Eu quero ajudar

Demorou mais do que a gente queria e, até, mais do que a gente podia.

Mas, finalmente, o Tijolaço está pronto para pedir aos seus leitores que colaborem para a manutenção do blog.

Porque, nestes tempos em que a gente é acusado pelos adversários de ser sustentado pelo Governo mesmo sem receber um tostão de publicidade oficial, tudo deve ser feito “certinho”, da maneira mais correta e à prova de intrigas.

Portanto, o blog agora é uma micro empresa – a Blog Tijolaço Comunicação Ltda. – cujos sócios somos eu e Miguel do Rosário, que participa, aos finais de semana e sempre que preciso de socorro, fora deles, da redação deste blog.

Foi uma novela, também, abrir a conta bancária, e todo este tempo que ficamos queimando nossas poucas gorduras, porque também não recebemos em contas pessoais o pouco que vem dos anúncios do Google – que nos deram a dor de cabeça de ficar explicando que não escolhemos o que vem neles e tivemos de aguentar umas chamadas do tal Instituto Millenium.

Mas, isso ficou pequeno perto da satisfação de termos construído um espaço que, como você vê aí em cima, reúne cada vez mais pessoas.

Nos oito primeiros dias de fevereiro foram 1.044.685 – isso, um milhão, mesmo – de acessos, ou page views, como são chamados e 490 mil visitantes únicos.

Na média, 130,6 mil acessos diários, feitos por 61 mil pessoas.

Números que nenhuma “mídia técnica” pode deixar de reconhecer como significativos para receber publicidade.

Para sobreviver, fizemos o possível e vamos continuar fazendo.

Ms, para crescer mais, precisamos de ajuda.

A “equipe” do blog somos apenas os dois e o Will, nosso faz-tudo cibernético, que segura a barra técnica do blog, até mesmo agora, dez para a uma da manhã de sábado para domingo.

E o trabalho é de segunda a segunda, desde muito cedo até muito tarde, sem folga ou feriado, quando estamos tentando resolver o funcionamento do PayPal no site.

Nem mesmo os computadores pessoais da gente estão aguentando, vinte janelas abertas, varrendo a rede todo o tempo. E as economias minguaram.

Já está disponível o pagamento eletrônico – via PayPal – para assinaturas mensais (R$10), semestrais (R$50) ou contribuições esporádicas de valor livre, você mesmo escolhe na página que se abrirá.

Desde já também há a opção para contribuição livre por depósito bancário. Neste caso, os dados para depósito estão especificados no quadro.Neste caso, os dados para depósito estão especificados no quadro. Para sua comodidade, se desejar, pode, no próprio terminal bancário, programar o pagamento dos meses seguintes ou do semestre seguinte, usando a opção de data futura.
Se você achou baixo o valor, é de propósito.

Porque a nossa intenção é não excluir ninguém. Se você acha que deve dar mais, tem a opção avulsa ou o depósito bancário.

Você já nos dá o melhor, a sua atenção.

Que é, para nós, o mais precioso.

E por ela, sinceramente, eu e Miguel agradecemos, de coração.

Fernando Brito







 




 

Blog Tijolaço Comunicação
CNPJ:19.438.674/0001-09
Banco do Brasil S.A. (001)
Agência: 1578-4

Conta Corrente: 50629-X