Empreiteiras do Lava Jato e o buraco do metrô em São Paulo

WP_000310_zpse1933630

Os procuradores que foram à Suíça buscar os documentos oferecidos pelo Ministério Público de lá, com informações ligadas ao escândalo da Petrobrás, estão de parabéns.

Merecem o destaque que tiveram na grande mídia.

Nada como termos um Ministério Público atuante, vigilante e corajoso, enfrentando os poderosos.

É de se lamentar, todavia, que, no caso do cartel dos metrôs em São Paulo, conhecido como o trensalão, a postura tenha sido diametralmente oposta.

Ninguém foi à Suíça pegar documentos.

A Suíça enviou documentos ao Brasil, e os mesmos foram “esquecidos” numa gaveta do MP federal de São Paulo.

O procurador que esqueceu os processos numa gaveta acaba de ser perdoado por Gilmar Mendes.

É bom lembrar que o trensalão tem conexões com o escândalo das empreiteiras, porque são elas que abrem os buracos e fazem as obras.

Vocês lembram do escândalo do “buraco do metrô“?

O Consórcio Via Amarela, formado pelas empreiteiras Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão e Andrade Gutierrez, era responsável pelas obras.

Em 12 de janeiro de 2007, um buraco gigante se abre em São Paulo, matando 7 pessoas, ferindo outras tantas e destruindo centenas de casas.

Ninguém foi punido até agora.

E olha que morreu gente, e tratava de um problema ainda maior do que pagar propina a funcionário de estatal.

O problema de usar material de baixa qualidade para fazer as obras.

Neste caso, nem sei se podemos acusar o MP de ter esquecido o processo numa gaveta.

A promotora Eliana Passareli, que assumiu o processo em 2009, explicou que a principal dificuldade está em ouvir as 112 testemunhas de defesa.

Pois é, mas dificuldade por que?

Teria faltado apoio da cúpula do Ministério Público?

O procurador-geral da República não quis dar declarações sobre o episódio?

Ou será porque a justiça, neste caso, não estaria sendo leniente, quase cúmplice?

Nem a mídia jamais fez pressão.

Não interessava, porque não atingia o PT.

Se houvesse investigação séria naquele momento, em 2007, talvez pudéssemos ter evitado alguns dos problemas vividos na Petrobrás.

As empreiteiras que tocavam as obras do metrô eram as mesmas flagradas, pela Operação Lava Jato, pagando propina a diretores ou ex-diretores da Petrobrás.

Seus comandos executivos eram os mesmos.

Possivelmente, o modus operandi na relação com o governo de São Paulo e as estatais era o mesmo.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

21 Respostas

  1. APRIGIO SORATTO disse:

    Por que o PT não protocola tudo isso no Gabinete do PGR??? Ou o PT acha que alguém está ligando REALMENTE para combater a corrupçâo, de qualquer lado?????

    Acorda PT.
    Os Senadores e Deputados da base aliada, exceto Collor, Requião e Jandira, não dão “um pio” !!!!! Apenas chorar no Tijolaço e no CAF de nada vai adiantar.

  2. Dinio disse:

    É que só matou pobre e destruiu casa de pobre. E “elite” não defende pobre. Elite quer é que pobre se ferre, de preferência, longe dela, para não feder.
    Esta casta lembra de pobre, quando precisa de um rim, um fígado, um coração, transfusão de sangue, aí sim eles viram “humanos” e pobre vira gente!

  3. Malú disse:

    É porque as autoridades competentes para lidarem com os casos de São Paulo e tucanos em geral não têm interesse no desenrolar destes por motivos partidários e a velha mídia que poderia força-los a tocarem as lides, também tem interesse partidário. Então fica assim: se o caso for do PT, toda artilharia em cima. Se o caso for de tucanos, todo o judiciário senta em cima e a mídia bandida corre com seu manto protetor para abafar o caso. E não adianta reclamar.

    • José Souza disse:

      Malú, enquanto o povo não for pra rua exigir investigações contra os políticos do psdb não tem jeito. Acredito que o Gilmar vai conseguir colocar o povo na rua com esse objetivo. Basta ele reprovar as contas da campanha da Dilma. Vai ser uma panela de pressão destampada antes de esfriar. Até na direita tem gente achando que vai dar merda se ele se juntar à turma do impeachment. Vamos aguardar pra ver. Abraços.

  4. Manoel Coelho disse:

    Nem a Globo mandou um enviado especial à Suíça para cobrir o trensalão, a ditadura midiática continua.
    Em tempo: se a Dilma não implantar a lei dos Meios de Comunicação, sinto muito, mas não voto mais nela, nem no PT.

  5. Luís Carlos disse:

    Não envolve empreiteiras mas prevê ser lembrado. O incêndio da Boate Kiss em Santa Maria fará 2 anos em janeiro e até agora, nada. Tá,bém não envolve petistas. Se a prefeitura de Santa Maria fosse administrada pelo PT seria diferente?

  6. Jacó do B disse:

    Todos os crimes do PSDB são mil vezes mais graves que os do PT. Os crimes tucanos são no estilo das máfias, pois sempre tem mortes e ‘queima de arquivo’. Plataforma P-36, onze trabalhadores mortos e ninguém punido. Buraco do Metro, 7 mortos, punição, idem! Lista de Furnas, Modelo assassinada. Inclusive na tal lista, validada por perícia da PF, tinha nome de um ministro das “instancias superiores” do judiciário….Novamente todos livres! Os tucanos são ‘Os Intocáveis’! Até quando?

    • Marianne disse:

      Depois da cratera do metrô, as empreiteiras mudaram o método de construção que tinham contratado. E, para fazer isso, receberam uma indenização milionária. Não sei se as famílias dos mortos receberam alguma indenização.

  7. Luiz Julio Bertin disse:

    Ou a lei dos Meios de Comunicação já, ou nunca mais PT.

  8. Marcos AC Lopes disse:

    Eu sempre disse: enquanto ficarmos paralisados, demonstrando nos blogs ditos “sujos” a nossa indignação, nada acontecerá…É preciso que os movimentos sociais e as forças progressistas saiam as ruas e mostrem claramente o seu descontentamento, exigindo que se investigue todos esses escândalos que envolvem o PSDB. Exigindo que o judiciário não julgue seletivamente o que lhe interessa. Todas as vezes que conseguimos alguma mudança foi com a força do povo nas ruas. Acabamos de ver isso agora nas eleições recentes: sem a militância nas ruas, Dilma não ganhava. Não podemos exigir do PT e de Dilma que ajam por nós, pois os dois estão muito fragilizados e o golpe ronda o governo. Vamos às ruas…garanto que o judiciário, a PF, os políticos da oposição e a mídia golpista terão medo e se comportarão de modo bem diferente…

  9. irineu Almeida Baptista disse:

    Alguém comentou aqui que o povo tem memória curta. Infelizmente não é este o problema. Se fosse só memória curta do povo seria fácil resolvê-lo, porém, o que existe é uma Justiça totalmente corrompida. Digo isto com total liberdade e consciente do que pode isto me acarretar. O Ministério Público (Estadual e Federal) está totalmente infestado de pessoas do mais baixo nível moral e totalmente desonestos. Portanto, esperar que alguém, na justiça brasileira, vai fazer alguma coisa séria, me desculpem. Desistam…. Da mesma forma que as notícias saem de forma totalmente selecionadas p/ a imprensa o mesmo acontece com a justiça brasileira. Julgam, condenam ou absolvem, dependendo de qual cor é sua filiação partidária. O resto é fumaça nos olhos do povo….

  10. Ricardo disse:

    Fiz vários comentários em notícias políticas do site MSN. Como sempre, os comentários publicados de outros leitores eram todos contra o governo. Algum tempo depois voltei às mesmas notícias e…surpresa: todos os comentários foram apagados.

  11. Sta. Catarina disse:

    Que merda está acontecendo neste país? Ministério Público não deveria investigar TUDO, independente de legenda? Agora só investigam denúncias contra o governo federal?

    Cadê o incompetente do ministro da justiça deste país? Cadê o PT? Cadê a OAB? cadê qualquer coisa?

    Desculpem o desabafo, mas paciência tem limite.

  12. renato disse:

    Eu preciso entender.
    É claro que algumas informações trazer por consequência
    processos, e processos são ganhos só por poderosos.
    Vendo isto eu pergunto…
    Contra o PT todos eles são, isto é obvio.
    É declarado..
    Então qual é o problema?
    Por que o PT (todos), se mantem nas trincheiras, comendo
    enlatado e bebendo água da chuva.
    Enquanto os outros se refestelam em champanhe e caviar.
    Tenho sempre a impressão que somos cães livres com coleira
    curta.

  13. andre disse:

    Aconteceu o óbvio: TRE-MG desaprova prestação de contas do tucano Anastasia por omitir R$ 1 milhão
    A campanha do senador eleito Antonio Anastasia (PSDB) teve a prestação de contas desaprovada pelo corpo técnico do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). De acordo com o parecer conclusivo, foi verificada omissão de receitas e despesas, o que comprometeu a regularidade e a transparência das contas.

    Quatro irregularidades foram detectadas. Outras seis falhas não foram sanadas. Entre as irregularidades, verificou-se a omissão de receitas e movimentação de recursos fora da conta bancária de cerca de R$ 1 milhão.

    Desse montante, segundo alegou a campanha tucana, a quantia de R$ 900 mil veio de doação do Comitê Nacional para Presidente da República do PSDB. O recurso caiu de fato na conta da campanha do ex-governador. Mas o comitê informou um repasse de R$ 1,9 milhão.

    Devido à discrepância, foi solicitado ao PSDB nacional informação sobre o valor da doação, mas os técnicos da Corte Eleitoral não obtiveram resposta.

    “Em razão do exposto, permanece a inconsistência, o que configura indício de omissão de receitas no valor de R$ 997.868,50 e consequente movimentação de recursos fora da conta bancária, sem contrapartida em despesas”, diz o relatório conclusivo dos técnicos. A contabilidade de Anastasia foi enquadrada ainda por omissão de despesa no valor de R$ 64 mil, referente à contratação da Qualitsigns Visual Ltda. Para os técnicos, há indício de utilização de recursos fora da conta bancária da campanha.

    Segundo o prestador de contas, o boleto da nota foi devolvido e, por isso, a despesa não foi lançada. O fornecedor confirmou o cancelamento da despesa. Já os especialistas do tribunal realçaram que o candidato não informou o cancelamento da despesa. O fez somente após ser notificado da omissão.

    “Portanto, não restou provada razão para a não contabilização da despesa, caracterizando-se esta, portanto, como omissa”, diz o parecer técnico.

    Em outra irregularidade verificada, não foi apresentada documentação relativa à doação de uso de aeronave. Além de descrever o objeto e as condições de doação, o documento permitiria mostrar despesas com combustível e tripulação. Dessa forma, a descrição da aeronave apresentada não bate com as doações feitas pela Venac Veículos Nacionais no valor de R$ 141 mil.

    Conforme o relatório, há indício de burla à obrigatoriedade de trânsito de recursos financeiros pela conta bancária já que não foi provada a propriedade do bem. Do jornal Hoje em Dia de Minas.
    Aécio “leviano” Neves recebeu R$ 35 milhões de empresas da Lava Jato
    O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), arrecadou R$ 222,92 milhões em doações na última campanha eleitoral. Desse total, R$ 35,77 milhões, pouco mais de 16%, saíram de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, no âmbito das denúncias de corrupção e pagamento de propinas que envolvem a Petrobrás.

    Os dados foram obtidos com base nas prestações de contas eleitorais das campanhas, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em sua página na internet.

    O levantamento feito pela Agência PT de Notícias mostra também que, somado o valor doado ao candidato à Presidência com as doações ao diretório nacional do PSDB (R$ 174,29 milhões) e ao comitê nacional financeiro para presidente do partido, no valor de R$ 201,25 milhões, o caixa partidário reuniu R$ 598,47 milhões. Ou seja, mais de meio bilhão de reais.

    No primeiro levantamento feito pela reportagem, há uma semana, com base nos dados parciais de início de setembro divulgados pelo TSE, Aécio Neves registrava apenas R$ 4 milhões em doações das construtoras Odebrecht e OAS.

    Na prestação de contas final, outros quase R$ 31,8 milhões foram incorporados à arrecadação do candidato tucano. O atual levantamento registra doações também das associadas Queiroz Galvão, UTC e Andrade Gutierrez.

    Todas integram o “clube vip” do esquema de corrupção – como os próprios denunciados se referiam, em grampos autorizados pela justiça, ao grupo de empreiteiras que detém o controle das obras da estatal por meio de formação de um cartel.

    O esquema foi denunciado pelo ex-diretor Costa após fechar acordo de delação premiada com a Justiça Federal do Paraná.

    (Fonte: Agência PT)

  14. carlos disse:

    O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), arrecadou R$ 222,92 milhões em doações na última campanha eleitoral. Desse total, R$ 35,77 milhões, pouco mais de 16%, saíram de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, no âmbito das denúncias de corrupção e pagamento de propinas que envolvem a Petrobrás.

    Os dados foram obtidos com base nas prestações de contas eleitorais das campanhas, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em sua página na internet.

    O levantamento feito pela Agência PT de Notícias mostra também que, somado o valor doado ao candidato à Presidência com as doações ao diretório nacional do PSDB (R$ 174,29 milhões) e ao comitê nacional financeiro para presidente do partido, no valor de R$ 201,25 milhões, o caixa partidário reuniu R$ 598,47 milhões. Ou seja, mais de meio bilhão de reais.

    No primeiro levantamento feito pela reportagem, há uma semana, com base nos dados parciais de início de setembro divulgados pelo TSE, Aécio Neves registrava apenas R$ 4 milhões em doações das construtoras Odebrecht e OAS.

    Na prestação de contas final, outros quase R$ 31,8 milhões foram incorporados à arrecadação do candidato tucano. O atual levantamento registra doações também das associadas Queiroz Galvão, UTC e Andrade Gutierrez.

    Todas integram o “clube vip” do esquema de corrupção – como os próprios denunciados se referiam, em grampos autorizados pela justiça, ao grupo de empreiteiras que detém o controle das obras da estatal por meio de formação de um cartel.

    O esquema foi denunciado pelo ex-diretor Costa após fechar acordo de delação premiada com a Justiça Federal do Paraná.

  15. valdo disse:

    Fernando Brito! Entendo que quase tudo a democracia pode suportar. Mas a seletividade dos seus órgãos de controle (juridico/militar/institucional) é uma infecção que vai gangrenar a sociedade. As forças políticas e sociais vao se envenenando de tal forma, com as toxinas desta infecção, que o resultado final só pode descambar para movimentos imprevisíveis e de serias consequências, sob qualquer natureza que se possa pensar. O que temos acompanhado pelo Brasil a fora, inclusive em situçaoes locais, como de estado ou de municipios. No meu entender é o mais preocupante e grave dos problemas que vivemos no momento.

  16. wilson maejima disse:

    Existem hoje mais de uma dezena de grupos neonazistas operando no Brasil, congregando um total estimado entre dois e três mil ativistas organizados e um grande número de simpatizantes. Encontram-se espalhados sobretudo por São Paulo (com grande concentração na capital paulista ),Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal e Espírito Santo.

    Uma elite branca invasora e estrangeira – malcriada e antipatriota – corrupta e podre- vendilhona e entreguista – vagabunda e racista – e seu partido o PSDB – os filhotes da ditadura – assassina e torturadora …todos se enriqueceram com a escravização do povo BRASILEIRO e com a corrupção – CADEIA NELES !!! Guilhotinas neles !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *