Houve corrupção de Loures e Temer, diz relatório da PF

carneado

Da Folha:

Relatório preliminar da Polícia Federal referente à investigação sobre o presidente Michel Temer e seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures concluiu que houve a prática de corrupção passiva, segundo a Folha apurou.

As informações foram entregues ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta segunda-feira (19) e ainda não foram divulgadas pelo tribunal.

Não está claro ainda qual o papel que a polícia atribui a cada um dos investigados.

Segundo a Folha apurou, o documento é “conclusivo” sobre o crime cometido.

A PF pediu, porém, mais cinco dias ao ministro Edson Fachin para finalizar as investigações e apresentar o laudo da perícia das gravações de conversas feitas por Joesley Batista, um dos donos da JBS.

A polícia aguarda esse resultado para concluir se houve também a prática de obstrução de Justiça.

Procurada pela reportagem, a PF não se manifestou sobre o assunto. As assessorias de Temer e Loures não comentaram o relatório até agora.

Ao todo, os peritos analisam quatro áudios, um deles de um diálogo do empresário com Temer, no Palácio do Jaburu, em 7 de março.

No pedido de abertura de inquérito, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou, também com base na gravação, que o presidente deu anuência para a compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e seu operador Lucio Funaro, ambos presos.

Comentários no Facebook

8 Respostas

  1. Marcelino Gonçalves disse:

    Cochinhas nanando! Quando era com a Dilma era uma panelice kkkk

  2. emerson57 disse:

    mente que diz que esse treme é passivo.
    Afinal o indivíduo está inelegível por financiar dois candidatos do Rio Grande do Sul ao arrepio da lei eleitoral.
    Esse ai na política é o tal “giletão” tanto corrompe como é corrompido.
    SAEEEEEEEEEE KAPETAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  3. Nilson disse:

    Quero ver a PF tucana prendendo um presidente do PMDB Kkkkkk

  4. Mirtes Cohen disse:

    Lembro da marcha dos 100 mil, quando os edifícios do Rio jogavam papel picado nos estudantes, intelectuais, gente do povo, padres e freiras, artistas, jornalistas, em apoio aos que estudantes que haviam enfrentado a cavalaria na missa de Edson Luiz. Antes da marcha, permitida pelo estado de exceção, dos edifícios caíam tijolos, vasos, cinzeiros e tudo o que pudesse atingir os soldados lá em baixo, obrigando-os a procurarem as marquises e assim não mais batessem nos estudantes da época. Eram outros tempos, aqueles em que os soldados se escondiam dos moradores dos edifícios, a classe média, talvez. Hoje, ela está encastelada com suas panelas guardadas para Temer. Bem dizia D. Marisa. São outros tempos.

  5. O. Ramos disse:

    Com uns 25 anos de atraso.
    Mais um golpe de estado
    Com mais de 14 milhões de desempregados
    Milhares de empresas quebradas
    Finalmente estão descobrindo que PMDB e PSDB são um mar de lama da corrupção e do golpe.

    Daqui uns 100 anos vão descobrir que junto a tudo isso tem um complexo midiático golpista também.
    Quem sabe em 200 anos vão descobrir que o tio sam e seus tentáculos apoiaram o golpe.

    • hocus pocus disse:

      Meu amigo Ramos esta frase irônica de seu comentário “Quem sabe em 200 anos vão descobrir que o tio sam e seus tentáculos apoiaram o golpe.” reflete o quanto cegos a maioria dos brasileiros está vivendo este golpe.Até nos blogs de esquerda,tal vez pela raiva que esse bandido gera (aecim do pô) se escolhe ele como o iniciador desta sujeira,mas é só colocar os fatos na mesa para ver as PATAS do tio sam agindo neste golpe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *