá para os feriados de 2018 (são pelo menos 8 nacionais, que caem em dias úteis), pois a reforma trabalhista deve entrar em vigor em novembro.

  6. Max disse:

    Diretor da CIA confirma que estados unidos estão por trás da desestabilização da Venezuela. Se a Venezuela é o novo Iraque, conforme diz Assange, o Brasil pode ser a nova Síria.
    Por um Brasil livre e independente.
    Cadeia nos golpistas antes que este pais se transforme em uma poça de sangue.

  7. Mucho disse:

    Conversa Afiada desistiu dos comentários há muito tempo.
    O cafezinho agora só comentário com login. Mesmo no 247 e DCM
    Só sobrou o tijolaco e o viomundo na vanguarda.
    O resto da blogosfera cada dia caminhando para trás.

  8. Bronco Capiau disse:

    Por isso que só leio o Tijolaço !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *