Grampo de Moro era em Dilma, gravação comprova

grava3
A gravação divulgada hoje pela Cinara Menezes, no Socialista Morena, mostra que a escuta telefônica esta sendo feita sobre Dilma Rousseff, a presidenta da República,  e não sobre Lula.

Sérgio Moro e a Polícia Federal , sem poder para isso, determinaram o grampo telefônico no Palácio do Planalto.

O áudio postado por Cynara Menezes  comprova que era o telefone do Planalto, chamando ao telefone de Lula, que estava sendo gravado.

Muito antes, até, da nomeação de Lula como ministro.

Moro, o moralista, mandou fazer espionagem – ele não tem poder legal pra determinar escutas em telefones presidenciais – ilegal.

Sabe que não pode fazê-lo.

A gravação, de quebra, ainda mostra como é falsa a história da suposta ofensa ao Judiciáro, mandando enfiar os processos no c…

 

Comentários no Facebook