Lição de “mercado”. 1.200 professores demitidos e recontratados “mais barato”

estaciodemite

A reforma trabalhista de Michel Temer , que até empresários estão criticando pela confusão jurídica que está causando em quem quer agir de boa-fé,  produziu hoje, segundo a coluna de Lauro Jardim, um absurdo que ela está causanda e ainda irá causar.

A Universidade Estácio de Sá, uma das maiores do Rio, anunciou que vai demitir 1.200 professores.

Demiti-los-á, na linguagem temerista, para, em seguida, recontratá-los, ganhando menos, naturalmente.A razão de demissão, segundo a própria instituição é a de que ” ganhavam uma remuneração acima do mercado”.

Se a mesma pessoa é demitida e recontratada para fazer o mesmo trabalho, com a mesma qualificação, está-se diante de uma redução, na prática, de salário, apenas camuflada como um novo contrato.

E a irredutibilidade dos salários é, simplesmente, proibida pela Constituição Brasileira.

Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:
VI – irredutibilidade do salário, salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo;

A primeira ação que se apresentar contra esta monstruosidade, salvo se cair na mão de um juiz escravocrata, vai obter liminar proibindo-a, até  porque há jurisprudência farta afirmando que “nem a lei poderá autorizar a redução salarial”.

O caso, porém tem um efeito didático. Boa parte da classe média que bateu panelas, achou que a cassação dos direitos trabalhistas era “só para peão”.

Não é, e se não for duramente travada pela Justiça do Trabalho, vai se espalhar sobre os assalariados de classe média.

 

 
contrib1

Comentários no Facebook

47 Respostas

  1. Welington disse:

    E tem idiota que acreditou que ia diminuir o desemprego. Mesmo emprego ganhando menos. Parabéns MBL. Vcs conseguiram.

  2. Luiz Antonio Pereira disse:

    Nós avisamos, mas os burros acéfalos preferiram acreditar na Globo e no Pato.

  3. Luiz Antonio Caldani disse:

    Classe Merda tomando no cuzão!

  4. Profeta disse:

    “A inteligência do ser humano não está no berço que ele nasce, mas na educação que ele recebe” (Lula)
    #LulaPeloRiodeJaneiro #LulaPeloEspíritoSanto #LulaPeloBrasil

  5. jose magno disse:

    E isso é só o começo.Mais virão.Não adianta culpar os idiotas dos coxinhas, eles pagarão mais caro, o preço de sua ingenuidade e canalhada..

  6. reed disse:

    Os paneleiros começam a saborear o próprio cardápio.

  7. Márcio Martins disse:

    Pois, então…a meritocracia funciona nestas horas…é só correr atrás de um novo emprego…talvez montar uma faculdade…passar um ano sabático no exterior…é fácil…dá até para ser feliz desempregado, cheio de boletos para pagar! Qualquer coxinha tiraria isto de letra!

    • Márcio Martins disse:

      Falando em ano sabático, o desMOROnando pretende fugir, digo, viajar aos states para prestar contas, digo, descansar de seu atribulado trabalho de perseguir, digo, julgar o Lula! Não é lindo?

  8. sijo somiko disse:

    Pelo menos, minhas panelas estão intactas.

  9. reed disse:

    Empresas como a Estácio representam para educação o mesmo que igreja universal representa para religião.

    • Mas essa não é a questão, que a Estácio é vagabunda todos nós sabemos, mas questão é o desemprego ou a recontratação do mesmo profissional com outro salário e com certeza bem menor do que o anterior

  10. renato arthur disse:

    Esta será a tendencia do mercado rebaixar o salário dos trabalhadores. Duvido que diminuam o preço das mensalidades. Em um país com PIB de 0.1% a roda da economia tinha parado, agora ela vais girar rapidamente, para trás.Lamento pelos prof que apoiaram o golpe e hoje verão sua família comer o pão que o diabo amassou.

  11. Messias Franca de Macedo disse:

    Quantos(as) professores(as) da Estácio bateram panelas paramentados(as) com a camisa da CBF do Ricardo ‘Peixeira’ &$ do J. Hawilla et caterva da máfia dos Marín(ho) da Globo Organizações MafioCriminosas!
    Portanto, que se ‘phodam’!
    E vão estudar!

    Pano rápido!

    • Messias Franca de Macedo disse:

      Quantos(as) professores(as) da Estácio bateram panelas paramentados(as) com a camisa da CBF do Ricardo ‘Peixeira’ &$ do J. Hawilla et caterva da máfia dos Marín(ho) da Globo Organizações MafioCriminosas?
      Portanto, que se ‘phodam’!
      E vão estudar!

      Pano rápido!

  12. Carmizeth Ferreira Marinho disse:

    Assim as organizações globo fez, demitiu no início do ano, com a certeza que a lei será aprovada, a mesma certeza que o globo também tem.

  13. MARIA ONETE FERREIRA disse:

    Não sabem eles que o devir será menos consumo, menos mensalidade, menos viagens e consequente menos riqueza para eles próprios? Não sabem que serão afetados em seu conforto? Que causarão aumento da violência e serão os sonâmbulos vitimados pelos sem comida?

    • Izabel disse:

      Também não consigo entender a lógica de raciocínio dessas empresas e seus empresários, já que inexoravelmente eles continuarão vivendo neste país miserável em todos os sentidos

  14. Marcos Pereira disse:

    Talvez os trabalhadores não integrados a esta república do elcagoete venham a ser aproveitados pelo mercado como insumo na produção de sabão, abajur ou quem sabe ração alimentícia.

  15. Messias Franca de Macedo disse:

    O juizeco protofascista ‘mor(T)o’ não passa de um reles RÉU confesso!
    Entenda

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    Moro dividiu palco, entre outros, com Temer, Moreira Franco, Eunício Oliveira e Henrique Meirelles
    Na festa de hoje, Sergio Moro dividiu palco com Temer e o ministro Moreira Franco (PMDB), ambos denunciados por corrupção passiva pela PGR; com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o candidato ao governo de São Paulo em 2012 Paulo Skaf (PMDB), ambos citados na delação da Odebrecht; e o presidente do Senado, Eunicio Oliveira (PMDB-CE), alvo de inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal)

    (…)

    FONTE: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/12/05/temer-e-membros-do-governo-se-recusam-a-aplaudir-moro-em-evento-de-homenagem-ao-juiz.htm?cmpid=copiaecola

  16. Luis Felipe disse:

    Não gostei da nova lei trabalhista, mas precisamos ser honestos: a reportagem diz que novos professores serão contratados. Em nenhum momento foi dito que eles vão recontratar os professores demitidos. Pelo menos é isso o que a reportagem diz.

  17. Rachel disse:

    E quem viu o JN de hoje ouviu uma reportagem imensa e bem editada no sentido de atacar o funcionalismo público. Estava disfarçada de ”combater as injustiças e desigualdades salariais”, é fato que as há entre o três poderes. Mas combatia a estabilidade também. Já imaginaram funcionário público sem estabilidade, tendo que provar ”desempenho” para um chefe que sempre é indicação política, dos DAS 5 aos DAI, se é q ainda é esta a escala. Falo com conhecimento de causa. E o estudo é do Banco Mundial. Mas desde qdo. nós os cidadãos brasileiros queremos ser ”orientados ”’ por estudos do Banco Mundial?

    • Gersier disse:

      Esqueceu do paneleiros coxinhas otários e idiotas que pediam a “intervenção” da matriz deles? Pensando melhor, vc tem razão, esses grandessíssimos FDP não são cidadãos brasileiros, são, amebianos e como diz o Lula, com espírito de nojentos vira latas.

  18. João de Paiva disse:

    Uma procuradora do MPT-SC já orientou trabalhadores e sindicatos acerca das inconstitucionalidades flagrantes dessa lei 13.467/2017, da deforma trabalhista. Não de se falar em uma ou outra inconstitucionalidade, pois a lei possui esse insanável vício de origem. Apesar do escravocrata, integrante da obscura opus dei, que se diz ‘celibatário’, Yves Gandra filho presidir o TST, ele não tem maioria nesse tribunal superior. E nesse segmento do judiciário – o único que não é completamente alinhado com as oligarquias escravocratas, plutocratas, cleptocrata, privatista e entreguistas – boa parte dos juízes certamente julgará inconstitucionais as demissões e contratações segundo a regras proposta pela lei 13.467/2017.

    Os INCLAMEs começam a provar do veneno que ajudaram a preparara e que achavam que seria dado apenas ao operariado.

  19. Cláudio disse:

    :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra**S**il e postando:

    .:.

    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *

    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) !!!! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem sem contemporizações indevidas) 2018 neles/as (que já perderam DE QUATRO nas últimas 4 eleições presidenciais brasileiras) !!!!

    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *

  20. Francisco disse:

    Sou professor universitário. Tem muito, muuuuito professor universitário que é coxinha com requintes de fascismo.

    A História É pedagoga… Explicamos, comovemos, adulamos e nada. O slogan era “Brasil é uma desgraça sem jeito” e “Petralha corrupto”…

    A “aula” ainda não acabou, está cedo, a lição não foi “internalizada”… Tem que “atochar e torcer” mais um pouquinho…

    Ainda tem muito professor universitário pensando que é Branco, pensando que que não é proletário e pensando que é gringo…

    Mais alguns meses e estarão no ponto. O capital e Temer são bolcheviques ex-tra-or-di-na-ri-os…

    • Zoé Brasileira disse:

      Comentário interessante. Vejo também como professores, MUITOS, são completamente colonizados, com um viés bem vira-lata, infelizmente. J.Souza diz: “colonizados até o ossos”. Por essa razão alguns continuarão colonizados até o último minuto. Essa doença parece não ter cura.

      • Esmeraldo Cabreira disse:

        CEM POR CENTO CORRETO FRANCISCO! NA MINHA UNIVERSIDADE TEM MUITOS KOXINHAS QUE AINDA ESTAVAM ACHANDO ÓTIMO O GOLPE CONTRA DILMA ROUSSEF E O PT! AGORA, O PÂNICO SE ALASTRA COMO FOGO NA GRAMA SECA!
        AGORA É TARDE!
        O GOLPE ERA CONTRA TODOS OS TRABALHADORES, MAS A CLASSE “MÉRDICA” BRASILEIRA PENSA QUE É ELITE!
        O KOXINHA GANHA R$ 8.000,00 (TRÊS MILS DOLÁRES KKKKKKKK!) E PENSA QUE É RICO….
        AGORA, VAMOS TODOS JUNTOS PARA A PLANÍCIE …
        TEMOS QUE IR PARA AS RUAS E RADICALIZAR!
        OU PARTIMOS PRÁ PORRADA OU ESTAMOS FERRADOS!

  21. joao disse:

    Os que bateram panelas durante a preparaçao do golpe que tiraram do poder uma presidenta democraticamente eleita, estao começando a ver a cilada que entraram em colocar estes salafrarios que estao no poder hoje em dia.Espero ainda ver nosso Brasil entrando nos eixos em janeiro de 2019.Vai demorar um pouco mas com certeza a mare vai mudar para melhor como foi em 2003.

  22. Helbert Fagundes disse:

    Bom dia,

    Uai, até quando lembro Presidente Dilma era: A ladra, vagabunda, vaca e assim se vai. Isso na Estácio é só reflexo da idiotice contra um governo. Quando professor e demais categorias não entenderem que eles são empregados seja no público ou no privado, será isso ai. Um bando de batedores de panelas com titulo! Ah, não se preocupe vão chegar nós outros além da estácio.

  23. Nanorj disse:

    O cão agora resolveu morder o próprio dono … Toma paneleiros e patoleiros …

  24. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    LUIZ FELIPE: A Estácio vai contratar novos professores. Esse 1200 já eram. Leia sobre a “quarentena” da nova lei trabalhista. Demitir e recontratar imediatamente é proibido.

  25. paulo disse:

    Fico imaginando (e me acabando de rir) alguns desses professores que bravamente foram às ruas vestindo amarelo e gritando “Fora Dilma”. Mesmo com a qualificação de serem “professores”, permitiram-se ser tratados como “boiada”, que para onde o berrante tocar……….assim segue a boiada. Bem feito. Bom seria se fossem sumariamente demitidos. Talvez aprendessem a não serem tão idiotas e manipuláveis.

  26. Farias disse:

    Sobra mais dinheiro para os investidores , portadores de ações, e campanhas de publicidade. Socialismo para os ricos e capitalismo para os pobres.

  27. Geólogo Joao disse:

    eu quero é que se lasquem todos aqueles idiotas que foram as ruas a favor do impeachment . Estes babacas nao enxergam um centimetro adiante dos olhos e não perceberam ou não quiseram perceber o que os esperava logo ali na esquina. Sua ignorância e racismo cultural levou -os a cumprir o script que a grande mídia e o capital internacional aliado ao judissiario brazileiro havia traçado. E aí deu na merda que estamos agora vivenciando.

  28. Rogério Bezerra disse:

    Quais professores da “privada” e da pública universidade foram prás ruas contra o golpe?
    Valeu Estácio! É isso mesmo!

  29. Maria Socorro Guimarães Pinheiro disse:

    Vamos fazer um boicote a Universidade Estácio de Sá.NÃO vamos fazer matriculas desta Universidade. VIVA AOS PROFESSORES. BRAVOS PROFESSORES.

  30. Robson Sampaio Novaes disse:

    Em todas as esferas de trabalho haverá fartos exemplos do que realmente é a “nova” lei trabalhista. Se já éramos mão de obra barata, agora somos escravos com direito apenas a sobras e pau de arara. Ainda em tempo: a dita universidade já pratica a manobra de renovar corpo docente há décadas. Um viva à sociedade brasileira!

  31. augusto2 disse:

    Tem um detalhezinho que nao estão falando. O empregadores estarao agora na procura por uma destas brechas para reduzir a folha e darao entrevistas a midia dizendo que vão contratar…
    Mas em seis meses, eles se ACOSTUMAM, vao achar normal e todos no futuro sentirão que as coisas sao assim mesmo. E nÃo havendo nem homologaçao no sindicato vai trocar e acelerar com mais frequencia a rotatividade.

  32. Serjão disse:

    Durante o golpe muitos professores foram omissos, e muitos apoiaram a canalhice dentro das salas de aula.
    Tem gente que só aprende quando apanha na cara; é o caso de agora. Está acontecendo o mesmo com os bancários também.
    Na ditadura atual a classe média vai se ferrar e muito; não será igual àquela que passou!
    Que soem as panelas!!!

  33. Luigi disse:

    Universidades caça níqueis.
    Super Mário on esteroides..

  34. Adeilson disse:

    Os que bateram panelas tem que se fuder , pronto falei

  35. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    Os intestinos contém sucos que são capazes de dissolver até metal. Provavelmente as panelas não existam mais. Nem seus cabos, que foram os primeiros a serem escondidos lá. Coxinha ferraram o país e estão sendo ferrados agora. É a lei da ação e reação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *