Na Lava jato, o corruptor é santo, quando delata

fria

De embrulhar o estômago a reportagem do Poder360 sobre a “dolce vita” do ex-diretor da Odebrecht Cláudio Mello Filho nos Estados Unidos.

Mello foi um dos principais intermediários da empresa para oferecer dinheiro a políticos e um dos convivas à mesa do Palácio do Jaburu onde foi sacramentada a “ajuda” de R$ 10 milhões a Michel Temer.

Ele pode, porém tirar fotos na neve nova-iorquina ou procurar lugares mais amenos, como o Islands of Adventure, na Flórida, onde também foi fotografado.

Marcelo Odebrecht está preso só para “não dar na pinta”, porque gente que fez o mesmo que ele, na cadeia de comando da corrupção, nem se encontra impedida de deixar o país e gastar, sabe lá, parte dos saborosos frutos da propina.

Leia um trecho da reportagem publicada originalmente no Drive, newsletter de Fernando Rodrigues, editor do Poder 360:

O ex-lobista da Odebrecht em Brasília Claudio Melo está sossegado. Na 2ª feira (9.jan) à tarde ele curtia a vida em Orlando, na Flórida (EUA). Estava no parque “Islands of Adventure”, da Universal Studios.

Antes de uma temporada na Flórida, com toda a família, Claudio Melo passou a virada de 2016 para 2017 em Nova York. O ex-lobista fechou sua conta no Instagram. Mas muita gente já havia copiado fotos recentes e também de 1 ano atrás –quando a Lava Jato já corria solta, mas o lobista era só alegria. Essa foto de janeiro de 2016 é a que está acima deste texto.

Comentários no Facebook

8 Respostas

  1. Fabiano disse:

    Se brincar ele se encontra com o Moro nos EUA pra tomar umas e se confraternizarem…Vide Gilmala.

  2. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    De provas o Moro não quer saber. Para os patetas de Curitiba o que põe na cadeia é powerpoint e “domínio do fato”. Dá-lhe, combatentes da corrupção. Tornozeleira é só para corrupto rico, que pode cumprir pena em praias do Nordeste. Viva a estupidez judiciária/midiática/golpistas.

  3. Roberto Monteiro disse:

    Esta é a gente diferenciada que os PATETAS GOLPISTAS celebram. A alegria dos patetas é acusar o Lula e a Dilma de qualquer coisa. É um bando de retardado.

  4. Jorge disse:

    Essa é a lava jato…

  5. hcc disse:

    Deve ser o combate a corrupção mais corrupto de todos os tempos. Nunca, em todos os tempos houve um combate tão corrupto. Os verdadeiros ladrões estão soltos, cheios da grana, com dinheirão lavado e livres como passarinhos. É incrível.

  6. Dinio disse:

    NÃO É LAVA A JATO, PESSOAL…É NEVE A JATO !

  7. Sérgio Rodrigues disse:

    Mídia anti-petista confunde a população sobre Petrobras

    Sérgio La-Rocque*

    Texto baseado na entrevista do ex-presidente da estatal, Sérgio Gabrielli, à Rádio Brasil Atual, em 10/02/2015.

    A imprensa corporativa não cumpre o seu papel e presta um desserviço ao confundir a população brasileira sobre a realidade da crise por que passa a empresa.

    Primeiro, tem uma posição pré-definida de condenação, a priori, de tudo. Segundo, não tem nenhum interesse em esclarecer as coisas. Tem mais confundido do que esclarecido. Terceiro, trabalhado, muito fortemente, confundindo problemas policiais e criminais com problemas de gestão e de economia. E quarto, tem um viés claramente partidário. Tudo o que se refere ao PT está condenado, independente do que seja.

    Há interesse em confundir e criar um clima, que é irreal, de que a Petrobras vive em um mar de lama.

    Os casos de corrupção, apontados por delatores no âmbito da operação Lava Jato, não compromete o modelo de gestão da empresa: Se se verificar, analisar e comparar o que tem sido divulgado da íntegra dos depoimentos nas duas delações premiadas, diga-se, de funcionários de carreira, constata-se que os procedimentos internos da Companhia foram seguidos e que, se houve corrupção, foi fora da mesma, na relação dos envolvidos com os fornecedores, e com os fornecedores dos fornecedores e doleiros, portanto, não tem nada a ver com a vida interna da Petrobras e suas diretrizes da gestão empresarial.

    No afã condenatório, a grande imprensa esquece do histórico de conquistas da empresa, com sucessivos recordes, e da sua importância para o setor de petróleo e gás no país, da grande descoberta do Pré-Sal e da política de expansão do conteúdo nacional, que viabiliza a expansão da cadeia de fornecedores, no Brasil, gerando emprego e renda para os brasileiros, no curto, médio e longo prazos.

    *Engº Químico/MBA.

  8. Caetano te acha burro disse:

    Desornesto e os demais jagunços estão misteriosamente ausentes na seção de comentários dessa matéria. Deve ser porque estão jogando confetes pro cagueta ladrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *