Miriam Leitão diz que Temer “abandonou” reforma da Previdência

amarildoidade

Visivelmente irritada, a colunista Miriam Leitão, disse hoje, em seu comentário na CBN, que MIchel Temer começa a abandonar a palavra “reforma” da Previdência.

O presidente jogou a toalha, praticamente. Isso enfraquece o projeto. Vai tocar a reforma para dizer que fez. A senha foi dada. Os grupos de interesse pressionarão para que nada mude. Temer saiu enfraquecido da votação da denúncia, na semana passada. Ele está vulnerável a esse tipo de pressão.  

Segundo ela, as mudanças seriam “para inglês ver”, com mudanças quase que exclusivamente na idade mínima para requerer o benefício, partindo de 54 anos e que “só chegará aos 65 para homens e 62 para mulheres após uma prolongada transição”.

Como dito aqui antes, o resultado disto sobre o déficit será zero ou até negativo, se provocar uma aceleração nos pedidos de aposentadoria de quem tem os requisitos mínimos cumpridos e não vai ficar esperando a sorte de não ser atingido por mudanças que ainda possam acontecer, tanto na votação da Câmara quanto na do Senado.

O mais significativo, porém, são os elogios de Leitão a Rodrigo Maia, que quer – ou finge que quer – bater o pé na manutenção de um projeto mais “duro” com os trabalhadores .

Ao longo do dia, vou reunir a este outros indícios de que se esboça algo pior do que o “Fica, Temer”.

A turma do “foi pouco”.

Comentários no Facebook

13 Respostas

  1. jose carlos vieira filho disse:

    é fantástica a eficiência dos donos do país. em um ano conseguiram destruí-lo.
    o Macri, em um país muito menor, com mais tempo, ainda está na metade do caminho.

  2. beth disse:

    E assim segue o “golpe no golpe entre golpes”. A Globo abandonou Temer porque o mercado, esse ente todo-poderoso que exprime a vontade dos mega especuladores nacionais e internacionais, resolveu jogar sua estratégia de bola dividida. Nos editoriais tipo estadão e falha de sp, segue patrocinando a versão “low profile” que mantém Temer e pressiona por roubos diários contra os cofres públicos. Na Globo, o mercado aposta mais no “atacado” e age como num monster truck: tenta derrubar o figurão central para substituí-lo por outro peão e assegurar maior eficiência à meta de destruir o INSS. Esse jogo é arriscado porque o centrão cobra caro e os “amigos” no Judiciário idem. E assim vão sentindo o sabor dos ventos para conseguir o máximo lucro em todas as frentes. É quase como se fizessem, todos os dias, um “overshooting” da presidência, ganhando sempre. Seja nos contratos do mercado a vista, seja no mercado futuro. A imprensa, é claro, funciona apenas como de hábito: ferramenta de manipulação da opinião pública e de pressão política nesse jogo. Nem sócios do golpe podem ser chamados, os editorialistas, leitões e outros que tais porque são apenas mão de obra de terceira linha terceirizada pelo mercado. Obedecem a quem paga, simples assim.

  3. Carlos roberto disse:

    Miriam Leitão quantas vezes você iniciou sua jornada de trabalho conduzindo um ônibus por volta das 3h30min e terminou 15h00 como apenas 30 min para refeição?
    Miriam você é o que há de pior em comentário econômico e social , você Miriam reflete apenas o comentário de seus patrões Miriam você é um desastre econômico

    • Israel Just da Rocha Pita disse:

      Carlos Roberto, se esta égua administrasse uma empresa ela já estava quebrada, pois sendo ela uma rentista não sabe administrar nada. Ela não tem noção do que é o capital produtor ela só sabe do capital rentista, por isto o louvor ao rentismo (o tal mercado)

  4. Joaquim disse:

    Essa miriam leitoa não passa de uma vaca arrombada vai tomas no cu leitoa chupa rola dos marinhos

    • Carlos Roberto disse:

      Não acho que Miriam seja uma vaca, mas tenho certeza que ela trabalha e ganha para atender e fomentar o interesse de Banco, Patrão , aliás, não é também uma questão de … dos marinhos, entenda Miriam atua e ganha todas as vezes em que ela logra êxito em prejudicar o trabalhador e o povo, Miriam é remunerada para destruir o povo brasileiro e seu patrimônio, seus comentários diários na rádio que troca a notícia não deixa margem a dúvida ela deseja acabar com o povo e o patrimônio do Brasil.

  5. Irion disse:

    Otimo! Valeu ter permanecido, então! Afinal, a demolição da Previdência é agenda da corrupta Rede Golpe, e não do povo, que a rejeitou nas urnas!

  6. betinho disse:

    Primeiro, a Previdência Social é SUPERAVITÁRIA! Inclusive , recentemente uma CPI comprovou isso!
    Segundo, essa Miriam PORCÃO é somente uma das porta-vozes do “Mercado” (lê-se: Elite Financeira).
    Trabalhador que se preze não tem nem q assistir a essa tralha , quanto mais dar ouvido a ela.

  7. Welington disse:

    A Miriam e outros idiotas que ganham $ pra ficar nas redes sociais eu entendo. O que não entendo são os trabalhadores votar na direita. Isso é de doer.

  8. Jairo disse:

    Muitos comércios de uma grande avenida com portas fechadas.
    Desastre.
    Fora temer, fora todos eles.

  9. Jota disse:

    Estudo mostra que, todos os anos, 33% das contribuições previdenciárias do trabalhador não entram nos cofres do INSS
    https://www.brasildefato.com.br/2017/08/07/sonegacao-e-inadimplencia-equivalem-a-um-terco-do-deficit-da-previdencia/

  10. carlos damarindo disse:

    Esta comentarista que não costumo pronunciar o nome, é maquiavelica e lobista segue a ordem do capital, é empregada do PIG, na era Lula ela se recusava comentar o crescimento economico e social do Brasil, por tanto é um ser desprezivel, vale ver novamente nas redes sociais a entrevista que teve com o golpista temer, por tanto sua fundamentação economica é decorada pois precisa de emprego como nós todos mortais,

  11. Guilherme disse:

    Esse papo de reforma da previdência me lembra a lorota dos tempos de FHC, em que a privatização era “para diminuir a dívida pública”.

    Os serviços públicos continuarão piorando e os impostos serão cada vez mais regressivos. Tenho como exemplo o faxineiro de meu prédio que desconta IR na fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *