Circo armado para Bolsonaro brilhar em Curitiba? O senhor sabia, Dr. Moro?

bolsocuritiba

Já que os integrantes do MP se mostram tão ávidos em apurar quem teria vazado a informação da quebra de sigilo bancário de Lula e quem, como alerta o Rodrigo Viana, partem para cima de blogueiros, bem que poderiam investigar a coincidência da presença do sr. Jair Bolsonaro soltando foguetes na frente da sede da Polícia Federal em Curitiba, na sexta-feira.

Via a informação no site Notícias Paraná , onde o jornalista Valdir Cruz diz que a “ordem  era pôr o Lula num avião e levá-lo a Curitiba.”

E essa informação era de conhecimento de centenas, talvez milhares de pessoas, tanto que havia aglomerações no aeroporto de São Paulo e no de Curitiba. Outro sinal de que havia algo no ar, além dos aviões de carreira: na frente da sede da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, na capital paranaense, onde normalmente são levados os presos da “lava-jato”, havia uma concentração muito grande de pessoas. Até o ultrarreacionário Jair Bolsonaro, com várias caixas de foguetes, estava lá.

Bolsonaro “casualmente” chegou na noite anterior, saudado por uma pequena multidão e por lutadores de MMC, eufóricos com a escolha de Curitiba como sede daquela selvageria a que chamam de UFC.

Ia ser a “estrela” do dia, soltando foguetes enquanto Lula era “conduzido coercitivamente” para a a “masmoro” curitibana. A “inteligência” da PF não sabia?

A direita “convencional” que se cuide.

São cada vez mais claros os sinais que o protofascismo brasileiro é cada vez menos “proto” e está pronto a soltar na ruas suas corjas de arruaceiros.

Depois não reclamem da “radicalização” do processo político.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

46 Respostas

  1. Mário Alex disse:

    Trocar o Diretor da PF e investigar as delações da oposição, expondo os malfeitos da UDN. Tem que meter o pé na porta desses jagunços.

  2. M Cruz disse:

    Brito,
    Sabe se o Eduardo Guimarães está detido? Seu Blog não é atualizado há dois dias.

  3. Messias Franca de Macedo disse:

    … ‘miniSTÉRIO’ da “Justiça” em vacância literal é porta escancarada para os Satanases nazifascisterroristas & golpistas!…

  4. alcarpinteiro disse:

    Dona Dilma tem culpa disso. Sua omissão permitiu o monstro crescer. Há tempo de corrigir, mas haverá vontade?

    • Antonio disse:

      Concordo!
      O republicanismo tosco da presidente deixou a situação chegar a isso.
      Tivesse ela buscado apoio em quem a elegeu, tivesse ela enquadrado o viciado em cocaína, tivesse ele colocado um Ministro da Justiça, digno do nome não estaríamos nessa situação.
      Espero a historia futura mostra qual a ligação umbilical entre Dilma e Cardozo.
      Por que cinco anos sem dizer ao que veio?

  5. gilberto disse:

    Fernando bem colocado. Me espantava que ninguém tivesse observado. Ontem no noticiário dava para ver uns caras soltando foguetes no canteiro central da rua em frente ao Congonhas.

  6. Antonio disse:

    Não temos governo Renato Tonini. Dilma coitada, por saber que não devo julgar o comportamento das pessoas, apenas aceito. Talvez o momento atual necessite de um governo tão fraco pra que tudo saia da toca. Êta 2016! Ano de transformação. Nada fica debaixo do tapete.

  7. Antonio disse:

    Li não sei mais onde, que o FHC foi ouvido, no conforto de sua casa. Procede?

  8. Babi disse:

    Lacerdismo jurídico ou Moro acima da lei

    Geraldo Prado
    Professor

    A Constituição da República está sendo sistematicamente violada no âmbito da Operação Lava-Jato. Os tribunais, ao tolerarem as violações, fragilizam as bases constitucionais da nossa democracia.

    As democracias contemporâneas não estão fundadas na força das armas, mas na convicção de que as regras da Constituição e dos Tratados Internacionais de Direitos Humanos, orientadas à contenção do poder e à evitação do arbítrio, obrigam a todos

    Como na história recente de tentativas de golpes parlamentares na América Latina, é perceptível um padrão de conduta que define neste momento quase-tardio não mais a qualidade das violações, mas a intensidade e sua oportunidade.

    O amplo rol de garantias constitucionais (e das Convenções) é impeditivo da condução coercitiva de pessoas que têm domicílio certo e se fazem representar nos procedimentos. Mas estas conduções antijurídicas foram validadas por tribunais. Por isso são repetidas e apropriadas como espetáculos midiático-políticos.

    São da espécie dos espetáculos que se prestam à tentativa de enfraquecer o governo e tomar pela via da criminalização da política a legitimidade que as urnas não oferecem às grandes empresas de mídia e não ofereceram a setores insatisfeitos da oposição.

    Da mesma maneira – e muito claramente – a Constituição não admite a prisão provisória a título de castigo. Examino as decisões da Lava-Jato em um projeto de investigação sobre standards probatórios, na UFRJ, e também em razão de consultas que me fizeram sobre a minha opinião acadêmica sobre casos concretos neste âmbito.

    Várias prisões foram decretadas em flagrante violação à Constituição – e foram mantidas pelos tribunais – apoiadas em um único argumento: o suspeito ou acusado é culpado da prática dos crimes investigados. Isso viola clara e literalmente a presunção de inocência nos termos da Constituição.

    Apenas estes dois exemplos são suficientes para ilustrar a sequência de atentados à Constituição e sua progressão… mas não bastam para determinar o contexto.
    Com efeito, a tolerância dos tribunais quanto a violações sistemáticas da Constituição, algo que se pensava extinto pelo menos desde 2009, tem muitas causas, mas algumas remetem à nossa conturbada história de gozo com o autoritarismo.

    Carlos Lacerda fez fortuna política no campo da direita, empunhando bandeiras de moralismo e nacionalismo que o tornaram imune a críticas sobre fatos de extraordinária gravidade, como a tentativa de golpe de estado em 1955, a bordo do Cruzador Tamandaré, e a falsa “Carta Brandi”, publicada em seu jornal com o propósito de atingir o então vice-presidente João Goulart.

    Com sua retórica potente de combate à corrupção, Lacerda foi um dos líderes civis do golpe militar de 64, que teve amplo apoio das classes médias e das elites. Naquela época as “panelas do Leblon” também batiam.

    O “moralismo” sempre foi a arma de reserva do arsenal conservador das elites brasileiras. Nunca foi usado para denunciar a escravidão, a exploração das empregadas domésticas, o exílio interno a que estão condenadas as pessoas que moram em favelas sem água e esgoto, a vergonha do salário mínimo pré-2003, o “branqueamento” das nossas virtudes e o “enegrecimento” de nossos defeitos, obra cara aos “intelectuais” que se sentem no direito de serem os porta-vozes da elite que pretende colonizar o seu próprio povo. Alguns encontram cadeira na Academia Brasileira de Letras.

    A lista de exemplos da seletividade e desonestidade do moralismo tupiniquim é quase infinita.

    O certo é que este moralismo constitui a expressão pública do autoritarismo. É impensável, em certos grupos, que a corrupção seja investigada no Brasil no marco do estado de direito. É impensável não por que seja impossível investigar com regras constitucionais.

    Na Alemanha, com regras ainda mais rígidas, o Deutsche Bank foi investigado e as práticas de corrupção punidas. Nos Estados Unidos da América a IBM foi investigada e punida. E assim no mundo democrático, sem que as investigações quebrassem a economia, sacrificassem empregos e, principalmente, sem que as Constituições fossem desrespeitadas e a vontade popular achincalhada.

    Nestes lugares ninguém está acima da lei. Não está como potencial investigado, tampouco na condução dos procedimentos legais, pois daqueles a quem a ordem jurídica oferece a legitimidade do uso de armas, por si ou por seus agentes, há de se exigir em grau elevado prudência e respeito às regras da Constituição.

    Não há dúvida de que as grandes corporações midiáticas no Brasil criam o ambiente favorável a que decisões inconstitucionais sejam proferidas em um ritmo frenético, que não sejam barradas nos tribunais, e que isso sirva como argumento sobre a sua (falsa) legitimidade… quando em verdade, a história é implacável ao denunciar, retrospectivamente, que a confirmação judicial serve apenas para revelar o quanto os tribunais contribuem, muitas vezes de modo inadvertido, outras vezes não, para consolidar o autoritarismo.

    Mais. O projeto de poder que alimenta este contexto simplesmente naturalizou a delação, conferiu credibilidade a ela e nos transformou em um país de Silvérios dos Reis. Não sem muito gozo. A contradição é da essência do moralismo.

    Esta é a essência do que chamo de “Lacerdismo Jurídico”, que se compraz até mesmo com a normalidade da tortura, se for empregada contra os de sempre.

    Os que derrubam conscientemente as barreiras erguidas pelo estado de direito não tem o benefício da dúvida relativamente ao emprego político que é feito das suas ações.

    Estão coniventes e é necessário, mais do que em qualquer outra época recente, que o Supremo Tribunal Federal não os tema, que não tenha receio dos editoriais de uma mídia cuja ausência de isenção é um dado conhecido, que não ceda às investidas golpistas de oportunistas que, derrotados nas urnas, querem mostrar uma vez mais a essa gente de pele morena qual é o seu verdadeiro lugar no Brasil.

    Por fim a esse descalabro é urgente e é tarefa do STF.

    Um dia, nos anos 90, andava pelas ruas de Buenos Aires e entrei em uma livraria jurídica. Fechada dentro de uma pequena caixa de cristal havia uma Constituição de bolso. Por fora um aviso escrito: En el caso de una emergencia rompa el cristal.

    É chegada a hora de romper o cristal.

    Geraldo Prado é professor de Direito Processo Penal na Universidade Federal do Rio de Janeiro. http://justificando.com/2016/03/04/lacerdismo-juridico-ou-moro-acima-da-lei/

    • Tomás disse:

      Está na hora de fazermos um dramático apelo aos senhores da valorosa Ajufe – Associação dos Juízes Federais do Brasil. Retirem o apoio dado às flagrantes violações da Constituição e da Lei por parte do juiz de Curitiba, sob pena de amanhã serem apontados como fiadores da nova ditadura que se está tentando instalar no país. Não há margem para ser desinformado ou inocente sobre o que está acontecendo.

  9. Antonio disse:

    O JRM está tentando apoio de setores mais duros das forças armadas. Seus capangas do globo estão dizendo que as forças estão de prontidão pra manter a ordem contra quem ousar defender o Lula. Os petistas agoara são milicias

  10. Helena/S.André SP disse:

    E olha que interessante o post que li agora no site http://www.osamigosdopesidentelula.blogspot.com.br: “Sequestro de Lula pode ter sido para instalação de escuta ambiental”. Segundo o post, a PF pode ter aproveitado o “sequestro” de Lula e instalar escutas ambientais no seu apartamento, enquanto faziam buscas e apreensão, e também em outros endereços. Eles podem ter feito isso com ordem judicial sigilosa, conforme previsto na lei 10.217/01. “Não se esqueçam que, pelo pré-sal e por um Banco Central “independente”, a NSA (que espionou Dilma) pode “gentilmente colaborar” com os investigadores brasileiros.

  11. Antonio disse:

    E vi uma nota do ministro do exército, no whasapp de um coronel reformado, “amigo” de minha esposa seguindo na linha da “ordem publica”.

  12. Messias Franca de Macedo disse:

    STÉDILE: ‘SE HOUVER GOLPE, FECHAREMOS AS ESTRADAS’

    O líder do Movimento Sem-Terra, João Pedro Stédile avisa: se houver tentativa de golpe contra a democracia brasileira, o MST fechará todas as estradas do País; “O MST vai se somar à luta da classe trabalhadora”, diz ele; Stédile lembra ainda que o movimento que ele lidera tem acampamentos em mais de 2 mil municípios, por onde passam todas as principais estradas do Brasil; articuladora do golpe, a Globo se surpreendeu com a onda de solidariedade popular em torno do ex-presidente Lula e já pede ajuda dos militares; a fala de Stédile, no entanto, é bem mais pacífica do que a da Globo, uma vez que ele sempre enfatiza o “se”, indicando que só haverá reação se a Globo e suas forças políticas insistirem no golpe.
    6 DE MARÇO DE 2016 ÀS 10:45

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/219879/St%C3%A9dile-'se-houver-golpe-fecharemos-as-estradas‘.htm

  13. Antonio disse:

    Realmente o clima do país é muito ruim. Os oposicionistas em geral estão descontrolados. A nesta está solta. De novo.

  14. nilson disse:

    Lula mitando, sapateando na direita. Vale a pena ver
    https://youtu.be/UdmWQlki_MI

  15. Alisson Souza disse:

    Mimimi…

  16. Vargas disse:

    O golpe encomendado pela Globo na sexta-feira era mais amplo do que pegar o Lula ?

    Incluía, então, calar os blogueiros sujos, através de um “vazamento-armadilha” para Blog da Cidadania ?

    Iriam fazer como fizeram com o blogueiro que denunciou a Lista de Furnas ?

    Falhado o golpe de sexta, a Globo agora pedem proteção dos militares ???

    Nosss… o complô é mais sério do que eu já tinha analisado!

    Sendo assim, a “retrospectiva” do golpe já deveria estar pronta e editada para ir ao ar a qualquer momento.

    hã ?? A Miriam Dutra confirma que o apartamento em Paris e a mansão na fazenda de Jovelino Mineiro são mesmo do FHC ???

    Não vem ao caso. Mas deve-se produzir “fatos” tão ou mais graves para tirar a atenção do gurú e da Rede, né não ?

    Isto por que o núcleo político do sistema da 3 forças-tarefas é mais sujo do que pau de galinheiro e está implicadíssimo na lava-a-jato.

    Por isto o força-tarefa de Curitiba não põe a mão neles, ignorando-os. O núcleo político é peça fundamental para o sistema rodar pois é este que repercute os vazamentos no congresso e clama por CPIs.

    Então, forma-se uma aliança espúria entre investigadores e investigados-citados, como é o caso de Aécio, que mesmo citado 3 vezes na operação, é um “apoiador” do linchamento contra o PT e dos abusos da operação.

    Terão eles a complacência da força-tarefa quando o PT finalmente for liquidado ???

    Complicado.

  17. Márcio Martins disse:

    A Globo convoca os militares! Ela não quer esperar o dia 1º de Abril!

  18. Mauricio Gomes disse:

    Esse ser primitivo BolsoASNO e seus seguidores deveriam ser presos por apologia ao fascismo, à ditadura militar e ao estupro. Pior que, como todo fascista, trata-se de um covarde, pois precisa se esconder nas saias da PM e de seu séquito de fanáticos. Merecia ir pra cadeia, pelo conjunto de sua “obra” contra qualquer tipo de diretos humanos e liberdades democráticas.

  19. Messias Franca de Macedo disse:

    PROVÁVEL NOTA OFICIAL DAS FORÇAS ARMADAS DO ‘BRAZIL’

    … Diante do agravamento da crise – e para manter a paz social – os militares forma obrigados a intercederem – e por razões Constitucionais!

    O que poderia ser a nota oficial das Forças Armadas:

    “Povo brasileiro nós ‘pongaremos’ no Poder Central até a realização de novas, legítimas e democráticas eleições! O sapiente povo brasileiro não precisa se preocupar: não ficaremos por mais de duas décadas no Poder, barbarizando, assassinando, torturando, desertando esquerdistas e comunistas, alguns comedores de criancinhas… Não, não! O consenso entre nós da gloriosa farda verde oliva é apresentar, consensualmente (sic), ao país dois nomes notáveis para o referendo popular. O que pode ocorrer sem o [desnecessário!] sufrágio das urnas, até mesmo para abreviar a tão esperada ‘transição democrática’. Sim, voltemos aos nomes de dois ilibados cidadãos brasileiros, absolutamente descontaminados deste lamaçal de corrupção que, apenas atualmente (idem sic), aterroriza o nosso país. Sem mais delongas, os nomes dos impolutos brasileiros são: Jair Bolsonaro e Sérgio Moro, não necessariamente nesta ordem.”

    NOTA:
    esta nota oficial será lida em primeira mão na próxima edição do fabuloso ‘Jornal Nacional’ sob a voz maviosa do casal ‘-20’!

    Assina
    Comando Superior das Forças Armadas do ‘BraZil’

    República Federativa Democrática do ‘BraZil’

    in off: o José (S)erra irá adorar esta nova terminologia!

    • Messias Franca de Macedo disse:

      errata:

      … Diante do agravamento da crise – e para manter a paz social – os militares foram obrigados a interceder – e por razões Constitucionais!…

  20. Heitor disse:

    Fico muito feliz de saber que o senhor Boçalnaro será candidato em 2018.
    Os midiotas radicais que votarão nele dividirão a direita.
    Progressista que se preza não vota em machista.
    Jovens de mente aberta não votam em ultra reacionário de direita.
    Terá os votos dos coxinhas irritados?

  21. Sidnei Brito disse:

    E o pior que essa turma já deve estar chamando o Dr. Moro de frouxo.

  22. Vieira disse:

    Moro nas proximidades da da Polícia Federal em Curitiba e já na tarde de quinta-feira a RPC – filiada Globo em Curitiba já estava montando uma campana de jornalistas e cinematografistas com vários veículos da emissora. Também já havia movimentações de vários outros veículos da mídia na região. Achei que algo estava para acontecer. Aconteceu pela metade, mas aconteceu.

  23. renato andretti disse:

    Não dá nada..
    O aranha chorão do ufc…é falso até os ossos..
    UFC é lugar de doping, sangue, humilhação contra o
    ser humano…travestido de lutas marciais.
    Me admiro que lutadores de lutas marciais, tirem sangue
    de seu proximo, por dinheiro.
    UFC, rola dinheiro, lavagem jogos, abandono de lutadores
    doentes, fraudes em lutas…
    Estes vão para a rua bater em meus filhos que fazem universidade
    em Curitiba…estou com medo…
    Meus filhos passarm e sempre fizeram escola publica, alguem
    quer tirar os alunos das faculdades e universidades..
    A DIREITA é um cancer..deve ser extirpada.
    UFC de Curitiba deve ser VISTA pela nossa JUSTIÇA..

  24. Vargas disse:

    A Band News acompanha a Globo no golpe e faz sua própria versão do mundo!

    Pela narrativa da Band News, a condução coercitiva de Lula está plenamente explicada e justificada pela Lava-a-Jato e o resto é “cortina de fumaça”, e que “todos são iguais perante a lei” (mas um são mais iguais do que outros, como na Revolução dos Bichos, de G Orwell).

    Eles não vão reconhecer o erro e o complô das 3 forças-tarefas interdependentes com a missão messiânica de liquidar o PT e criminalizar seus filiados e simpatizantes!

    • Alisson Souza disse:

      O PT não precisa ser criminalizado. Criminalizar o PT é como infantilizar a criança, é como imbecilizar o imbecil, é como abestalhar o abestalhado. O PT já nasceu para o crime (Celso Daniel que o diga lá do inferno no qual se encontra). Tanto que hoje é a maior organização criminosa nunca antes vista na história dêsti paíf. Logicamente, deve ser preservada a militância que, não participante das delícias da nomenklatura, acompanha o partido por fé e paixão.

      • Nelson disse:

        [O PT] “hoje é a maior organização criminosa nunca antes vista na história dêsti paíf”.

        E ele ainda quer nos convencer de que sua cabeça não está recheada só de coisas que o PIG divulga.

        Com essa demonstração de tamanha alienação, Alisson, eu é que fiquei “abestalhado”.

  25. Vicente disse:

    FHC, que não é bobo, sentiu que a coisa está demais e agora quer conversar com o PT. Claro, se deu conta que, do jeito que a coisa vai, o país ficaria ingovernável em caso de golpe. Imagina se um governo golpista resolve trocar o STF e tira o amigão dele de lá?

    • Lenita disse:

      Achei o artigo do FHC um prenuncio do que ele esta preparando junto ao PSDB/Aecio. Sua fala mansa e tortuosa a propoe no final a retirada da Dilma; e a cobra ganhando tempo e se livrando da culpa do incendio. Ele so esta preparando o terreno, ja esta tudo agendado, resta saber se conseguirao. Esse cara e veneno puro, um canalha ontologico, se isso e possivel. Alerta total pois estao prontos para dar o bote. Vao tentar, mas NAO PASSARAO !!!

  26. Lauri Guerra disse:

    Fernando, voce é muito polido. A leva-jato não tem nada de proto. É fascismo clássico, até com o “camicia nera” no papel de bufão do golpe.

  27. Universitária disse:

    Podemos reclamar com a ouvidoria do Conselho Nacional de Justiça.
    Vale lembrar que essa insegurança jurídica começou com AP470, um forçado domínio do fato repudiado até pelo autor e com o Moro escrevendo os votos da Rosa Weber “Não tenho provas mas a literatura me permite”. Vamos cobrar dos “homens bons” que resolvam essa bagunça.
    Por que os delegados e a polícia faz selfie com as elites. Os juízes não respeitam as leis. Um juíz de 1ª instância desmontando o país. O STF homologa um processo – AP. 470, fraudulento. Só restou o CNJ. Eles têm que mostrar as caras.
    http://www.cnj.jus.br/ouvidoria-page/registre-sua-manifestacao

  28. marco disse:

    Afinal,qual é mesmo o nome desse deputado? É BOSTONARO OU COCÔNARO?

  29. josé disse:

    Enquanto isso no Palácio do Planalto uma senhora se pergunta: on co to, pron co vo o ue tofazendo aqui

  30. Maria Rita disse:

    O filho de Bolsonaro, que é deputado federal, é da PF paulista. Alguém de lá deve ter vazado diretamente para o filho do futuro candidato à presidência da direitona Trump. Todo mundo tá faturando, ele também queria. Mas melou e pegou mal.

  31. henrique de oliveira disse:

    Como diz minha mãe que é de Londrina PR , pobre Paraná nunca teve um herói , mas bandido togado tem de monte.

  32. tiao disse:

    Queria só um minutinho cara à cara com este fascista filho da puta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *