Morre Carlos Araújo, sempre companheiro de Dilma Rousseff

araujo

Ex-marido e sempre companheiro de lutas de Dilma Rousseff, morreu esta madrugada, aos 79 anos, o advogado trabalhista e ex-deputado Carlos Araújo, no Hospital São Francisco, do Complexo Hospitalar Santa Casa, em Porto Alegre.

Carlos Franklin Paixão de Araújo, cuja saúde há bastante tempo tinha problemas, fez parte, junto com a ex-presidenta, do grupo oriundo da resistência armada à ditadura , conheceu Dilma em 1969, pouco antes de serem presos pelo regime militar.

Ambos foram barbaramente torturados e Araújo chegou a tentar o suicídio para não “entregar” companheiros.

Anos depois, libertados, entraram juntos no PDT e ele se tornou um dos deputados mais votados do partido no Rio Grande do Sul.

Em 2000 afastou-se da política parlamentar  – da política, nunca se afastou , com longas conversas e articulações na austera varanda de sua casa, à beira do Guaíba – e voltou a tocar seu escritório de advocacia trabalhista.

Discreto, e desde que Dilma passou a exercer cargos de relevo – os dois se separaram nos anos 90, mas mantiveram sempre as relações de amizade – passou a ser mais reservado ainda. Foram raras as suas manifestações públicas. Uma delas, um entrevista a Luis Nassif, no Brasilianas, que reproduzo abaixo.

Araújo saiu ontem da UTI, para morrer no quarto, em companhia de amigos e da família. Deixa Paula, sua filha com Dilma Rousseff e Gabriel, seu neto, e os filhos Leandro e Rodrigo.

Comentários no Facebook

17 Respostas

  1. Elena Osawa disse:

    Triste, muito triste essa notícia. Pela sua história, que não será esquecida, e pela sua luta, que começou lá na década de 60, te agradecemos por tudo que fez pelo país.

  2. maria nadiê rodrigues disse:

    Acho bonito e importante, sobretudo para os descendentes, pessoas se separarem e manterem um relacionamento harmonioso. Ao conhecer um pouco da história de Dilma quando ela se fez Presidente, foi isso um dos pontos mais positivos que vi nela. E não foram poucas suas demonstrações de atenção e carinho pra com seu ex-companheiro de guerra e de cama.
    Embora com morte previsível, morte é morte, e sempre deixa um rastro de muita tristeza e saudade para os que ficam.
    Meus sentimentos à família, e paz e luz para Carlos Araújo.

  3. anac disse:

    Meu pêsames, a família. Brasil cada vez mais pobre.

    Que ele nos ajude em espirito nessa difícil caminhada que teremos na terra brasilis para tentar recuperar o país das garras dos canalhas, canalhas, canalhas, royalties para Tancredo Neves.

  4. renato arthur disse:

    Sempre admirei aquela juventude dos anos 70 que lutavam contra uma ditadura violenta, sacrificando a sua vida que ainda desbrotava por uma causa em defesa de um país justo , democrata e igualitário. Carlos Araujo e Dilma Rousseff fazem parte desses seres especiais que serão sempre heróis e admirados nesse país tão injusto e com uma elite tão vil , repugnante e covarde.

  5. Rui disse:

    Mais um companheiro de luta de esquerda que se vai e deixa sua inscrição no livro dos que sonharam e pelearam por uma vida mais justa e digna para todos. Será sempre lembrado como um cidadão do bem e que não calou diante da hipocrisia da politicagem vendida e barata. Que de onde estiver junto com Getúlio, Jango, Brizola e tantos outros que tentaram construir esta nação dos menos desiguais, possa continuar nos iluminando e inspirando a continuar a busca de um amanhã melhor e feliz para todos independente de classe, raça, posição social, ou seja lá o que for. Sigamos em frente com mais este reforço do além para a nossa luta e que seja vitoriosa em breve.

  6. Antônio Vostras disse:

    Esse não cometeu diversos crimes?

    • Marilda Campos disse:

      Não. “Esse” se insurgiu contra uma ditadura feroz que destituiu um presidente legitimo, perseguiu opositores, prendeu, torturou, assassinou e desapareceu com os corpos. “Esse” tem nome: Carlos Araújo, homem discreto, político respeitável, advogado trabalhista, ser humano ímpar. Herói brasileiro.

  7. Messias Franca de Macedo disse:

    Os grandes e honrados homens estão morrendo – e justamente no momento em que nós mais precisamos deles!
    Até logo, doutor e grande guerreiro Carlos Franklin Paixão de Araújo!
    Iluminada referência!
    Até a vitória sempre!

  8. Maria Rita disse:

    A entrevista de Carlos Araújo é uma grande aula de história e de política especialmente. Uma história que os golpistas estão constantemente tentando interromper e apagar. A morte é menos cruel, ela não apaga a história, embora leve com ela nossos historiadores e personagens nobres de nossa trajetória. A morte sabe que fica a Memória. Minha homenagem a Carlos Araújo.

  9. Ulan Bator disse:

    É uma perda lamentável no momento em que as trevas mais espessas se espalham pela América do Sul, lamentável quadra da história , sobretudo para homens e mulheres que , sob baionetas assassinas, enfrentaram o arbítrio num sonho impossível, fazer daqui, disso aqui, um lugar decente para todos.

    Quando um imbecil, um escroque, um pedaço de LIXO da história humana, aproveita a bondade de Fernando Brito, para aqui , neste espaço, vir fazer ilações acerca da conduta de um homem, que pela história , deveria estar no Panteão de Heróis da Pátria, tenho a nítida certeza que somente um banho de sangue pode salvar esta Nação.

    Salva-la de LIXOS como o imbecil acima, como o LIXO evangelicida que se espalha como vírus letal da inteligência desse País, como os atrozes lambe-botas do Império do Norte ( e do Mal ) como Aluysio Nunes ( o mais desqualificado chanceler da história ) e como os abjetos entreguistas das riquezas e de nossa soberania – José Serra e Pedro Parente.

    Por fim, deixo registrado, que coube a um dos mais reacionários políticos mexicanos , Vicente Fox, defender com veemência a América Latina do belicismo do Donald Trump , mostrando de forma inequívoca que ser de direita e conservador jamais se confunde com ser uma nulidade no mundo. Mas aqui nossa nulidade, quando não está ocupada em lamber o saco dos poderosos do Norte labora na roubalheira dos tucanos.

  10. Zoé Brasileira disse:

    O grande companheiro da Dilma ficará junto dela para sempre. Que sua presença continue a lhe dar forças. Salut Carlos Araújo, aprendi muito nessa linda entrevista sobre tua luta nesse Brasil tortuoso. Obrigado.
    .

  11. Helio Gomes disse:

    “Complexo Hospitalar Santa Casa”… porque não ficou internado no SUS??? Ué, não é lá que está o povão… Complexo Hospitalar Santa Casa é coisa de elite, burguês. Êta povinho pobretão. Cabeça fraca. Nada de trabalhar, apenas invejando aquilo que os outros tem demais. Não adianta Ptzada… você podem tirar tudo das elites, mas JAMAIS terão classe com essa cara suja de vocês…

  12. Brilhante Ustra disse:

    Um grande perda… Pena que ele não vai estar vivo para ver a posse do Bolsonaro/2019… Realmente uma grande pena :-(

  13. Ciganinha disse:

    A pergunta para David Marques:Qual o seu conceito sobre o Temer e o Cunha?

  14. Ciganinha disse:

    Que dó da Dilma.Perdeu seu porto seguro,agora vai se sentir muita falta. Que Deus a proteja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *