O moralismo pornográfico

Picareta

Ocioso perder tempo com a discussão do que é “moral” ou “imoral” em se tratando de expressão humana, de arte ou mesmo de pseudoarte.

Qualquer coisa que não envolva terceiros à revelia, sedução de menores, prática de crimes contra a pessoa, e que não se seja obrigado a participar ou ver é um problema privado.

Também não há, nestes tempos de internet, porque falar que imagem sexuais que sejam chocantes, quando com três ou quatro cliques se tem imagens de sexo com quem ou o que se deseje: homens, mulheres, girafas, dinossauros, extraterrestres.

Portanto, é dispensável qualquer argumentação sobre este caso da turma do MBL, o museu gaúcho e o Santander

Não há moralismo reacionário algum de parte destes rapazes, capazes de responder a perguntas de uma jornalista com um pênis de borracha.

É tudo política e marketing, nada mais. E quanto mais se debate isso, com proclamações ingênuas de liberdade, mais se lhes faz o jogo.

Tudo o que querem é se legitimar perante a parcela da sociedade que é imbecil, hipócrita e, desde muito antes do Savonarola já tão citado, está preocupada com a “decadência dos costumes”.

E não para sustentar ideias, mas para desqualificar seus adversários políticos como devassos, promíscuos, pedófilos ou outros conceitos supostamente “morais”.

Como não são capazes de exibir, nua, a sua estupidez, precisam constantemente apontar o outro como imoral.

A mídia lhes dá apoio, como matilha útil que são, promovendo-os com igual hipocrisia, até para mostrar-se “árbitra” social, julgando que “isso pode e isso não pode”, o que é (ou deveria ser) tudo uma questão de vontade e espaço.

Imaginem o David de Michelângelo numa reunião das senhoras de Sant’anna. Ou uma visita guiada da TFP ao Museu  Rodin e a sua  L’Éternelle idole . Ou ainda, uma excursão do MBL ao templo de Khajuraho, um dos mais populares destinos turísticos na Índia, coberto de esculturas eróticas de mil anos. Milhares de pessoas, muitas famílias e adolescentes os visitam e não há notícia de que se tenham produzido tarados violentos entre os que foram vê-los.

Não importa fazer comparações “artísticas” entre estes e o acervo da tal exposição, não é isso o que se discute. A questão é mais simples: é a hipocrisia deste moralismo e o que ele visa ( e consegue, quando queremos debater isso ). Não é uma discussão LGTB ou XYZ, é apenas uma autopromoção idiota em que eles querem usar a indignação que provocam como combustível de seu marketing.

Alguém realmente acha que vale a pena polemizar com isto?

É mais fácil usar o método Kim: mandar para eles um martelinho destes em forma de picareta e perguntar se iriam a Piazza della Signoria “podar” as partes pudendas de David (não se preocupem é só uma réplica que está lá), ou a Paris, para picotar a imoralidade dos amantes de Rodin ou, quem sabe, uma “missão civilizatória” na Índia, pondo abaixo aquelas surubas pétreas. “Cês” não são valentes?

Não vão, não é? Porque é isso que seu moralismo é: apenas uma picaretagem política.

Quem nasceu para MBL nunca chega a Estado Islâmico.

contrib1

Comentários no Facebook

31 Respostas

  1. Adriana disse:

    Fernando, acrescente em seu “roteiro de viagem”, o Museu Larco, em Lima, com o maior acervo de cerâmica erótica do mundo. Homens, mortos e divindades representadas por animais retratando a vida sexual dos antigos habitantes do Perú. Os atos estão relacionados à procriação, à fertilização da terra, às práticas funerárias e aos sacrifícios. Mas isso é só história pré-colombiana. Melhor não visitar. Melhor ainda destruir.

  2. mario disse:

    Disse o Michel: no Brasil cada um quer DERRUBAR o outro. Se entregou! Está provado pelo proprio que ELE derrubou A Presidente ELEITA DILMA

  3. SILVIO MIGUEL GOMES disse:

    DO BLOG DO MELLO – sobre canalhices do SANTANDER – banco do OPUS DEI
    terça-feira, 12 de setembro de 2017
    Santander, indecente é seu lucro recorde sem retorno para o país e cobrança ilegal de anuidade de seu cartão Free

    http://blogdomello.blogspot.com.br/2017/09/santander-indecente-e-seu-lucro-recorde.html

    Mas imoral mesmo, indecente mesmo, depravado mesmo, não era nada do que estava na exposição, mas o lucro recorde do Santander, que é enviado em grande parte para a matriz na Espanha sem pagar imposto ou taxa no Brasil.

    Indecente é anunciar um cartão de crédito como Free, por ser isento de anuidade, e passar a cobrá-la na cara de pau. Só voltou atrás, porque o Proteste foi à Justiça em defesa dos consumidores ludibriados:

    No dia 23 de agosto de 2017, a PROTESTE teve uma importante vitória contra o Santander, na qual foi concedida uma liminar que impede que o banco forneça o cartão Santander Free a novos consumidores e proíbe a cobrança de anuidade. O cartão “free” – que deveria ser totalmente livre da cobrança – na prática teve as regras de utilização alteradas unilateralmente pelo banco, que passou a exigir gastos de, no mínimo, R$100 por mês, para a isenção da anuidade. [Fonte: Proteste

    O Sindicato dos Bancários também mostra mais indecências do Santander:

    O Santander alcançou lucro líquido gerencial de R$ 2,280 bilhões no primeiro trimestre deste ano, atingindo o maior patamar histórico, com crescimento de 37,3% em doze meses e 14,7% no trimestre. Com isso a unidade brasileira passa a ser de longe a mais lucrativa do grupo espanhol, contribuindo com 26% de seu lucro global. O Reino Unido vem em seguida com 17% e a Espanha com 16%.
    Mas o resultado positivo não vem acompanhado de responsabilidade social. É o que destaca a diretora executiva do Sindicato e funcionária do banco Rita Berlofa. “O Santander continua cortando empregos, mantém política de tarifas e juros elevados, e reduz o crédito para pequenas, médias e grandes empresas”, afirma a dirigente, baseando-se em dados do balanço do banco, divulgado na quarta-feira 26 [abril 2017].
    Corte de empregos – Foram 3.245 postos de trabalho extintos em doze meses e 327 apenas nos primeiros três meses do ano. “O Santander aumenta consideravelmente seu lucro com a força do trabalhador e com a sociedade brasileira, e ao mesmo tempo demite pais e mães de família, o que também penaliza a comunidade onde está inserido. De longe o Santander Brasil é a unidade mais lucrativa do grupo espanhol e, ao mesmo tempo, é a única onde ocorrem demissões”, ressalta Rita. [continue lendoaqui]

  4. Giordano disse:

    Brito, não gaste tinta com essas porqueras não.

    • Rui disse:

      Sou mais aquele Kim lá da Coreia que quer implodir a direita através de uma bomba de hidrogênio. O nosso Kim aqui, pelo contrário, quer implodir a esquerda com suas quintinices e asneirices sem fundamento algum. O problema é que tem quem os siga. Cambada de idiotas!

  5. Rafael da Silva disse:

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-argumento-aceito-pelo-santander-para-cancelar-exposicao-em-porto-alegre-e-mentiroso-por-joaquim-de-carvalho/

    “Não é hora de se acovardar [….] Esses mesmos grupos conseguiram interditar o debate sobre ideologia de gênero”

  6. Giordano disse:

    As porcarias, só pra ficar mais claro, são esses MBLs. Esses projetos de piolho de saco.

  7. Marat disse:

    Se esse imbecil tivesse apenas cara de rato, seria ótimo, mas o energúmeno recebe uma grana enorme dos prepostos do Tio Sam. Seria bom o cara da bunda flácida e seus comparsas irem ao museu Larco, em Lima. Ali há centenas de peças em cerâmica representando cenas de sexo em diversas formas e tamanhos… Mas acho que nem o Peru aceitaria bundas e mentes flácidas em seus museus.

  8. Frederico disse:

    a gente tá ralado, se esses são os formadores de opinião coxinhas, é sinal de que a coisa não tem solução, além do paredão.

  9. Guilherme disse:

    Isso é diversionismo do MBL precisamente sincronizado com o momento em que o Temer está mais em evidência na mídia com a corrupção.

  10. jose carlos vieira filho disse:

    poderiam pedir um martelo emprestado ao Malafaia.

  11. Carlos disse:

    O que eu sei é o seguinte: se tivessem tratado com o devido “carinho” ao Hitler e sua turma, muita desgraça teria sido evitada. Mas o problema é que as pessoas boas tem aquela mania de achar que o que importa é o julgamento da história. Em 1989, os chineses não se preocuparam com o julgamento da história e hoje a China é uma superpotência.

  12. Gomes disse:

    O que os imbecis do MBL (Movimento das Bichas Loucas) fez foi dar publicidade a uma exposição bisonha, que seria vista por meia dúzias de pessoas que gostam (e tem todo o direito de gostarem) daquela bobagem.
    Com as gracinhas do japonesinho que se acha, a bisonha exposição se tornou mais pop que o último clip da Anita. O MBL fez muito mais marketing a favor da exposição do que contra ela, nem para isto caro colunista, para serem marqueteiros estes caras prestam.
    Por ai vemos o nível de inteligência desta canalhada, deste MST da direita, desta cambada de vagabundo que sobrevive de grana de partidos políticos (igual diversos grupos de esquerda).

  13. Pereira disse:

    Quanta perda de tempo com esses LIXOS agente da CIA. não?

  14. ernesto disse:

    O projeto para a Rouanet era levar escolares para a mostra, quando o Santader deveria fazer isso com o seu dinheiro e uma classificação etária como a dos cinemas. Mas a ação do MBL é política na medida em que o PT e a esquerda vão defender as “minorias”. Nas faixas mais esclarecidas não há problema, mas muitos dentre os mais ignorantes ainda caem na conversa dos petistas e pode ser mais simples carimbá-los como imorais ou similares. E esse pessoal que defende ditaduras como a cubana fala da boca para fora porque sempre gostou de boicotar o que não lhes agrada e usar o seu predomínio na velha imprensa para fazer parecer que o público os apoiava. O que REALMENTE os incomoda é que o MBL mostrou poder de mobilização através da democrática Internet. Já foi mais ou menos assim que milhões se combinaram para derrubar o PT. O medinho da esquerda troglodita, que não consegue mobilizar quase ninguém, é que isso passe a ser cada vez mais comum.

    • Gomes disse:

      ernesto para que alunos visitassem a exposição, acredito eu, é necessário a autorização dos pais. Neste caso caberia aos pais não permitirem.
      Mas de verdade, não vejo algo grau de nocividade no que vi da exposição, muito menos do que este esgoto chamado funk que as crianças ouvem e aprendem a sarrar, descer na piroca, acabar com a xana dela e muitas outras atrocidades que são chamadas de cultura por parte de um grupinho de intelectuais babacas (provavelmente os mesmos que acham lindo ir a uma exposição ver um cara transando com uma cabra). Mas repito, cada qual gosta do que quiser……………….mas e o funk é cultura o aluno dar porrada em professor é o resultado desta cultura, depois vai chorar na cama que é lugar quente.

      • ernesto disse:

        Na prática a escola leva sem explicar muito aos pais. E concordo que a criança de hoje já viu de tudo, mas nós ainda usamos classificação etária nos eventos públicos e algumas peças da mostra pareciam realmente “pesadas”.

        De resto, tirando os truques políticos, me parece que o mais imoral é o uso da Rouanet. Se fosse para financiar um novo grupo teatral ou coisa assim, ainda vá. Mas grandes empresas como o Santander já tem setores dedicados a fazer mostras de arte periódicas que são bancadas com o dinheiro retirados de seus próprios impostos. Independente da qualidade das mostras, no fim eles ganham bilhões, mas fazem propaganda de si mesmos com o dinheiro público.

        • Rei disse:

          ERNESTO, O COMENTARISTA DE REVISTA GAY… DEFENDENDO OS VALORES DA FAMÍLIA!!!

          É SÓ CLICAR NO USUÁRIO “ERNESTO” E VOCÊS PODERÃO VER SEU PERFIL E AS SUAS CURTIDAS E SEGUIDAS… ELE FICA NO 247 O DIA INTEIRO FAZENDO CENTENAS DE COMENTÁRIOS POR DIA… SÓ QUE TAMBÉM FREQUENTA OUTROS SITES.

          ENTRE ELAS… UMA REVISTA GAY!!!

          ELE JÁ DEIXOU CLARO QUE NÃO É HOMOSSEXUAL… NÃO QUE EXISTA ALGO DE ERRADO COM ISSO… MAS ALGUÉM ACREDITOU???

          DEPOIS QUE MOSTREI ISSO AQUI… ELE SUMIU ALGUNS MESES… AGORA VOLTOU…

          • Rei disse:

            Atualizando: Usuário Ernesto: 18759 gostos, Comentários 15494

            Todos falando mal do Lula… o cara passa o dia inteiro falando mal do Lula na internet!!! Antes defendia Aécio, agora só fala mal do Lula mesmo… de graça??? Não trabalha??? Não tem família??? Que vida patética!!!!

            Além de visitar as revistas gays e depois vir aqui defender os valores da família!!!

          • ernesto disse:

            Coisa feia, Rei. Quem lê isso aqui são os mesmos. Todos já viram eu te explicar que estou há anos no Disqus, que tem muita gente lá com mais comentários que eu, que a tal revista não é gay, que mesmo que fosse comentá-la não torna ninguém gay, etc. E aí você volta com os mesmos “argumentos”. Que ridículo!

            Quanto à vida de cada um, eu não sei bem como a sua é, mas noto que você dá muita atenção a alguns temas e não preciso dizer mais que isso porque um pouco de psicologia todos conhecem. Quanto ao tempo, pelos meus anos de Disqus dá uma média de uns 15 comentários por dia. Mas que fossem 20 ou mais, naquele padrão do 247, que é quase um chat, isso toma poucos minutos no total (eu gasto mais tempo escrevendo um comentário aqui). Agora considere o que você faz, ficar lendo cada matéria e seus comentários para procurar os de uma pessoa em particular e ver o que eles dizem. Cara, você gasta tempo me seguindo, hein. E acredite, é inútil, eu não sou mesmo.

          • Rei disse:

            Já virou “Sereia” ou ainda tá tentando?… se um homem comentando sobre virar uma sereia em site gay não prova que ele é gay… o que prova??? Não vamos esquecer das revistas de RPG!!!
            SE COLOCAREM UMA SEREIA GAY NA EXPOSIÇÃO VOCÊ VAI???

            Não precisa procurar quem faz mais de 16 mil comentários está simplesmente em todo lugar do 247… dificilmente haverá algum retardado que perde mais tempo que você, simplesmente com um único assunto: LULA!!!

            16 mil comentários sobre LULA!!!

            TRÊS OPÇÕES ERNESTO:
            1-VOCÊ É PAGO PRA FAZER ISSO
            2-VOCÊ É DOENTE E TEM UMA OBSESSÃO POR LULA
            3-VOCÊ É UM COMPLETO IDIOTA!!!

            AS 3 OPÇÕES SÃO PATÉTICAS… MOÇOILA!!!

          • ernesto disse:

            Rei, as coisas têm uma lógica implícita. Para saber quantos comentários alguém tem no Disqus, basta clicar ao lado do seu nome. Aí você verá gente com 60 mil, com 20 mil, com 3 mil, com os meus 15 mil e poucos etc. Mas para afirmar (como você afirmou) que alguém comentava sobre o Aécio e agora comenta sobre o Lula, você precisa procurar os seus comentários, que estão entre centenas de outros, e lê-los. E isso sim toma muito tempo e parece ser obsessivamente doentio.

            Quanto ao “site gay”, trata-se da Revista Donna, que é o caderno feminino da ZH. Eu acho que eu comentei mais do que uma vez lá, mas noto que você se fixou na história do sereísmo. Você já se perguntou por que isso lhe atraiu tanto? E por que, entre infinitas opções, você imaginou que o único comentário possível seria algo como “eu quero ser uma sereia”? Pergunte-se. Eu não sei se você só fica atrás dos meus comentários ou se tem a mesma obsessão com outros. Mas acredito que você pode se curar se tentar entender e aceitar o que se passa realmente dentro de você.

  15. José Ricardo Romero disse:

    Realmente não acho que se deva perder tempo com estes onanistas de largo espectro. É um caso para psiquiatria. A melhor resposta é a notícia de que várias cidades do país estarem solicitando para apresentar esta exposição e com certeza, acontecendo, terão um público muito grande graças a esta repercussão promovida por estes idiotas do MBL e congêneres. No meio de toda discussão que li, vale a pena refletir sobre um aspecto marginal mas importante: as pessoas dizem “meus filhos, minhas mulheres” por hábito, eu sei. É bom que este artigo possessivo seja reciclado, reinterpretado e substituído: filhos e mulheres não pertencem a ninguém. Em relação aos filhos, os pais têm deveres, mas não direitos. As pessoas confundem a casa com a calçada em frente. A calçada não pertence ao dono da casa, ele não pode pintar a sarjeta de amarelo, mas tem o dever de mante-la limpa e desimpedida.

  16. Batista disse:

    Matou a pau, Brito, servindo também a “não tão inocentes uteis” que ficam “anabolizando” aquele panfleto em celuloide em cartaz, todo santo dia, questionando burramente em plena semana do lançamento até a bilheteria, que é tudo o que mais desejam, como nesse caso, tão brilhantemente analisado e receitado o remédio a ser utilizado para não atende-los, com inteligência, por ti.

  17. Batista disse:

    A propósito, quando no Tijolaço, os insistentes perceberão que a melhor maneira de responder a provocadores é não alimenta-los, deixa-los replicarem pós verdades sozinhos, sem conseguirem atingir os objetivos que os fazem remunerados?

    • Rei disse:

      Infelizmente ignora-los não funciona mais hoje em dia… o certo seria o Brito fazer uma moderação dos comentários… alguns desses idiotas recebem para isso e passam o dia inteiro fazendo esse tipo de coisa.
      Alguns são pessoas normais e quando questionados caem na real e somem… mas alguns são imbecis alienados que passam o dia inteiro fazendo panfletagem. Ignorar quem faz 200 comentários por dia em dezenas de sites não surte efeito algum… são pessoas visivelmente alteradas… a exemplo, o cidadão acima que é comentarista de revistas gays e vem aqui defender a família… defende Aécio até quando as contas na Suíça apareceram… são idiotas ou funcionários comissionados do PSDB ou PMDB… ou membros de MBL…
      Sem moderação o melhor seria desativar de vez os comentários.

      • Rafael da Silva disse:

        Estou completamente de acordo com os comentaristas acima. Acho que esse site não respeita seus leitores. Como construir uma sociedade civilizada quando não existe moderação que separe o civilizado do selvagem? Como indivíduos preconceituosos e claramente sem qualquer ética e respeito às regras básicas de convivência podem vir aqui impor suas loucuras? Onde está o debate cidadão nesse site? Numa hora assim grave onde o Brasil tenta reencontrar seu caminho?

        • José Ricardo Romero disse:

          Apoiado. Não podemos confundir democracia com o implícito direito de manifestação com democracite, a infecção pela democracia, que torna doente e fraca a discussão e o debate. Da mesma forma que a virtude da tolerância não pode aceitar a intolerância, a democracia não pode aceitar aquilo que a enfraquece e a destrói. Aceitar qualquer comentário como a desses nomes mencionados não é ser democrático, mas ser tolerante com a intolerância.

          • Rei disse:

            Vale ressaltar que apenas os “blogs de esquerda” adotam a “nobre atitude” de deixar esses imbecis transformarem a área de comentários nessa zona panfletária.

            Desafio qualquer um desses trolls a irem nos sites da Veja ou Antagonista e começarem a falar mal de Dória e Aécio… o resultado já foi bem noticiado: 66 tuiteiros processados por Aécio, equipe de advogados de Dória exigindo que comentários fossem apagados, Gilmar Mendes tem vários processos contra Nassif, que chegou a desativar a área de comentários de alguns posts para que os comentaristas também não fossem processados.

            Eu queria muito ver esses “trolls” daqui, acusando Aécio, mesmo com provas… da mesma forma que acusam Lula sem provas… mas lá no site da Veja ou Globo… Augusto Nunes mesmo tem orgulho de colocar lá que envia IP dos comentários indesejados para a área jurídica da Abril… devem ir direto para o PSDB… ou até para PF ou exército… sabe-se lá a que ponto esse país desceu na escalada ditatorial…

            Essa atitude injustificável é um tiro no pé… idêntico aos que foram dados por Lula e Dilma e o “republicanismo suicida” do PT… tentando dialogar com oposição que a chamava de “anta filha da puta” ou com a PF que postava fotos fazendo tiro ao alvo na presidente do próprio país.

            Resultado: afasta comentarista politizados e progressistas… para atrair um bando de imbecis que fazem 200 comentários copiando&colando em dezenas de sites… todos falando mal do Lula.

            Talvez essa esquerda realmente esteja com os dias contados… devorada pela “evolução da internet”… não consegue mais acompanhar as necessidades dos tempos modernos… iguais aos Samurais que tentaram enfrentar metralhadoras no Japão com suas espadas…

            O problema é que não existe outra esquerda para tomar o lugar… o país simplesmente vai caminhar para direita… o que era centro vai virar esquerda…

          • Rafael da Silva disse:

            Mas toda essa crítica é inútil. O articulista do site parece cego, surdo e mudo para tais considerações.

  18. Eva Angélica disse:

    Para mim, indecente é a tarja preta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *