Lula à imprensa estrangeira: “não se brinca com a democracia”

lulaimprensainter

Do Jornal do Brasil:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (28) para correspondentes de veículos internacionais de imprensa. Na ocasião, Lula fez críticas ao processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. “Não se deve brincar com a democracia”, destacou.

Lula também comentou sobre a divulgação em rede nacional de conversas suas com a autorização do juiz Sérgio Moro — em ação criticada por diversos juristas. Para Lula, a ação foi “deprimente”, “pobre” e de “má fé”, e apontou ainda para um “Big Brother” nos métodos investigativos. “Moro é inteligente e competente, mas foi picado pela mosca azul.”

“Moro é inteligente e competente, mas foi picado pela mosca azul”

E no Valor:

Lula afirmou também que é possível a presidente governar com parte do PMDB e ter um “governo de coalizão”, sem a concordância do comando do PMDB. Segundo Lula, o governo Dilma poderá repetir o que houve no seu primeiro mandato, em 2003, quando o PMDB não estava todo com o governo. O ex-presidente disse que conversará muito com o comando do PMDB, inclusive com o vice-presidente, Michel Temer. “Quando eu ganhei as eleições em 2003 em um primeiro momento o PMDB não me apoiou, uma parte do PMDB da Câmara me apoiava, uma parte do PMDB do Senado me apoiava e nós conseguimos governar. O PMDB me ajudou a governar”, disse. “No segundo mandato fizemos acordo com o PMDB e o PMDB teoricamente decidiu me apoiar. Ainda assim a gente nunca teve todo o PMDB. Tem vários Estados onde o PMDB não quer apoiar o governo”, afirmou.

Comentários no Facebook