Maia diz que vota terceirização amanhã

maiancham

Na base do “vamos lá, enquanto ainda é possível”, Rodrigo Maia prometeu hoje   – em lugar bem adequado, aliás – na Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, colocar em votação amanhã a liberação da “terceirização ampla, geral e irrestrita” das relações de trabalho.

Maia vai “esquecer” o projeto aprovado pela Câmara em 2015 – durante o reinado de Eduardo Cunha – para ressuscitar um projeto aprovado pelo Senado ainda no governo Fernando Henrique, há 15 anos.

É tudo a toque de caixa, na ânsia de “mostrar serviço” ao mercado.

Preocupação com não precarizar as relações de trabalho, em não criar passivos trabalhistas, em garantir o depósito dos direitos previdenciários (inclusive o FGTS) dos terceirizados? Necas…

Maia tem de tocar o rebanho, rápido, enquanto ele está apenas assustado e o resto de autoridade do Governo Temer, agora “peitado” pela Polícia Federal, não acaba de se dissolver.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

4 Respostas

  1. Marcelo disse:

    Essa “elite” é muito muderna!! Eles já estão pensando em usar smartchicotes.

  2. Rui disse:

    Não custa recordar. Depois do Temer já tivemos a crise da cultura, a crise da saúde e da educação(ação congelante da Fazenda), a crise dos presídios,a crise das mulheres( homenagem descabida), a crise da mentira(transposição do São Francisco), a crise da escolha sempre errada dos ministros, a crise da carne podre e a maior de todas as crises: a crise de vergonha na cara, através dos larápios, safados e corruptos do Congresso Nacional que destituiram a Presidenta mais honesta que este país já possuiu. Foram tantas crises e a Globo nem fala mais em crise. A palavra crise tão insistentemente usada pelos globais era só para derrubar o PT. E agora, não tem mais crise? Cruzes, não é o que parece.

  3. fernando disse:

    ainda pagarão caro pela traição !
    fora carne podre !

  4. Tomás disse:

    Com isso, continua a todo vapor o desmanche também institucional do país, sempre aos cuidados da maior quadrilha de bandidos políticos de todos os tempos em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *