Malafaia e Cantanhêde decretam: é Dória

CHUCHUNOCHAO

Eliane Cantenhêde, no Estadão, e Silas Malafaia, na Folha, decretam: é João Dória o tucano que irá para as urnas em 2018.

A colunista especializada na “massa cheirosa|” cita pesquisas que dão a Dória o triplo da preferência entre os eleitores tucanos.

Já o escandaloso pastor sai em defesa do prefeito com a “denúncia” de que “agentes de Bolsonaro” estariam tentando desestabilizá-lo com “notícias”  de que, por exemplo, iria promover a “islamização” do Brasil.

É coisa de fazer duvidar da sanidade mental de quem a faz e até  Bolsonaro suspeita que é o contrário, uma manobra “dorianista” para indispô-lo com o fanatismo cibernético.

“Tem seguidor que é de outro lado e planta notícia para tentar me bater de frente com A, B ou C. Não entro nessa.”

Bolsonaro é fascistão, mas não é bobo de cair no “joga ovo” de Dória: sabe que ele não existe fora de São Pauloe dos salões de elites onde São Paulo se projeta pelo Brasil.

Alckmin já é tratado como carta fora do baralho.

laurodoriaRecomenda-se, porém, que não o humilhem mais.

Mesmo arruinado eleitoralmente, ele pode bater pé na candidatura apenas até se esgotarem os prazos fatais para Doria.

A propósito, os valentes procuradores da República que descobrem “caixa 2” na campanha de todo mundo leram a notinha do Lauro Jardim dizendo que Dória está recebendo gordas doações da “turma da bufunfa”?

Como o amigo de Moro “não vem ao caso”?

Comentários no Facebook

17 Respostas

  1. Luis Felipe Salvatore disse:

    Agora vejo a importância de apoiar a esquerda. Sempre fui crítico de Lula e Dilma, mas agora entendo quem está do lado de quem. O pessoal que tá aí tá destruindo tudo.

    • Ruy disse:

      So’ agora voce percebeu!? Desde os anos ’80 ja’ estava claro, quem estava do lado do povo. E quem eram os coroneis oligarquico-facistas.

      • Antonio Carlos disse:

        Desde 1980? Desde sempre!!
        É só olhar os fatos em torno do governo de Getúlio Vargas. A elite paulista queria um Brasil exportador de café e nada mais. Quando se descobriu petróleo no país, a elite paulista lutou o quanto pode para não existir uma empresa brasileira de petróleo, queriam apenas ficar com royalties e deixar os gringos ficarem com o petróleo.
        Essa elite só pensa em seus trocados. Eles odeiam o Brasil. Se pudessem, morariam fora, mas precisam ficar aqui para tomar conta dos seus negÓCIOS.

  2. alcides carpinteiro disse:

    Será muito bom ver como Dória vai tentar fritar Bolsonaro, sem afastar seus seguidores e sem provocar sua reação. Parece que Lula vai ganhar um aliado oculto em Tucanistão: Alckmin não vai ficar exatamente satisfeito de ser mordido pela cobra que criou. Fazer corpo mole e colocar o governo paulista para fazer pose de ver a banda passar já promoveria um grande estrago nas pretensões do prefacebook.

    • Antônio Vostras disse:

      Alckmin acabou na política. Só ele não percebeu ainda.

      • alcides carpinteiro disse:

        Diga isso aos paulistas, que adoram um zumbi. Além disso, ele tem uma caneta nas mãos. E essa caneta costuma ter muita influência sobre a mídia e sobre o judiciário paulistas.
        Bolsonaro precisa ver que seu adversário inicial é o PSDB. Lula é seu amuleto. Uma vez que o país hoje está dividido entre petistas e antipetistas e ele encara o antipetistmo melhor do que ninguém, ele deve atirar em Dória, que tenta tomar o lugar de Bolsonaro ao atacar Lula gratuitamente. Cuidado Vostras, estão te passando a perna.

  3. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    Perrrrrrrguuuuuunta: e alguém se importa com o que o Malacheia e a Catadendê pensam? Esses lixos não servem para nada, só para irritar com seus comentários babacas.

  4. Antônio Vostras disse:

    Dória? Pode ser no PSDB… No Brasil, será Bolsonaro, e é por isso mesmo que os esquerdosos estão em polvorosa. O criminoso, não obstante a “coluna prestes”, terá a sentença confirmada pelo TRF4. Ficará inelegível e será recolhido.

  5. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    Mais um coxinha bolsomito que enlouqueceu. Ou é Lula ou quem ele indicar. Mas burros não entendem de política.

    • Antônio Vostras disse:

      Pelo STF, o condenado em segunda instância deve ser recolhido. Ou seja, Luiz Carlos, além de ficar inelegível, ele será recolhido. E, recolhido, como conseguirá subir em um palanque ou gravar propaganda eleitoral?

      • Belmiro Machado Filho disse:

        A baixa capacidade cognitiva é certamente o fator preponderante para geração de comentários com alto teor de imbecilidade.

      • Rui disse:

        Tem gente que se faz de cego para não enxergar o óbvio. Lula será ou fará o sucessor de Temer. São os eleitores dele que assim o querem. Com campanha ou sem campanha, com palanque ou sem palanque, com ou sem a sua presença o sucessor de Temer será quem o Lula quiser. Simples e muito fácil de entender. Anote aí Sr.Vostras, e depois não diga que eu não avisei.

  6. Pereira disse:

    O MALACHEIA esta de volta? Ainda não foi preso? Ah! entendi. Os juizes do judiciário brasileiro so se manifesta quando se trada de: POBRE, PRETO, PROSTITUTA E PETISTA… não é isso? É sim a DITADURA DA CIA. Que comanda muito bem os lacáios engreguistas que se auto proclamam libertários.
    Um dia todos esses lacáios entreguistas apátridas e TRAIDORES DO BRASIL irão para a cadeia!

  7. Naiara disse:

    O prefake quer os votos do bolsonaro porque sabe que o brutucu será impedido de disputar o pleito também (via stfinho), se houver 2018. Prefake é um Brucutu também, só que “limpinho e cheiroso”, mais palatável, inclusive pros fundamentalistas.

    • Ulan Bator disse:

      Limpinho ? Melado de ovo goro ?

      Quando vejo os apoiadores de doria , sinceramente, fico até com pena da ópera-bufa !!! Nunca vi tanta nulidade junto.

  8. maria do carmo disse:

    Malafaia e Cantanhede, dois malucos, morro de pena dos fieis que frequentam a Igreja, Igreja? sao doentes adoram ser xingados e uma relacao doentia, a Cantanhede quem a le? a classe media, que se acha elite? se e que leem, dois iguais: malucos! Aliaz, tres malucos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *