Mudem o nome da Corte, pois Supremo não é

gandaia

Nada mais definidor da pequenez alcançada pelo Supremo Tribunal Federal que o julgamento de ontem.

Cumpriu-se a primeira parte do que se disse ontem, cedo, aqui. Falta a segunda, na qual o Senado acoitará Aécio Neves.

Abstraindo-se o fato de que metade dos votos, pelo menos, a favor da não-cassação provisória de Aécio Neves – e tanto entre os que a sustentaram quanto aqueles que a ela se opuseram – foram dados não à tese de que o STF pode (ou não pode) cassar de ofício o exercício de um mandato parlamentar sem as constitucionais prisão em flagrante e sentença de culpa criminal apenas em função, para o bem e para o mal, da figura de Aécio Neves e sua plumagem tucana.

Fosse um petista, provavelmente os votos contrários a isso se resumiriam a Marco Aurélio Mello e a Ricardo Lewandowski.

O resto seguiria a miúda e rangente argumentação de Edson Fachin, uma alma cuja grandeza precisa de lupa para ser medida, aos argumentos pavoneados de Luiz Roberto Barroso, um homem que precisa de binóculos ao contrário para que se possa enxergar de todo o seu ego e à fúria outonal de Celso de Mello, um dócil que se torna valente diante do poder fraco que tem agora diante de si.

O que se pode dizer de um julgamento onde, sem passionalismos, só do voto de Gilmar Mendes se extrai algo de significativo contra o império judicial que se instalou neste país?

Embora ele mesmo seja um praticante disso, ao menos reconhece que o STF tem adotado “o direito constitucional da malandragem, que permite que a mesma norma sirva para uma e para outra situações diferentes.”

O final da sessão foi, com certeza – e olhe que acompanho, talvez por masoquismo, diversos julgamentos do TSE – foi coisa de dar vergonha a conchavos de movimento estudantil.

Empatada em cinco a cinco a decisão de se o Supremo precisaria submeter ao parlamento decisões que, na prática e por tempo indeterminado, significam a cassação do mandato eletivo -depois de um voto absolutamente arrogante de Celso de Mello, que teve como florão a frase “a Constituição é aquilo que o Supremo diz que é”, a Ministra Cármem Lúcia deu um voto “conta de chegar” completamente destituído de lógica.

Concordou com a submissão ao parlamento “apenas”  quanto à cassação expressa do mandato, mas não com as demais medidas: recolhimento noturno, proibição de entrar em locais onde pudesse pra ticar infrações (neste caso, óbvio, o Senado ) e proibição de falar com pessoas que o pudessem auxiliar (quem mais que os outros senadores e deputados?).

Quando um voto é desmontado pela inteligência paleozóica de um Alexandre de Moraes – “mas ministra, se a votação foi depois de seis da tarde, que mandato é esse onde ele não pode votar, porque está na hora de voltar pra cadeia noturna? – e pela fina ironia de Ricardo Lewandowski – é uma medida preventiva de “baladas”? – sinal de que se chegou ao fundo do poço.

Até o minúsculo Fachin, diante da afirmação de Carmem Lúcia de que concordava “em quase tudo” com seu voto, exceto na cassação formal do mandato, teve de dizer: ““O ponto de divergência de Vossa Excelência é o ponto central do meu voto, portanto sou voto vencido”.

A sorte é que Gilmar Mendes já tinha “dado nos calos”, porque senão teríamos assistido a um esmagamento deplorável da frágil senhora que preside a Corte.

Chegou-se, afinal, a um “voto médio” – curiosíssimo em matéria constitucional – de que não precisar-se-ia submeter ao parlamento qualquer medida restritiva que não afetasse, direta ou indiretamente o exercício do mandato. Isto é, qualquer uma.

Assistiu-se, ontem, à emenda trágica do soneto mal escrito de um Supremo que se acovardou diante do poder e do dever de ter decretado a prisão em flagrante de Aécio Neves – que várias vezes foi justificado na base do “prendemos os cúmplices, não poderíamos de fazer “alguma coisinha” com o mandante, como se o mandante não merecesse a mesma ou mais severa prisão que se impôs aos que executaram  suas ordens.

Diante de um Supremo desta confusa mediocridade, mais próximo de uma discussão de botequim que de uma corte constitucional, não é de estranhar que um juiz temerário e decidido como Sérgio Moro atropele e reduza à condição de carimbadores de suas decisões.

Temos uma geração de governantes, parlamentares e magistrados que não tem princípios, pensamentos graúdos e fidelidade á Constituição. Apenas, como coelhos, praticam os arranjos da sua rasteira esperteza.

Pobre Brasil.

contrib1

Comentários no Facebook

41 Respostas

  1. Messias Franca de Macedo disse:

    …. Desde o voto do relator [edson] ‘sFACHINhador’ até o enfeixar da “suprema tibieza” Cármen (IN)Lúcida, toda a pantomina para salvar o ‘Mineirinho’ explica o nome: STFede!

  2. gutierrez lhamas coelho disse:

    Texto primoroso, com o qual concordo integralmente. O STF já foi além do simples acovardamento, alcançou o nível máximo de ignomínia. Sob a presidência da Carmen Lucia não passa de uma entidade cara e literalmente inútil, cuja atividade fim é jogar a justiça para debaixo do tapete, curvando-se à mais rasteira política.

  3. MARILIA FONSECA disse:

    Fiquei “boquiaberta” com a fraqueza argumentativa e discursiva da presidenta do tribunal que dizem ser supremo. Deus me livre de precisar da justiça brasileira.

  4. renato arthur disse:

    Coragem na vida é a principal virtude pois ela garante as demais assim como caráter. Quando se é pusilâmine, um acovardado se morre todos os dias. Essa classe dirigente que se adonou do país, esse judiciário (Moro, stf), esses políticos comprados , essa casta de jornalistas , são zumbis e já morreram, sobrevivem agarrado ao golpe que perpetraram , para eles tudo se resume a dinheiro, conchavos e espertezas. Nós não viemos a esse mundo para ser isto que eles representam, o Brasil um dia será uma nação digna e estas personagens desprezíveis serão parâmetros para que os educadores dizerem as crianças do que não se deve ser, por isso acredito que a história do Brasil é uma disciplina que deveria ser ensinada todos os dias nas escolas.

  5. Romulus disse:

    ???? STF vs. SENADO: JÁ TEMOS O PLACAR DO EMBATE – DECIFRADO!

    <>

    LEIA MAIS » http://bit.ly/STFxSenado

  6. Messias Franca de Macedo disse:

    COLUNISTA DA GLOBO ENTERRA A (IN)LÚCIDA NA VALA COMUM DO ‘mor(T)o’!

    ***

    Colunista da Globo diz que Cármen Lúcia matou a Lava Jato

    Para o jornalista Helio Gurovitz, o voto da presidente do STF no julgamento sobre punição a parlamentares, que decidiu a votação, “foi uma das exposições mais vacilantes e obscuras no conteúdo jurídico – e mais claras na sujeição à pressão política. Cheio hesitações, vaivéns e argumentos convolutos, lembrou uma daquelas figuras fractais cujo comprimento tende ao infinito e cuja área – ou substância – tende a zero”

    12/10/2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/322059/Colunista-da-Globo-diz-que-C%C3%A1rmen-L%C3%BAcia-matou-a-Lava-Jato.htm

    • Messias Franca de Macedo disse:

      Tentativa de Cármen Lúcia de conciliar posições divergentes vira alvo de crítica no Supremo
      POR PAINEL
      Porque és morno… A tentativa da presidente do STF, Cármen Lúcia, de contemplar aspectos divergentes em seu voto foi alvo de críticas generalizadas. Foi por buscar solução ambígua, disseram integrantes do tribunal, que ela acabou intensamente pressionada a explicitar que ala, de fato, sairia vencedora.
      Teus sinais O fato de a ministra ter delegado ao colega Celso de Mello a proclamação do voto e de ter feito reparos à própria fala foram apontados como indícios de seu desconforto. No STF, os mais incisivos disseram que ela abdicou da condução da sessão.
      12/10/2017

      FONTE: http://painel.blogfolha.uol.com.br/2017/10/12/tentativa-de-carmen-lucia-de-conciliar-posicoes-divergentes-vira-alvo-de-critica-no-supremo/

  7. José Carlos disse:

    … cara depois que eu ouvi o “urubu decano celso de mello” (assim mesmo) enaltecer a trajetória do tribunal (de pequenas causas) como de defensor inabalável da constituição, correndo riscos se preciso for desde “antanho”, gostaria de lembra-lo que não faz muito tempo os milicos (1968) aumentaram o número de “urubus” de 12 para 18, para impor sua vontade, e o que fizeram os “urubus, incluindo o urubu-rei”, ficaram calados como sempre; preocuparam se em atender a vontade dos milicos, ainda não descobri para que serve esta “enganação”…

  8. Tereza disse:

    Só nos restou o povo mineiro para tirar esse crápula da vida política.nao reelejam esse canalha,ladrao pra mais nada.essa suprema bosta é comandado por Gilmar qdo interessa livrar a cara de seus amigos.d.carmem só pra frases de efeito.

  9. Ivonete disse:

    Receita de Frango supremo (Parece bom, colhi aleatoriamente no google)

    Ingredientes
    4 peitos de frango
    2 dentes de alho amassados
    1/2 copo americano de vinho branco seco
    alecrim fresco à gosto
    8 gotas de molho de pimenta tradicional D’Ajuda
    3 colheres de sopa de azeite extra virgem
    linguiça defumada fina
    sal á gosto
    Molho Taré Mitsuwa oriental à gosto para besuntar

    Modo de fazer
    Com uma faca faça um corte no meio de cada metade de cada peito, mas sem furar a outra extremidade.
    Faça uma vinha d’alhos com o vinho, sal, alecrim, o molho de pimenta, azeite e o alho. Coloque os filés nesta marinada (regue tb. por dentro dos filés) e deixe por umas 2 horas. Passado esse tempo, peque cada filé e coloque um pedaço da linguiça fina em cada buraco dos peitos e feche com palitos.
    Coloque azeite numa frigideira e vá virando até dourar.
    Pegue uma refratário, coloque os filés junto com a marinada e leve ao forno a 200º, coberto com papel laminado. (vá regando de vez em quando) Quando os filés estiverem cozidos, retire o papel laminado e besunte com Molho Taré Mitsuwa oriental. Leve o refratário e novo ao forno por uns 10 minutos.

  10. maria do carmo disse:

    Enquanto isso, Temer O Monstro, continua dilapidando o Brasil. CANALHA1 CANALHA! CANALHA! Temer o chefe da Orcri, com seus ministros criminosos, juntamente com deputados venais, cada estado devem alertar os eleitores, desses deputados que sao contra o Brasil, contra sociedade e principalmente contra os trabalhadores, Temer e o Canalha Mor, em pouco mais de um ano, esta acabando com o Brasil, sendo que um dos grandes responsaveis e o Aecio, vergonha, juiz, descarado que nao se considera impedido, a constituicao desrreipetada por todos os poderes, 1 trilhao perdido no pre sal ( a troco de nada que nao e com essa gangue especialista em falcatruas ), caoz total, temos que nos manifestar ir as ruas, deixarmos de ser analfabetos politicos, estamos retrocedendo 200 anos, Manifestacao Ja, classe media que pensa que e elite, manipulada pela elite experta, e pior classe media baixa que atira nos pes por ignorancia, Acordem Brasileiros, vai chegar no bolso de todos, vao ficar 500 trilionarios, 1000 bilionarios e o resto da populacao rastejante, esta na hora de derrubar Temer, e moralizar os poderes, so o povo consegue, MANIFEESTACAO JA!

  11. Alberto Mor disse:

    Parabéns pelas palavras. É isso mesmo. Assino embaixo. Depois recriminam as gravações ilegais do Lula, feitas com o apoio do STF pelo Mussolini paranaense. O Supremo está de quatro. Está sim. E mais: sou mais a CCJ da Câmara hoje, mais respeitável, do que o Supremo de hoje. Golpistas! A história fará justiça a esse bando de juízes parciais.

  12. nito disse:

    Que beleza! De agora em diante para um sujeito ser preso é preciso o aval da família. E cosí la nave vá.

  13. Messias Franca de Macedo disse:

    [DEMoTucano] Mineirinho canta para os(as) “supremos(as)” do STFede!
    Malandro é malandro e mané é mané

    https://www.youtube.com/watch?v=J758GW3Bl58

  14. Messias Franca de Macedo disse:

    “supremo grelo duro” somente para manter presos os inocentes José Dirceu, João Vaccari Neto, Henrique Pizzolato, Almirante Othon…

    https://ogimg.infoglobo.com.br/in/20096262-ef1-2aa/FT1086A/420/201609121555357085.jpg.pagespeed.ce.-Fh_y8AbvY.jpg

  15. Antonio de Moura Nunes Neto - Advogado disse:

    A sra. Cármem Lúcia será lembrada pela pequenez de suas atitudes. Melhor dizendo: será ESQUECIDA POR ISSO TAMBÉM.

  16. luka disse:

    O mundo dá voltas. Aquela que um dia dava lições de moral a Dilma, que a colocou ali, e se pavoneava na imprensa , agora é exposta pela mesma mídia, e de modo unanime, como alguém incapaz de estar no cargo. É humilhação pública de sua capacidade intelectual.
    Se há culpa em Dilma é escolher uma jurista sem qualidade técnica para o posto mais alto.

  17. cunha e silva disse:

    Agora imaginemos se o senado não tem a prerrogativa de aceitar as denúncias para ” empicha los ” . Tudo seria diferente .

  18. Luiz Mattos disse:

    DE QUE NOS SERVE UMA CORTE SUPREMA QUE NÃO CUIDA DA CONSTITUIÇÃO,NÃO PRESERVA OS DIREITOS E GARANTIAS INDIVIDUAIS?DE QUE NOS SERVE UMA FORÇAS ARMADAS QUE NÃO PROTEGEM A SOBERANIA NACIONAL E NÃO PRESERVA SUAS RIQUEZAS NATURAIS?BASTAVA DIZER NÃO MAS FICAM DE QUATRO EXPONDO SUAS BUNDAS BRANCAS E FLÁCIDAS OS IDOSOS GENERAIS A ESPERA DA PICA NORTE AMERICANA A LHES ARROMBAR O CU E O CU DA NAÇÃO. MELHOR SERIA SE ESTAS INSTITUIÇÕES NÃO EXISTISSEM,SÃO ONEROSAS,IMPRODUTIVAS,TRAEM AOS IDEAIS PELOS QUAIS FORAM CRIADAS E ATERRORIZAM O POVO.

    • Messias Franca de Macedo disse:

      … A *Globo escarra nas “Forças Armadas dos Estado$ Unido$ do ‘braZ$&L'”!
      E o TCU?
      Um covil de políticos bandidos de pijamas sustentados pelo erário!
      *Uma Organização MafioCriminosa a serviço da destruição do Brasil

      $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

      GLOBO USA CASO PASADENA PARA PREGAR PRIVATIZAÇÃO SELVAGEM DA PETROBRAS

      A inusitada decisão do Tribunal de Contas da União de determinar o bloqueio dos bens da presidente deposta Dilma Rousseff pelo caso Pasadena serve a um objetivo diretamente vinculado ao golpe de 2016: acelerar o feirão que vem sendo promovido por Pedro Parente, à frente da estatal; “Agora é necessário manter e se possível acelerar o ritmo de privatizações das atividades não fundamentais ao futuro da Petrobras”, diz o jornal O Globo, de João Roberto Marinho, em editorial; ou seja: enquanto Dilma é punida por uma operação recomendada por parecer do Citibank e aprovada pelos conselheiros privados da estatal, Parente vende tudo e faz transações bilionárias, na bacia das almas, sem ser incomodado

      12/10/2017

      (…)

      FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/economia/322060/Globo-usa-caso-Pasadena-para-pregar-privatiza%C3%A7%C3%A3o-selvagem-da-Petrobras.htm

  19. Rui disse:

    Desligaram o sensor da decência e da dignidade. Os maus políticos venceram e impuseram suas vontades sobre os acovardados do STF. Lula tinha cem por cento de razão quando disse que o STF estava acovardado. E lembrar que quando o Moro divulgou ilegalmente e propositadamente aquela conversa gravada do Lula, os coxinhas por causa disso foram as ruas bater suas panelas inúteis que a nada levou. É lamentável mas tudo isso aconteceu no meu Brasil varonil.

  20. Tissó Kavara disse:

    O Supremo aputou!

    Parece que ser tucano no Brasil é igual ser vaca na Índia.

    Depois ainda tem gente, incluindo o dileto blogueiro, que diz ser Bolsonaro o mal.

    • salvador disse:

      Como é? Eu tô lendo direito? O eleitor de Aécio tá falando mal de tucanos? E a pergunta que não quer calar é: o que que tem a ver a pequenez do supremo com a psicopatia de bolson?

  21. Rui disse:

    A pergunta que não quer calar. Para que serve o STF. Decidiu que quem deve fazer justiça são os santos do Congresso Nacional. Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós.

  22. Patrice L disse:

    Gilmar, que é, ele mesmo, um grande manipulador e heavy user da justiça à la carte, haja visto os incontáveis anos de proteção aos seus aliados e ataques ao PT, agora se vê na contingência de remeter a atual situação do judiciário ao que ela é mesmo: um Estado policial sem limites, atuando em consórcio com e sob o patronato da mídia monopolista e aonde há que se buscar a verdade em meio a tantas manipulações e distorções. A ressalvar que ele tente passar como pobres vítimas inocentes os seus amiguinhos políticos corruptos contra quem há muitas e inegáveis provas – e não exatamente meras suspeitas desprovidas de base fática. Mas esse é o Gilmar de sempre.

  23. Patrice L disse:

    Nos finalmentes, o quem tem que rolar é isso aqui:

    1) O STF julga e condena o Aécio dentro do devido processo legal (e, ao final do qual, espera-se o Aécio seja preso!)

    2) O Senado cassa o mandato do Aécio (uma vergonha se não o fizer! e é pra já!)

    • Patrice L disse:

      Uma vez cassado, que o processo siga para a devida instância.

      O que não pode é nada acontecer com este ser corrupto já de muitas outras histórias de malfeitos!

  24. Lauri Guerra disse:

    Nisso tudo há um lado positivo.
    Fica cada vez mais evidente para um número cada vez maior de pessoas que o pior dos poderes da república é o judiciário. E isso desde sempre. Aliás o judiciário e seus apêndices, como polícias (todas elas) e procuradorias.
    A elite escravocrata, predatória e subserviente ao imperialismo precipitou a ruptura do pacto social costurado na redemocratização. E o aparato policial judicial foi a carta da manga que sempre resguardaram do desgaste e do qual tiveram que lançar mão.
    Na restauração democrática não haverá espaço para conciliação nem para vacilação e a faxina do aparato policial judicial é imperativo, a começar pela dissolução do stf na sua forma atual. E a partir dali fazer-se a faxina, pela punição ao arbítrio e atropelos à constituição praticados por aqueles que investidos do poder policial ou judicial o usurparam.

  25. Ruy Mauricio de Lima e Silva Neto disse:

    Esse tal de Messias faz 300 intervenções e vocês publicam todas, com as quais, de uma maneira geral, eu concordo. Eu dou um testemunho sentido e desalentado desta maravilhosa realidade e vocês me cortam. Eu vivi a porra de 64 como estudante e nunca imaginei que assistiria de novo a tal estupro após tantos anos de distância. Pois vocês me cortam meu testemunho. Então, quer saber de uma coisa? Vão se fuder.

    É bem capaz desta vocês publicarem para demonstrar como são “democráticos”.

  26. Eva Angélica disse:

    O escárnio e o cinismo fizeram uma combinação…

  27. Carlos disse:

    A nossa constituição nunca foi tão vilipendiada por uma instituição chamada Supremo, diante do exposto só uma sugestão criação do poder de notáveis, é uma reforma do judiciário, e revisão constitucional, não a nomeação de ministros pelo executivo, e pelo legislativo, seria a forma do que acontece com a eleição da OAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *