A epidemia de ódio é o subproduto nojento da crise

charlottesville

54 anos atrás –  28 de agosto de 1963 – negros e brancos marchavam em Washington e, nos degraus do Memorial Lincoln, Martin Luther King pronunciava seu discurso que a história batizaria de “I have a dream” proclamando a igualdade e a harmonia

Ontem, em Charlottesville, o pesadelo dos nossos tempos tomou forma em um multidão que marchava em direção contrária.

Não, não é distante, bizarro ou algo isolado e “folclórico” na sempre ressentida sociedade norte-americana.

Longe dali, perto daqui, milhares iam comprar esfihas na barraca do Mohamed Ali, que dias atrás foi vítima de hostilizado por facínoras, na esquina da Rua Santa Clara com a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, no Rio, aos gritos de “saia do meu país”.

Não pense que é um surto psicótico em escala global, provocado por algum estranho vírus que se disseminou em escala planetária.

É o reflexo, nas superestruturas ideológicas e comportamentais da segunda etapa da globalização capitalista.

Segunda, porque a primeira – que não terminou – se deu pela busca de dois recursos essenciais em escala planetária que a era das navegações permitiu: riquezas naturais (no início,  ouro e prata, as commodities do séculos pré modernos e depois açúcar, café, ferro, petróleo) e de força de trabalho.

Agora, a drenagem colonial chega também à vida das coletividades, inclusive nas metrópoles.

A concentração de capital e a mão de obra que se torna quase desprezível na economia ultratecnológica vai fazendo que a escassez de trabalho transfira para a classe média – e até para os relativamente pobres – a disputa pelas migalhas que o enriquecimento de pequenas castas – o mundo azul – deixa ainda à sociedade.

É evidente que o ódio racial, a discriminação, o preconceito existem, independente disso, mas é isso o catalizador – aquilo que permite e acelera as reações – destes conflitos.

Tudo o que devemos fazer e fazemos contra esta barbárie é absolutamente necessário – e não há justificativa para a omissão – mas é também insuficiente.

Se você, como eu, abomina o que está acontecendo, ponha algo em mente: a crise, os cortes, a falta de perspectivas são os agentes catalizadores desta epidemia do ódio, que antes não tinha condições de eclodir.

Agora, tem e mais ainda terá quanto mais nos afundarmos na crise.

Comentários no Facebook

33 Respostas

  1. Dilma Lessa disse:

    Como sou cristã, peço a Deus que nos livre de todo este mal! Que tragédia!

    • Antônio Vostras disse:

      Toda violência deve ser condenada, de Maduro a Trump. A violência só não é condenável quando desmedida no combate ao crime.

      • Belmiro Machado Filho disse:

        Toda pobreza intelectual leva a conclusões paupérrimas. Lastimável!!!

        • ANAC disse:

          Verdade. Mas de um desconto ele nao consegue pensar. Is dlos neuronios dele sao usados para necessidades fisiologicas apenas. Violência gera violência. Lei da causa efeito, ação e reação. Lei da física irrevogável. Questão de tempo, pouço tempo. Veja bem q o ressentimento por terem perdido a guerra da secessão e q leva os racistas nazistas a saírem das sombras e mostrarem suas garras. Aqui, acontece a mesma coisa. A reforma da CLT é a vingança dos senhores de escravos por terem perdido seu produto mais rentavel. Ação gera reação. Os escravos apenas reagiram as violências a si impingidas por uma elite pervertida. Torna-se uma espiral de violência e ódio. Em sociedades em que o ressentimento aflora como a estadunidense e brasileira, sociedades escravagistas, o vulcão está em plena erupção . Não conseguirão impedir q o vulcão entre em erupção matando tudo e a todos com seu fogo e larvas.

          • ANAC disse:

            O capitalismo é o combustível lançado no fogo q arde. A mãe Terra reagirá brutalmente expurgando o câncer, q se tornou o ser humano, do seu organismo. Ação gera reação.

      • Viviane disse:

        Então diga para nós que “crime” seu ídolo bolsonaro combatia quando planejou atentados terroristas na AMAN, em 1987…

  2. renato arthur disse:

    Creio que esse pessoal nazifascista querem na verdade que o capital e a riqueza se concentre em suas mãos e para isso é necessário desalojar ou escravizar os que não compartilham com suas idéias. No período em que tivemos a maior expansão da economia, onde inclusive a revista The Economist mancheteava na sua capa, ” O Brasil decola”. Imediatamente a nossa imprensa publicava que o Brasil estava se tornando arrogante, e a melhoria no bem estar da população criou um clima de ódio na nossas elites. Portanto não é só falta de emprego é o preconceito e a mente nazista de se acreditar melhor e um ser superior e a partir daí, se criou um clima de destruição da obra do governo que permitiu o maior avanço social desse país.

  3. Patrice L disse:

    Ontem, também, conforme post no 247

    Apesar de toda a corrente de solidariedade [ao refugiado sírio] , a poucos quilômetros dali, no Arpoador, um grupo de cerca de 20 pessoas fez um protesto com ataques contra muçulmanos. Vestidos de preto e carregando cartazes com inscrições como “muçulmanos: assassinos, sequestradores, estupradores”, eles caminhavam em silêncio pela orla.

    Islamofobia, é bom lembrar, tem sido um dos “esportes” online favoritos entre os bolsonazis.

    • Antônio Vostras disse:

      247 é o blog de Attuch, aquele que recebeu dinheiro desviado da Petrobrás e está sendo investigado na Lava Jato? Bela fonte vc citou, Patrice!

    • ANAC disse:

      Isso prova q não acordaram para o q fizeram – golpe – para o fato de estão apenas colhendo o q plantaram. infelizmente, a crise no Rio vai piorar. E a briga pelos restos das migalhas q caem do banquete dos 1% classe dominante vai se intensificar. O morro vai descer para o asfalto…

  4. Tiago disse:

    Segue texto que tb desmistifica as falácias de Olavete que só tem terreno fácil entre Patos formados em faculdades fábricas!!! Kkkk Aliás seria o mesmo que acreditar que Bolsonaro seria de esquerda ou que seria ecológico só porque sairia candidato pelo Partido Ecológico Nacional!!! Kkkk

    https://voyager1.net/amp/filosofia/o-nazifascismo-e-de-direita-uma-abordagem-filosofica/

  5. jose magno disse:

    Agora tem uma novidade para os coxinhas e trouxinhas brasileiros, por que não chamá-los de “idiotas” nacionais. Um novo decreto do Trump criou mais dificuldades aos brasileiros em visitar aos Estados Unidos, a principio, negam aspectos terroristas e sim da safadeza dos brasileiros em permanecer por lá. De cara, êles os americanos não querem as presenças dos brasileiros por lá, mas os nossos idiotas e canalhas insistem em ir para as terras do tio sam, mesmo para limpar suas privadas e trabalharem como diaristas domésticos.E pior que alguns veem aqui neste blog vomitar asneiras sugerindo ir para Venezuela. Eles fazem parte dos rebanhos que os americanos utilizam para agredir a soberania daquele país. O motivo real os americanos não falam, que as suas imensas reservas de petroleo que ficam nas bacias do Orinoco que fazem divisas com as florestas amazonicas brasileiras, algo que estão tentando comprar ou tomar.Infelizmente, temos de conviver com os nossos idiotas de estimação.

    • ANAC disse:

      Já ouvi dos imbecis coxinhas elogiar trump por esses decretos, por tratá -los como párias, baratas a serem esmagadas. A doença do coxinha q se vê como verme é incurável e terminal. Tem jeito, não.

  6. Messias Franca de Macedo disse:

    … E lembrando do DEMoTucano protonazista TRUMPaceiro ‘mor(t)o’ daqui!…

    ***

    Eminente, catedrática e impávida jurista Carol Proner joga sentença de Moro no lixo da história

    https://www.youtube.com/watch?v=pPSBjcPo0yU&feature=youtu.be

    • Messias Franca de Macedo disse:

      Messias Franca de Macedo 13/08/2017 às 16:49
      LAVA JATO SABOTOU O PAÍS, DIZ DOUTOR EM ECONOMIA

      Houve uma recuperação de R$ 2 bilhões [dados de janeiro de 2017]. Ora, você destruiu o patrimônio de trilhões, se você for ver o poder de tudo isso. Então, tem como combater a corrupção, todos nós queremos um país mais limpo, mas isso não pode ser feito à custa da destruição da economia”.
      Em entrevista ao Jornal da Cultura, o economista Antonio Corrêa de Lacerda, doutor pela Unicamp e coordenador do Programa de Estudos Pós-graduados em Economia Política da PUC-SP, fez duras críticas ao modo como a operação Lava Jato no “combate à corrupção”; “O que nós estamos assistindo no Brasil é a destruição de ativos importantes de empresas brasileiras, que têm papel relevante, não apenas para os acionistas, mas para o País, pelo que ela gera de impostos, de empregos, de renda para o País”, afirmou; “Todos nós queremos um país mais limpo, mas isso não pode ser feito à custa da destruição da economia”

      30 DE JANEIRO DE 2017

      (…)

      FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/economia/277656/Lava-Jato-sabotou-o-pa%C3%ADs-diz-doutor-em-Economia.htm

  7. Antônio Vostras disse:

    Estados Unidos, uma morte.

    Venezuela, mais de 70 mortes esse ano, cerca de cinquenta pela guarda bolivariana e cerca de 20 pelos colectivos.

    Qual realidade o dileto blogueiro Fernandinho decide criticar?

    • ernesto disse:

      Mas é esperado. Basta uma morte (ou até menos), mesmo causada por um grupelho sem apoio significativo, para que essa turma veja aquilo como um sinal das forças tenebrosas que estão se movendo …. Enquanto isso, os caras apoiam regimes criminosos como o de Cuba e Venezuela com a maior tranquilidade. O duplo padrão deles é total: quem é contra eles sempre está errado, mesmo quando não tem nada a ver com o assunto, mas que é a favor deles pode matar, roubar, censurar e fazer o que mais quiser. É sempre assim. O cinismo dos defensores da extrema-esquerda é algo assustador.

      • Antônio Vostras disse:

        Um maluco atropela 19 pessoas, mata uma, e a culpa passa a ser do ou ódio racial, da “supremacia” branca, do caralha4.

    • ANAC disse:

      Uma morte. Kkkkkkk. Ele não conta os inúmeros negros e espanos mortos no dia a dia pela polícia higiemista estadunidenses vítimas do sistema racista q ainda impera lá. Os negros condenados a morte q enchem as prisões estanudenses a maior população carcerário do mundo maus de 2 milhões. O problema é q ele sr acha branco. Meu primo louro dos olhos azuis um metro de noventa falando inglês como só os ingleses falam não conseguiu ser aceito nos USA porque nasceu no Brasil em São Paulo, tinha certidão de nascimento brasileira, quanto mais o coxinha de tez morena com sotaque Paulista pu carioca. Complexo de barata. Vai ser esmagado. Nem lamentar irei.

  8. Messias Franca de Macedo disse:

    DILMA: PARA HONRAR CARLOS ARAÚJO, LUTAREI POR UM BRASIL MAIS JUSTO

    “O mundo nos impôs desafios que tivemos de vencer. Enfrentamos percalços que poderiam ter nos destruído. Mas vencemos muitas dessas dificuldades, uma a uma”, disse a presidente deposta Dilma Rousseff, na homenagem que prestou a seu companheiro Carlos Araújo; “E é para honrá-lo e prestar-lhe tributo que continuarei lutando por um mundo melhor, por um Brasil mais justo e pela emancipação do povo do meu país. Exaltarei sempre a sua coragem, enaltecerei sempre a sua bravura e a grandeza com que lutou sempre por seus ideais. Não cedeu, não se deixou vergar. Partiu, ontem, como viveu toda uma vida: digno, altivo, sereno, amoroso, amigo e parceiro”

    13/08/2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/rs247/311560/Dilma-para-honrar-Carlos-Ara%C3%BAjo-lutarei-por-um-Brasil-mais-justo.htm

  9. Rondom disse:

    Tem uma turminha demotucano e do mercado financeiro muito chegada de um
    famoso colaborador nazista mega bilionário;
    Depois do golpe o brasil passou a ser desgovernado por supremacistas brancos , de cima a baixo.

  10. Max disse:

    A propaganda que aconteceu por aqui recentemente os protestos nazifascistas do golpe.
    https://pbs.twimg.com/media/DHHrAU4XoAAyoIZ.jpg
    https://pbs.twimg.com/media/DHGggfyWsAEmg0B.jpg

  11. Gilbert disse:

    “Onde nao tem gato os ratos fazem a festa”. A turma direita percebeu que nao tem uma esquerda lhes confrontando nas manifestações de ruas e nas redes sociais na mesma proporção deles. Ai tão curtindo e surfando a onda, ate a chegada da Tsunami Vermelha…

    • Messias Franca de Macedo disse:

      SÓ HÁ UMA SOLUÇÃO!
      No mínimo, três atores/atrizes da Globo convocarem o povo a ir às ruas contra o golpe vagabundíssimo jurídico-midiático-financista!
      Vestidos com camisas com logotipo da emissora!
      Na primeira manifestação convocada, a multidão “arranca” o MT do CUnha do Jaburu!

  12. Francisco disse:

    Obama vai convidar os nazistas para tomar uma cervejinha e resolver o assunto, Lula vai “esquecer”, pela sexta quarta vez à promessa de campanha sobre monopólio midiático e Dilma… Dilma vai mudar o canal com o controle remoto para ver omelete na Ana Maria Braga…

    Na Real? A esquerda está colhendo a displicência que plantou.

    PS. sou meio negro e meio judeu, nordestino, latino, do terceiro mundo, socialista e ateu. Me escondo aonde?

  13. SUED SALATA SERVULO disse:

    Fernando, sua introdução foi brilhante. Pena que desenvolveu muito pouco o tema. Acho que daria um bom livro. Tem algum para indicar?

  14. Helena disse:

    Triste que ainda tem gente discutindo uma possível ameaça nazifascistas no Brasil como algo remoto quando na verdade o golpe foi executado por forças totalmente fascistas presentes na sociedade deste o Brasil colônia. VEjam os patrocinadores e apoiadores do golpe e das reformas do governo golpistas: Totalmente fascistas.

  15. augusto2 disse:

    Odio a gente tem do partido da guerra do mundo anglosionista… mas o que deu ontem foi muito riso deles. A explosão de riso foi longa, incontivel… queria ver a cara deles quando souberam.
    O poderoso porta avioes britanico SMS queen Elizabeth, brinquedo flutuante de > 4 bi de dólares foi invadido, fotografado diretamente da pista aérea do conves, onde filmou, ficou e dormiu um Drone domestico pilotado por um fotografo/cineasta amador que gostava de portaavioes. E disse que foi forçado a pousar por simples mau tempo enquanto filmava o brinquedo…
    Porque se Drone pudesse ca*&g**ar tinha ali solenemente c*g&+ado… , e se tivesse um explosivo de 10 Kg …entao feito um rombo histórico no maior expoente da ” defesa” britanica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *