No mundo, Lula enfrenta Moro. Aqui, “não explica”

reperc

Graças ao amigo Olimpio Cruz, que coletou muito material, publico um resumo parcial  da repercussão do depoimento de Lula a Sérgio Moro na imprensa mundial onde, ao contrário do tom dos jornais brasileiros, predominam as queixas do ex-presidente de ser  vítima de uma perseguição judicial .

A começar pelo  britânico The Guardian, onde o correspondente Dom Philipps relata que Lula condenou a perseguição a que está sendo submetido ao enfrentar as acusações de corrupção no tribunal.

Mesma linha a da correspondente Claire Gatinois, do Le Monde , que narra que o ex-presidente dizendo ser vítima de uma caçada judicial, mas também mostrando constrangimento por ter de responder por sua mulher, que morreu em fevereiro. “Você me mostre o documento [prova] que o apartamento é meu. Porque precisa ter prova. O resto é blá, blá, blá”.

Reuters  relata que, ao ser avisado por Moro de que haveria “perguntas difíceis”, o ex-presidente não titubeou: “Não há perguntas difíceis, senhor. Quando se fala a verdade, não há perguntas difíceis”. O despacho foi pelo New York Times e cerca de 5 mil sites noticiosos, mundo afora.

Já Associated Press fala que Lula desafiou Moro durante o depoimento. “Depois de dois anos de massacre, eu estava esperando para ver um documento mostrando que eu comprei o apartamento”, disse Lula. “Mas não havia nada, absolutamente nada”. O texto saiu no  NYTimes,  no Washington Post e milhares de veículos de imprensa no exterior. Na Bloomberg,  registra-se que  Lula condena a  “caça às bruxas” e afirmando que será candidato a presidente.

Na  BBC, Lula chama o  julgamento de “farsa”, mesmo termo usado pela Al Jazeera e pelo  Le Monde , em outro texto, com a declaração do ex-presidente: “Este julgamento é ilegítimo, é uma farsa”

A Radio France Internationale  registra que Lula foi interrogado durante cinco horas e que, mesmo sob o risco de ser preso, anunciou que é candidato à Presidência.A agência alemã Deutsche Welle noticiou que Lula negou ser dono do triplex e anuncia que ele quer ser presidente novamente.

O El País, espanhol, vfala de  Lula transformando seu depoimento em uma exibição de poder político. “O ex-presidente, que pretende ser um candidato nas eleições presidenciais de 2018, reúne milhares de seguidores perante o tribunal”. No argentino Clarín destacou Lula se declara inocente e diz sofrer “assédio judicial”. La Nación  aponta que Lula converteu seu interrogatório em um trampolim para as eleições de 2018 e que “o PT pintou de vermelho as ruas de Curitiba”. O jornal de esquerda Página 12 mostra Lula cara a cara com Moro, e diz que o ex-presidente foi firme e o confrontou duramente, várias vezes.

O espanhol El País veiculou reportagem em que mostra Lula transformando seu depoimento em uma exibição de poder político. “O ex-presidente, que pretende ser um candidato nas eleições presidenciais de 2018, reúne milhares de seguidores perante o tribunal”, informa no subtítulo. Outro diário espanhol que abordou o depoimento foi o El Mundo, que destacou a frase de Lula ante o juiz: “sou vítima de uma caça”.

Até a Rádio Canadá informou que Lula exigiu que sejam apresentadas provas de que ele é o dono do triplex. Segundo a rádio, apesar das acusações, Lula ainda goza de forte apoio popular no país. Nos Estados Unidos, a  Voz da América noticiou que Lula enfrentou o juiz, reproduzindo material da AP.

 

.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

13 Respostas

  1. Guilherme disse:

    Por isso que deveria existir um jornal que condensasse o que os blogs “sujos” dizem.

    Apesar da internet ser uma realidade, por que empresas como Netflix e Google anunciam em cartazes em pontos de ônibus? Simples, o sujeito nem sempre toma a iniciativa de saber das coisas por conta própria na internet.

    Na política isso é mortal, pois o sujeito se torna uma presa fácil de boatos pelo FaceBURRO. E quando para em frente a um jornaleiro, só vê as manchetes enviesadas da nossa imprensa.

  2. Patrice L disse:

    Lula reduziu o Moro a pó de pirilim plim plim

  3. Lenita disse:

    A verdade quando é cristalina faz seu caminho através das pedras. Lula sabe que está defendendo sua existência e o povo brasileiro que sempre foi razão de sua vida política. Não há simulacro: é inteligência, coerência e lógica em estado puro. A mídia Internacional está vendo o que salta aos olhos. Moro derreteu.

  4. Welington disse:

    Pelo desespero dos fakes coxinhas com a vergonhá que o juiz do Aecio fez eles passarem ontem já dá pra imaginar o baile. Cobrem mais caro a hora eXira vai acabar idiotas!

  5. none disse:

    nocaute técnico primeiro round em 10 segundos. um verdadeiro myke tysson comendo moro a milanesa. q puta vergonha.

  6. lidia virni disse:

    Gostaria de saber da leitora Lenita se posso usar suas frase geniais anexadas aos vídeos e matérias sobre o depoimento do Lula no celular. quanto ao Wellington me fez rir muito com a recomendação aos coxinhas para pedirem aumento na hora extra.

    • Lenita disse:

      Lidia, fico contente se eu disse algo que parece ter te agradado. E se for para ajudar o Lula e nossa luta, as frases pertencem a todos nós. Abraços :-)

  7. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    COXINHAS frustrados com a “não prisão” de Lula. Para esses midiotas, que postaram todos os dias, nos últimos meses, de que Lula seria preso ontem, só resta o choro. Podem chorar à vontade, o choro é livre. Esse episódio só mostrou o quanto vocês são burros e hipócritas, teleguiados pelo Villa, Azevedo, Leitão, Mainardi e outros mal intencionados da imprensa golpista. CHORA COXINHADA GOLPISTA, CHORA! LULA 2018, de lavada, contra qualquer Candidato golpista que a Groubo apoiar.

  8. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    Mas o melhor do dia é ver os coxinhas virem aqui para soltar suas pérolas alucinadas e desesperadas. CHOREM MAIS MIDIOTAS, CHOREM.

  9. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    PAULA LINS: quando o Moro vem com o milho, o Lula já comeu as pipocas. E, enquanto isso, vocês vão comendo a alfafa servida pela Groubo. Patético.

  10. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    JONY DIAZ (o paraguaio fajuto): Claro que o Moro vai prender o Lula. E ele vai ser absolvido em 2a. instância, como aconteceu com os canalhas que roubaram o Banestado, pois o Moro também não conseguiu provas contra ele. Essa jararaca, além de imortal, tem metade desse país do seu lado. Um conselho: vai para o blog do “Maunardi” ou do “pancho” Villa. Teus pares comedores de capim estão todos lá.

  11. Tomás disse:

    Lula não só explicou, como desmoralizou o juiz que enveredou abertamente pelo caminho da perseguição política. O inquérito parecia um inquérito dos anos 50 feito por um empedernido macarthista em pleno Congresso dos USA. A exclusão de Lula das eleições de 2018 é o objetivo número um dos sócios internacionais do golpe para que, com sua crescente projeção global incômoda e concorrencial, o Brasil tão cedo não chegue a ameaçar novamente a ordem mundial estabelecida, como aconteceu com o governo do PT. E assim sendo, a caça a Lula se tornou também no principal objetivo da elite colaboracionista, entreguista e golpista nacional. Tudo o que pudessem fazer para conseguir seu famigerado intento já foi feito. É como diz o ditado: “Na Lei ou na marra”. Se eles não podem interditar Lula pela Lei, não há a menor dúvida de que vão tentar interditá-lo pela marra. Afinal, pode-se considerar que o próprio golpe foi dado na marra, já que não existia lei alguma que o amparasse naquelas circunstâncias. Pensando bem, também estes últimos depoimentos à custa de tortura e depois promessas de boa vida, já fazem parte da solução “na marra”. Enquanto a opinião pública ainda for importante para eles, mesmo que sofrendo manipulação pela mídia golpista, devemos estar preparados para tentar pelo menos prorrogar decisões desfavoráveis, já que o tempo está nitidamente trabalhando a favor e não contra a democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *