Nada mais sem resposta: escritório de Nilo atende Petrobras desde o ano 2000.

hip

O escritório Nilo Batista & Advogados Associados deu a primeira sinuca na turma da imprensa que julga o mundo capaz do mesmo comportamento aético que ela pratica.

Em notificação enviada à revista Época, requer, com base na lei do direito de resposta, que publicação publique texto em que esclarece que, em lugar de haver a relação de remuneração entre a Petrobras e  Nilo Batista, que passou a integrar a equipe de defesa do ex-presidente Lula por uma simples, clara e indesmentível razão: o escritório trabalha para a petroleira desde 2000, no governo FHC. Nada mais simbólico do cordeiro que bebia rio abaixo, mas que o lobo insistia estar turvando a água.

O escritório liderado por Nilo, todos sabem, é um dos mais conceituados advogados do Rio de Janeiro, onde fica a sede da Petrobras e boa parte de seu corpo funcional, o que torna obvias as razões de sua contratação. Além disso, os valores referem-se a contratos de longa duração – como é obviamente  necessário em questões judiciais – e não a pagamentos á vista. É possível que eu ou alguns leitores, nos últimos 16 anos, tenhamos ganho R$ 1 milhão e é ridícula a ideia de dizerem que “faturamos R$ 1 milhão”.

Só mesmo a falta de princípios éticos e a tentativa de criar uma falsa impressão em quem lê pode levar a isso, sobretudo quando  o repórter da Época tinha todas estas informações num e-mail enviado a ele pelo escritório.

Agora, ou a revista publica a nota que revela seu comportamento aos leitores, no mesmo espaço e com o mesmo destaque ou, prepare-se, vai sofrer ação de danos morais e a aviso para consultar o jurídico da Globo para ver quanto o Nilo já ganhou do grupo em outras ações deste tipo.

Aliás, corrijo-me, o quanto poderia ter ganho, porque obteve a condenação de seus detratores, o que era a sua intenção, não a de ganhar dinheiro, como a Época quer fazer insinuar sejam movidos seus atos. Aliás, a  Época, seus editores e repórteres certamente não compreendem que se possa fazer advocacia sem defender interesses escusos, talvez porque não compreenda que se poderia fazer jornalismo sem eles.

O texto do direito de resposta do escritório Nilo Batista:

Em matéria intitulada “Criminalista Contratado por Lula faturou R$ 8,8 milhões com a Petrobras”, divulgada, a partir das 6:02h de 5 de fevereiro de 2016,  na coluna Expresso, mantida no site da Revista Época na internet, seu autor expôs informações incompletas ou fora de contexto, de modo a sugerir a seus leitores algum tipo de vinculação entre o fato de Nilo Batista & Advogados Associados ter sido remunerada pela Petrobras e de ter se agregado recentemente ao esforço de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Disse a matéria que Nilo Batista & Advogados Associadosfoi contemplado com quatro contratos, que somam R$ 8,8 milhões”. Ao valer-se do particípio passado masculino do verbo “contemplar”, cujo único significado dicionarizado pertinente é “conceder (algo) a (alguém) como prêmio, prova de consideração etc.” (Houaiss), a matéria dá a entender a seus leitores que a celebração de tais contratos configuraria uma espécie de prêmio ou benesse. Se tivesse informado, como era de seu dever e lhe foi devidamente esclarecido, que o Escritório ao longo de mais de 15 anos vem prestando à Petrobras e a seus funcionários serviços de advocacia criminal em centenas de processos e inquéritos policiais, a matéria não teria induzido seus leitores a erro.

Igualmente, o valor da remuneração, revelado pela matéria sem qualquer tipo de detalhe ou explicação só para o fim de provocar a indignação em seus leitores, representa a remuneração acumulada ao longo desses anos em que o Escritório tem prestado os serviços a que se referiu acima. Diluído tal valor pelos muitos meses por que tem perdurado a relação contratual entre Nilo Batista & Advogados Associados e a Petrobras, revela-se uma remuneração compatível com os serviços profissionais contratados.

Mais grave, contudo, foi o fato de a matéria ter dito quenos últimos anos, o escritório de Batista prosperou na Petrobras”. Neste ponto, o texto deliberadamente omitiu a informação de que a contratação de Nilo Batista & Advogados Associados pela Petrobras remonta ao ano 2000, época em que o país era governado pelo PSDB, agremiação política, como se sabe, que faz oposição à atual gestão. Tivesse a matéria revelado este dado crucial, devidamente transmitido ao funcionário da Revista Época encarregado de colher esclarecimentos do escritório, seus leitores perceberiam a absoluta desvinculação entre a relação contratual da Petrobras com Nilo Batista & Advogados Associados e o fato de este recentemente ter se agregado à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Por fim, a manchete da matéria –Criminalista contratado por Lula faturou R$ 8,8 milhões com a Petrobras” – comete oportuno equívoco, na medida em que contratada pela Petrobras (e, logo, por ela remunerada) não foi o advogado Nilo Batista, mas, sim, a pessoa jurídica Nilo Batista & Advogados Associados, composta por 10 sócios, que não se confunde com a figura de seu sócio fundador.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

23 Respostas

  1. Marcelo Teixeira disse:

    Fernando Brito
    Chega a ser patética a remuneração do escritório de Nilo Batista frente aos milhões anualmente pagos à Globo, Jornal O Globo, Época e outros tentáculos do Grupo dos Marinho a título de Propaganda.
    Ideal seria se Você conseguisse levantar e divulgar quanto a Petroleira disponibilizasse o quanto pagou aos Marinho, aos Frias, aos Mesquitas e Civita de Publicidade.
    O Povo ia adorar.

  2. Luís CPPrudente disse:

    É bom que o escritório de advocacia inaugure o Direito de Resposta que políticos do PT tem medo de requerer na justiça.

    Que venha o Direito de Resposta do escritório de advocacia. Que Lula e outros petistas comecem a requerer deste mesmo instrumento contra as organizações criminosas do PIG.

  3. serralheiro velho disse:

    Embora apreciando a ação de Nilo Batista Advogados Associados, não acredito que consiga exito contra esta máfia jurídico-midiática, que atenda a seus direitos usurpados: reparação da calúnia, direito de resposta de igual teor da descabida agressão e retratação de toda ofensa cometida. Só com a ajuda de papai Noel e do coelhinho da páscoa

  4. CaRLos disse:

    Fernando, ninguém irá aguentar. Eles estão botando todo mundo para correr. Nilo arranjou dor de cabeça para ele, estão trabalhando com esse intuito. Querem deixar Lula sozinho e sem defesa. Vê o caso do Roberto Teixeira também. Eles chantageiam com as matérias. Dinamitam a vida privada das pessoas covardemente. Vê que até o Chico entrou hoje. É uma organização. É tudo combinado entre eles. Vão fazendo revezamento para não dar na vista. Cada veículo fala de uma pessoa. Foi o aconteceu hoje. Isso desenvolve um ódio na população, este é o objetivo. Estamos vivendo a ditadura da imprensa ou da mídia. Nunca vi nada igual. E o governo como o PT atual estão pouco se lixando para isso. Só sossegarão com virem Lula algemado; agredido, xingado, cuspido, humilhado, transportado num camburão e jogado numa cela diminuta, com roupa de presidiário. Aí, então, vazarão as imagens dele na cadeia para todo o Brasil e para eles seria melhor ainda se tivessem as imagens de seus familiares. A elite soltará rojões, comemorando. E ai daqueles que os defenderem nas ruas! Na verdade todos os simpatizantes ou petistas se acovardarão. Como desculpas, dirão que estão esperando justiça. Alguns talvez dirão: Não há exagero nestas palavras? Não. Quem esperava aquela morte de Kadafi a pauladas ou a captura de Saddam? É só você conversar com as pessoas na rua e verificar o clima de ódio. O ódio é tão nefasto que leva o filho a matar o pai e a mãe. Ou vice e versa.

    • C.Paoliello disse:

      Concordo com vc. Montou-se uma poderosa organização criminosa com o único intuito de destruir a imagem do presidente Lula.

  5. Profeta disse:

    O que eles Zelites piguentas querem estamos cansados de saber.
    Agora o que queremos é o que governo e seus parares param de se fazer de doidos como se não fosse nada contra eles .
    Ninguém é masoquista pra continuar aguentando este massacre dia após dia , sem que haja respostas e ações imediatas e objetivas contra estes grupos nazistas fascistas corruptos criminosos contrário ao regime Demócrito em pleno vigor.
    Basta .

  6. LUIZ SALAMON disse:

    Está é a mídia podre que persiste em manipular nossa sociedade. Somente com uma mudança radical extirpando estes setores plutocratas o Brasil vai poder ser a nação que seu povo merece.

  7. Mauricio Gomes disse:

    Não demora e daqui a pouco aparecerão os trolls tucanos, provavelmente pagos com dinheiro desviado da merenda das crianças, para tergiversar e tentar incluir o Lula na história. Eles apostam na tática diversionista de fantasiar a realidade para esconder seus reais objetivos, que são alimentar um clima de ódio e linchamento na sociedade e a ditadura midiático-judicial, onde qualquer argumento contra é adjetivado de estatizado, bolivariano, comunista, contra a liberdade de imprensa e outras baboseiras patéticas. Não há, até o momento, um mísero crime comprovadamente cometido pelo Lula, embora a mídia e os “youtubers” do Alckmin “rouba merenda” e do Aécio “um terço” Neves já o tratem como culpado e julgado.

  8. Messias Franca de Macedo disse:

    Agora vai: MP descobre que D. Marisa comprou pão na padaria.

    Por conspícua e impávida jornalista por Helena Sthephanowitz

    Quando me contaram achei que era piada do “sensacionalista”, mas está escrito no jornal “Estadão”
    (…)
    Do jeito que está publicada essa notícia, ridiculariza o Ministério Público Federal. Se o jornalão está falando a verdade é estarrecedor. Além de assustador porque quem fazia esse tipo de coisa era o aparelho de repressão da ditadura.
    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2016/02/agora-vai-mp-descobre-que-d-mariza.html

  9. Messias Franca de Macedo disse:

    XEQUE-MATE

    O [eterno] presidente Lula está prestes a aplicar o xeque-mate nos facínoras golpistas!
    Falta ainda a ex dona de uma lojinha de fundo de quintal que comercializava materiais de construção PROVAR que vendeu, pasme, R$ 500.000,00 em produtos para a reforma do sítio em Atibaia.
    Desde já – e em paralelo – quebra dos sigilos fiscal, bancário e telefônico da “depoente”!
    Esperemos, pois, que a “delação” desta senhora conste nos autos do processo da Operação ‘Lava [Tucano a] Jato’!
    A mesma Operação que recebe a sinonímia ‘Para os DEMoTucanos inimputáveis as investigações não vêm ao caso”!
    Operação conduzida pelo “juiz” DEMoTucano Sérgio ‘mor(T)o’, cujo ostracismo do congênere rábula psicopata ‘Joaquim do Mentirão Barbosa’ o espera!

    Quem diria
    a ‘Guantánamo da província
    do Paraná’
    terminou,
    simultaneamente,
    em Atibaia
    e no Guarujá!

    Ué, rimou!
    RISOS

    [A Verdade Vos Libertará! Preceito bíblico
    Deus é bom!
    E pelos justos!]

    Xeque-mate

    Messias Franca de Macedo
    Feira de Santana, Bahia
    BRASIL – em homenagem ao [eterno] presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à presidente Dilma Vana Rousseff ‘A Magnífica’ – eita ‘Coração Valente’, siô -, e ao sapiente, leal, generoso, impávido e honesto povo trabalhador brasileiro

  10. paulo disse:

    Aos estagiários tucanos da revista época, a empresa do advogado ganha pouco: COMPARAÇÃO…somente o JUIZ SERGIO MORO ganha 77000 por mês, no ano 1000.000 milhão, vezes quinze anos quinze milhões do serviço publico federal em vida ele vai levantar uma gorda MEGA SENA de 50.000.000 milhões..caraca um funcionário publico receber isso é um absurdo.

  11. José Carlos Vieira Filho disse:

    Fernando, uma correção:
    Quando você observa: “certamente não compreendem que se possa fazer advocacia sem defender interesses escusos”, não seria mais apropriado afirmar que “não compreendem que haja interesses que não seja escusos” ?

  12. Messias Franca de Macedo disse:

    [‘Ainda sobre ‘nada mais sem resposta’!]

    Os golpistas e agregados(as) ‘coxinhas’ “que continuem sacaneando com o honesto povo trabalhador brasileiro”!
    Certas reações já começam a surgir!
    “Eu quero paz, mas não me chame para a guerra porque eu não fugirei à convocação! E, depois, não se queixe!”

    Entenda o que é carnaval antifascistas/aloprados(as)!

    ################

    Ex-rainha de bateria da Peruche ameaça modelo expulsa: “Tem que apanhar”

    07/02/2016 02h12

    Ex-rainha de bateria da Unidos do Peruche, Luana Safire fez duras críticas e até ameaças à modelo Ju Isen, destaque da escola de samba, que tirou a fantasia e foi expulsa durante o desfile, neste sábado (6), no Anhembi, após tentar protestar com um tapa-sexo com uma caricatura da presidente Dilma Rousseff. Em seu perfil na rede social, Luana desabafou sobre o comportamento da “musa do impeachment”, como Isen é conhecida, e defendeu agressões contra ela.
    “Vadia, ficou pelada na avenida sem preocupação com o nosso trabalho de um ano inteiro de uma família chamada Peruche… lembram que avisei? Eu avisei, porra! Dito e feito… E que isso não atrapalhe nossa escola!”, escreveu a ex-rainha da Peruche no Facebook.
    Luana, que foi rainha entre 2006 e 2007, emendou outra publicação com mais ameaças: “Corra… mas corra muito… Eu já te conheço, Ju Isen… Mas corra, corra muito para você não conhecer a rainha mais brava que o Peruche já teve!”.
    A ex-rainha de bateria finalizou defendendo que Ju Isen seja agredida por ter tirado a roupa no meio do desfile: “Iniciamos os trabalhos, ‘bora’ para os jogos mortais… Tem que apanhar mesmo! Quer ficar peladona? ‘Noix ajuda, parça’… Sou contra a violência, mas essa tem que apanhar… Gosta de tomar ‘pau’ no ofício, mas vai tomar de gente grande… Quer ficar famosa? Toma, vadia… Defendo meu pavilhão até a morte… sou Peruche? e a rainha mais de briga que a escola já teve…”.
    (…)

    FONTE: http://carnaval.uol.com.br/2016/noticias/redacao/2016/02/07/ex–rainha-de-bateria-da-peruche-ameaca-modelo-expulsa-tem-que-apanhar.htm

  13. Luiza disse:

    Nao adianta, Brito. Transformaram o BR na República do Puteiro!
    E isso é reflexo direto do fato de se ter hoje um país inteiro prostrado e submetido a um pequeno juiz de 1° instancia, repito, 1° instancia!!!!
    Não há ministro da justiça, nao há suprema corte, nao há decência nem dignidade na imprensa e instituiçoes da justiça e polícia judiciária. Formou-se um conluio entre esse juiz e os demais citados acima para destruir um ex-presidente, destruir um único partido, derrubar o governo, destruir o país, a sua economia e o povo e direitos que se danem…É o Estado do arbítrio e exceçao. Ordens de quem?? É só pensar um pouquinho..
    A justiça brasileira perdeu a decência e a honradez, se é que é possível perder o que, talvez, nunca se tenha tido
    Porque se a lava jato e a justiça brasileira nao fossem partidárias e tivesssem,mesmo, decência e honestidade em combater a corrupçao, entao a maior investigaçao criminal do Braisl nao teria ficado IMPUNE por conveniente e escandalosa absolviçao sob o falso pretexto de falta de provas[provas cabais haviam] ou por presciçao pela conveniente enércia do MPF e PF em punir os envolvidos. Por que nao puniram?? Analise as “coincidencias” que voce entender, ah se vai…
    Coincidências criminosas interessantes:

    Crimes investigados: Desvio de dinheiro e Evasão de divisas; Valor apurado: 124 bilhoes de dólares[valor maior do que o BR tinha em reservas cambiais na época]; governo na época: PSDB, PMDB, PTB, PFL, AGORA DEM;

    Apurado nas investigaçoes – Destinatários Finais do dinheiro investigado: foram apontados que os destinatários finais do dinheiro envolvia a mais alta cúpula da política nacional, especialmente a políticos ligados ao PSDB dentre outros, e a alta cúpula do empresáriado da época; Operadores/Procuradores das contas investigadas: os principais doleiros, estes mesmos que estao na lava jato; Juiz do processo: a maioria dos processos foi presidido por Sergio Moro da Justiça Federal de Curitiba, o mesmo juiz da lava jato. Provas dos ilícitos: em diligências em NY/EUA, por quase 6 meses, com o axuílio do FBI e Ministerio Público local, foi quebrado o sigilos de 137 contas-corrente da extinta agencia do Banestado naquela cidade, que identificaram o nome dos destinatários finais e respectivos operadores/procuradores destas contas;

    Resultado do caso para a sociedade: a operação foi abafada e desmontada, sem a punição pelos responsávis pelos desvios; Resultado do caso para os operadore/procuradores das contas: 70 doleiros foram presos com alta repercussao midiática[igual a lava jato], inclusive Alberto Youssef, MAS sem nenhum efeito prático pois os tais crimes continuaram a ser praticados. Resultado para os destinatários finais das contas: Os processos geraram absolviçao por falta de provas[apesar da quebra de sigilo das contas indicarem os nomes dos destinatários] ou prescreveram por inércia da PF e do MPF[nao tiveram interesse em apurar?!]. Resultado para Youssef: foi indiciado ao menos 5 vezes mas só foi condenado em apenas 1![ele voltou a cometer os mesmos crimes e, agora, está na lava jato]

    Prefere ler? Estas informaçoes foram retiradas da transcição do discurso do Senador Roberto Requão em plenário sobre o caso Banestado, mas há muito mais informaçoes no site do próprio senador em: http://www.robertorequiao.com.br/discurso-do-senador-requiao-sobre-o-caso-banestado/
    Prefere assistir? entao acesse o youtube https://www. youtube.com/watch?v=STrxqSA0p8E

  14. Luiza disse:

    Nao adianta, Brito. Transformaram o BR na República do Puteiro!
    E isso é reflexo direto do fato de se ter hoje um país inteiro prostrado e submetido a um pequeno juiz de 1° instancia, repito, 1° instancia!!!!
    Não há ministro da justiça, nao há suprema corte, nao há decência nem dignidade na imprensa e instituiçoes da justiça e polícia judiciária. Formou-se um conluio entre esse juiz e os demais citados acima para destruir um ex-presidente, destruir um único partido, derrubar o governo, destruir o país, a sua economia e o povo e direitos que se danem…É o Estado do arbítrio e exceçao. Ordens de quem?? É só pensar um pouquinho..
    A justiça brasileira perdeu a decência e a honradez, se é que é possível perder o que, talvez, nunca se tenha tido
    Porque se a lava jato e a justiça brasileira nao fossem partidárias e tivesssem,mesmo, decência e honestidade em combater a corrupçao, entao a maior investigaçao criminal do Braisl nao teria ficado IMPUNE por conveniente e escandalosa absolviçao sob o falso pretexto de falta de provas[provas cabais haviam] ou por presciçao pela conveniente enércia do MPF e PF em punir os envolvidos. Por que nao puniram?? Analise as “coincidencias” que voce entender, ah se vai…
    Coincidências criminosas interessantes:

    Crimes investigados: Desvio de dinheiro e Evasão de divisas; Valor apurado: 124 bilhoes de dólares[valor maior do que o BR tinha em reservas cambiais na época]; governo na época: PSDB, PMDB, PTB, PFL, AGORA DEM;

    Apurado nas investigaçoes – Destinatários Finais do dinheiro investigado: foram apontados que os destinatários finais do dinheiro envolvia a mais alta cúpula da política nacional, especialmente a políticos ligados ao PSDB dentre outros, e a alta cúpula do empresáriado da época; Operadores/Procuradores das contas investigadas: os principais doleiros, estes mesmos que estao na lava jato; Juiz do processo: a maioria dos processos foi presidido por Sergio Moro da Justiça Federal de Curitiba, o mesmo juiz da lava jato. Provas dos ilícitos: em diligências em NY/EUA, por quase 6 meses, com o axuílio do FBI e Ministerio Público local, foi quebrado o sigilos de 137 contas-corrente da extinta agencia do Banestado naquela cidade, que identificaram o nome dos destinatários finais e respectivos operadores/procuradores destas contas;

    Resultado do caso para a sociedade: a operação foi abafada e desmontada, sem a punição pelos responsávis pelos desvios; Resultado do caso para os operadore/procuradores das contas: 70 doleiros foram presos com alta repercussao midiática[igual a lava jato], inclusive Alberto Youssef, MAS sem nenhum efeito prático pois os tais crimes continuaram a ser praticados. Resultado para os destinatários finais das contas: Os processos geraram absolviçao por falta de provas[apesar da quebra de sigilo das contas indicarem os nomes dos destinatários] ou prescreveram por inércia da PF e do MPF[nao tiveram interesse em apurar?!]. Resultado para Youssef: foi indiciado ao menos 5 vezes mas só foi condenado em apenas 1![ele voltou a cometer os mesmos crimes e, agora, está na lava jato]

    Prefere ler? Estas informaçoes foram retiradas da transcição do discurso do Senador Roberto Requão em plenário sobre o caso Banestado, mas há muito mais informaçoes no site do próprio senador em: http://www.robertorequiao.com.br/discurso-do-senador-requiao-sobre-o-caso-banestado/

    • Luiza disse:

      Continuação: Se preferir assistir ao vídeo do caso Banestado com o Sen Roberto Requiao clamando pela reabertura do caso,já que a operação foi abafada e desmontada, sem a punição pelos responsávis pelos desvios. A omissao sobre esse caso é altamente seletiva e conveniente. Por que a justiça nao fez justiça? Será que é só porque tinha o políticos da alta cúpula do PSDB como destinatários finais das contas??O juiz que presidia a maioria dos processos era o Moro, por acaso..
      acesse https://www.youtube.com/watch?v=STrxqSA0p8E

    • Maria disse:

      Nunca expuseram os vendedores de sentença do Paraná.

  15. jossimar disse:

    Será que o PIG vai publicar quanto o Moro faturou nos últimos 8 anos?
    Provavelmente terá sido próximo a este valor. E o Moro é um funcionário público e não um bem sucedido advogado.

  16. Octavio disse:

    Interessante o comentário de Helio Ewerton. Olha, Helio no Brasil, pelo andar da carruagem, eu não sei se tem. Mas na Suíça com certeza. Que tal se terceirizássemos o MP suíço?

  17. Maria disse:

    Muito bem. Que feche Éporca de uma vez. O país ficará melhor informado.

  18. italo disse:

    Jornalismo que sucedeu a ditadura para perpetuar minorias sob gordas verbas públicas e informar maiorias que devemos chamar de liberdade de expressão e democracia.

  19. italo disse:

    Jornalismo que sucedeu a ditadura para perpetuar minorias sob gordas verbas públicas e informar maiorias que devemos chamar isso de liberdade de expressão e democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *