“Não sei quem mora lá, nem o que fez, mas invade assim mesmo…”

arromba

A juíza que mandou invadir a casa do filho de Lula, Marcos Lula, diz que “não sabia” quem morava ali.

Assinou um mandado de busca e apreensão sem nome, apenas com endereço; que reproduzo do Blog da Cidadania.

O averiguado é “a apurar”.

Acredite quem quiser que juíza e policiais não sabiam quem morava ali.

Aceitar que não sabiam, terá de admitir que um gaiato ligue para a polícia dizendo que na Rua Tal, numero tal, apartamento qual, alguém, que não se diz quem é, faz uso de drogas.

E que incontinente, uma brava tropa de policiais vai ao juízo, a juíza, sem mais discussões, dá uma mandato para até arrombar e invadir o apartamento e recolher ” entorpecentes, armas e outro objetos ligados ao crime” , crime que sequer especifica qual é.

E quem aceitar isso está, automaticamente, abrindo mão da inviobilalidade do lar.

O mandado judicial virou, por enquanto, uma formalidade que nem fundamentada precisa ser.

É de imaginar o meganha falando: “ai, que saco, vou ter de ir lá na tia para ela assinar um mandado para invadir um apartamento”

“Apartamento de quem?”

“Sei lá, é que um carinha ligou dizendo que lá estão queimando fumo”.

“Quem?”

“Não sei, nem quero saber”, Vou logo que hoje estou louco para meter o pé numa porta”.

Estamos diante do seguinte dilema: ou chegamos ao ponto intolerável de perseguir familiares de quem queremos desmoralizar publicamente, ou chegamos a um ponto que juízas, entre a manicure e o cabelereiro, resolvem assinar algumas ordens para arrombar portas por aí.
contrib1

Comentários no Facebook

38 Respostas

  1. HAERTEL DUARTE MENDES disse:

    Meu Deus. Que vergonha ser brasileiro. É muita desmoralização em nome da maldita política de Republiqueta das Bananas. É de doer imaginar que nosso judiciário chegou a esse ponto. O fundo do poço nunca aparece. É espantoso.

  2. Francisco Preto disse:

    Todos sabiam que era o filho do Lula. É uma vergonha ? É. Vão fazer pior daqui para frente ? Vão. Não existe limite para um grupo que assumiu que o preço a pagar para tirar Dilma seria quebrar o Brasil e levar ao poder a corja que hoje lá se encontra. Vai piorar muito em 2018. Infelizmente.

    • Luiz Carlos disse:

      Concordo Francisco. E sabe qual o risco nisso tudo? plantarem alguma evidência na casa de alguém para incriminá-lo, deixando-o apodrecer na cadeia, pois vivemos num estado de exceção, numa ditadura policialesta-jurídica.

    • Juliano disse:

      É um ato tipicamente fascista, sim senhores. A polícia é fascista e a juíza é fascista. Sem meias palavras.

  3. Marco disse:

    Tenho vontade de chorar….

    • James Gressler disse:

      Marco, nós sabemos:Tem gente que aplaude, ainda e por enquanto,
      porque O DIA chegará. Então Inês estará morta e o leite derramado.

  4. Jorge Pereira disse:

    Foram a dois endereços. Os dois do filho do Lula. E aí a juíza vai dizer que foi muita coincidência? Porra, não somos idiotas!

  5. Serralheiro velho disse:

    Juíza mais sem noção que janaina

  6. beth disse:

    Para piorar, ao chegar no tal endereço os policiais, com a cara no chão por não terem encontrado nada, resolveram levar consito os computadores que estavam no apê. Cujo dono eles desconheciam e sem que qualquer indício de crime tivesse sido encontrado. Caramba, que raio de denunciante anônimo poderoso esse, hein? Já vi esse filme décadas atrás, mas aí eles diziam que o indigitado morador era acusado de ser “comuna”, levavam livros, documentos, ameaçavam familiares e desapareciam com o dono do apê. Parece que estamos no túnel do tempo voltando a 1968…e a viagem vai ser rápida. Daqui a pouquinho estarão prendendo qualquer um para “averiguações”.

    • Juliano disse:

      Sim, devem ter recolhido algum livro com a palavra “Vermelho” no título. Afinal, vermelho é a cor do PT, não???
      Fascistas, fascistas, fascistas.

  7. Walter Campos disse:

    Daqui a pouco para ser detido basta ser simpatizante do Lula. Que país é esse?

  8. Vicente disse:

    Alguém liga e dá o endereço dos irmãos Marinho pra ver se a juíza autoriza.

    • Maria Aparecida Lacerda Jubé disse:

      Dos irmãos Marinho nunca, ninguém em sã consciência manda arrebentar a porta da casa do patrão, principalmente quando o patrão é o maior poder do país.

    • Ale Nogueira disse:

      Eu mesmo vou ligar e dar meu próprio endereço. Quero ver se ela tem as manhas de mandar invadir aqui. Só que não terá, porque meu nome não aparece em manchetes do PIG.

  9. Ligia disse:

    O próprio samba do crioulo doido.

  10. Jise silva disse:

    Pior é o tijolaço colocar o endereco, tao ajidando os coxinhas?

  11. renato arthur disse:

    Todos os cidadãos desse país sabem, que quando você necessita da polícia ela nunca aparece e se for fazer um BO por um furto de residencia ou de carro ou por ter um elemento suspeito em seu bairro nada vai acontecer. Mas agora surgiu um fato novo, quando você necessitar da polícia, diga que um parente do Lula está na redondeza em atitude suspeita, em seguida toda uma guarnição será deslocada para o lugar da chamada que pode até ser anônima.

  12. Batista disse:

    Chega de tratar com respeito lógico o jogo cínico desses fora-da-lei da polícia e da justiça, a fazerem política, pois está escancarado que a aposta feita pelos lavajateiros na falta de recibos de aluguel do apartamento alugado, foi pro saco, e agora tentam apressadamente achar qualquer coisa para por no lugar, para sumir com o assunto recibos e salvar a lavoura de condenar Lula com convicção minimamente factível.
    Daí a necessidade de apreender-se computadores, celulares e documentos a toque de caixa, “para ontem”, do último filho de Lula (padastro) ainda não totalmente esquadrinhado na busca de provas, pela operação lavajateira, onde tudo permite-se e onde foi bolada a desculpa da denúncia anônima de existência de drogas no local, para pegarem o que de fato interessava, para com sorte acharem algo que pudesse ser utilizado, só que incrivelmente, em dois endereços distintos, um em Paulínia e outro, salvo engano, em São Bernardo, onde coincidentemente antes morava o mesmo dito, pelas “autoridades” no caso, “desconhecido suspeito traficante” de Paulínia. Que colosso de coincidência, né?
    É de chorar de rir, se não fosse trágico de chorar, a sandice e a mediocridade com que mergulharam o Brasil no caos e juntos 207 milhões de brasileiros.

  13. alvaro disse:

    Foi só uma coincidência, nada mais. Como o ‘acidente’ do Teori.

  14. cunha e silva disse:

    Estamos quase chegando no ponto , vai faltar avião para Maiami .

  15. Schell disse:

    Outra juizete de meia-pataca: corregedoria que é bom, ó, nem pensar, né, dona carmencita? Quadrilha é pouco, muito pouco…

  16. thewhuela disse:

    Não vejo mais diferença alguma do que se faziam durante a ditadura militar. E para moradores de pequenas cidades está até pior hoje pois, “puliça” e “ómis e muiés” da lei tem em todo lugar.

  17. Werner disse:

    E o grande risco nestas situações é o famoso ‘aijisus’, quando um meganha malintencionado planta uma prova num local, que a vítima de boa fé permite (ou é obrigado a permitir) ser inspecionado, e quando ‘acham’ a prova plantada, só resta por as mãos na cabeça e dizer ‘ai Jesus’. E este risco parece cada vez maior dado o desespero de ‘encontrarem uma prova’.

  18. Joceane disse:

    Vcs acham que o Bolsonaro vai fazer alguma coisa ,a única solução para o Brasil e derrubar o senado ,tirar essa corja de ladrão de lá ,enquanto tiver esse senado corrupto e nos brasileiros que sofremos .

  19. Marcos disse:

    O Judiciário truculento esbanja poder ao arrepio da lei. O ataque a Lula atinge, por tabela, a Democracia. Jâ passou da hora de Lula denunciar ao mundo civilizado o que ocorre no Brasil pós-golpe !

  20. jenes disse:

    O cara deu o endereço do Aecio foram no filho do Lula kkkkkkk que bosta

  21. clovis sena disse:

    duvido que nao soubesse! já pensou se fosse casa de tucano, eh claro que nao deva a ordem

  22. Gelson disse:

    Interessante é que se a gente ligar para a policia, vão ser tantas perguntas que o criminoso já cometeu o crime e já sumiu. E nesse caso é preciso uma interferência de uma Juiza que nem sabe o que é e quem é, é uma incompetência. Os juizes no Brasil estão virando motivos de piadas.

  23. C.Poivre disse:

    Correção: é INCONTINENTI e não “incontinente”.

  24. a.ali disse:

    o anônimo (?) deve estar tendo barrigadas de riso… essa “puliça”!
    oi dona juíza, em minas gerais há um helicóptero carregadinho de “farinha” que tal dar uma chegada lá? disse chegada não cheirada!!!

  25. Simões disse:

    Qdo faz cagada ninguém sabe de nada.
    Justiça de exceção.
    E o nosso cheirador-mor do senado nada, né !
    Pelo menos a carreira desse fdp tá acabada.

  26. Simões disse:

    Chupá cheirador-mor vc nunca será presidente da república

  27. Nelson disse:

    Ei sabichão. Ei, é que você mesmo, Leonardo Neves Farias, que eu estou falando.

    Faça o favor de ler outras coisas também. Dá uma olhada no que fez o teu grande ídolo, o teu “Mito”, que, na tua visão, vai salvar o Brasil em 2018,:

    http://www.tijolaco.com.br/blog/continencia-de-bolsonaro-bandeira-americana/
    A “continência” de Bolsonaro à bandeira americana.

    Se, depois de leres a matéria, tu não te sentires envergonhado, um baita trouxa em acreditar no “Mito”, é porque tu estás condenado, irremediavelmente, à ignorância eterna.

  28. El Loco disse:

    E vamos ficar esperando que aconteça a desgraça sobre nós? Precisamos reagir imediatamente.

  29. josé magno disse:

    O pior era que o destino da busca e apreensão seria em Morumbi-Pulinia, como o delegado, estava ávido de ódio, não leu direito o destino. Se mandou logo para casa do filho de Lula. O próprio mandado é nulo pelo erro na sua consecução.Esse pessoal ganha bem mas se mostra – analfabeto funcional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *