Miriam Leitão admite que desastre não veio. Mas virá, calma, diz ela

Depois do fiasco da “explosão inflacionária”, agora é a vez de Miriam Leitão ter de admitir, também, que a apregoada retração da economia, prevista diariamente por ela e por outras cassandras do jornalismo econômico não vai, igualmente, acontecer.

Na sua coluna de hoje, a musa do neoliberalismo entrega os pontos e admite que o PIB do segundo trimestre – cujo resultado sai no final do mês – vai ser acima das expectativas e chegar a 1% sobre o anterior, o que levaria a taxa de crescimento da economia, em termos anuais, a 4%.

O número que previra o insuspeito economista Francisco Lopes, há 20 dias, num artigo do Valor, que se iniciava com um pedido para que não fosse visto como piada pelos talibãs do jornalismo econômico.

A fonte do crescimento será, segundo preveem as fontes de  de Leitão, a indústria  e o investimento, não o maldito consumo popular.

Pudera, com o presidente do BC, Alexandre Tombini, tendo passado – embora eu ache que volta logo – para o lado de lá, o do jurismo militante, daí é que não poderia vir.

O crescimento é ainda mais significativo porque se deu abaixo de uma tempestade de pessimismo veiculado pela mídia, que apresentava o Brasil na ante-sala do caos político e econômico.

Ela mesma admite o chabu de suas previsões:

“Ninguém duvida que o governo vai comemorar como prova de que todos os alertas e críticas foram equivocados.”

Mas ela não desiste, só adia o mau agouro: vem aí um terceiro trimestre desastroso! Aliás, O Globo continua de pé pela pátria agourenta: diz que o crescimento do IBC-Br, índice do Banco Central, veio “abaixo das expectativas de mercado”: crescimento de 1,13% em junho contra uma previsão do mercado de 1,2%. Sete centésimos de centésimo! Esse pessoal devia jogar na Mega-sena.

É por isso que Miriam insiste, não desiste do catastrofismo.

“Os primeiros sinais do terceiro tri são de que será o pior período do ano.”

O fundamentalismo neoliberal é uma proeza!

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

20 Respostas

  1. Antonio Lima disse:

    Essa mulher feia e mal comida é revoltada com tudo.

  2. ela deveria ser chamada Miriam urubu, leitao da sensaçao de fartura, coisa que ela nao prega, sua pregaçao chega a ser patetica, na eleiçao presidencial Dilma deu uma aula de economia, ela fica irada com isso.

  3. Marisa Amaral disse:

    Mirian Leitão mais parece a bruxa má das histórias infantis, tenta fazer de tudo para que nada dê certo, mas sempre há um final feliz… O céu econômico/financeiro conspira contra ela.

  4. Mirian Leitão, ALexandre Garcia e outros jornalistas desse nipe, pensam que governam o Brasil.

  5. JM Pimentel disse:

    Míriam Leitão precisa de SEXO! Quem tem coragem?

  6. JM Pimentel disse:

    Míriam Leitão precisa de SEXO! Quem tem coragem?

  7. Antonio Lima disse:

    Essa mulher feia e mal … é revoltada com tudo.

  8. Miriasinha e os outros paus mandados, este não é o GOVERNO do FERNANDO HENRIQUE, e sim da DILMA, nesse vocês não metem a colher, VAI A MERDA!!!!!!!

  9. Miriasinha e os outros paus mandados, este não é o GOVERNO do FERNANDO HENRIQUE, e sim da DILMA, nesse vocês não metem a colher, VAI A MERDA!!!!!!!

  10. A Mirian Leitão será curada com uma intensa e longa terapia sexual. Quem se habilita ser o fisioterapeuta dela?

  11. A Mirian Leitão será curada com uma intensa e longa terapia sexual. Quem se habilita ser o fisioterapeuta dela?

  12. Gorda, feia e burra , é o que ela é, de fato.

  13. Gorda, feia e burra , é o que ela é, de fato.

  14. A Mirian Leitão será curada com uma intensa e longa terapia sexual. Quem se habilita ser o fisioterapeuta dela?

  15. A Mirian Leitão será curada com uma intensa e longa terapia sexual. Quem se habilita ser o fisioterapeuta dela?

  16. A Mirian Leitão será curada com uma intensa e longa terapia sexual. Quem se habilita ser o fisioterapeuta dela?

  17. Erik Krool disse:

    Essa não vale nada nem “A Pururuca”

  18. Erik Krool disse:

    Essa não vale nada nem “A Pururuca”

  19. Erik Krool disse:

    Essa não vale nada nem “A Pururuca”

  20. Erik Krool disse:

    Essa não vale nada nem “A Pururuca”