Dr. Janot, tenha vergonha de ser um usurpador

janotdavos

Lê-se na Folha que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, vai falar amanhã a uma platéia de empresários que “Operação Lava Jato, que ele comanda e já mandou para a cadeia um punhado de executivos de grosso calibre, não é um ataque ao capitalismo.”

Eu procurei na Constituição e na Lei Orgânica do Ministério Público  para ver se havia alguma atribuição semelhante na legislação ao que vai fazer o Dr. Janot e não encontrei nada ligeiramente assemelhado, ao contrário.

O Ministério Público não tem funções de representação econômica ou diplomática.

Nem, muito menos, com defender o “capitalismo” ou o “socialismo”, seja para empresários ou para sindicatos.

No máximo este papel caberia ao Ministro da fazenda, das Relações Exteriores  ou da Justiça – o que, neste caso, nos leva a dar graças que não esteja sendo exercido.

O nome de quem toma a si uma representação que não é sua é, em português claro, o de usurpador.

Daqui a pouco, quem sabe, teremos o Dr. Sérgio Moro, em Davos, garantindo ao empresários um terreno seguro para investir, depois do “arrasa” feito nas empresas brasileiras pela corrupção que as la de fora praticam em igual gênero, número e grau.

Ou a Rolls Royce, que firmou acordo por suas propinas, é de Araraquara?

Mas o Dr. Janot, com passagens e estadia pagas pelo Erário, está lá na Suíça, desfilando a sua vaidade.

Oficialmente, as intervenções de Janot se inserem num “âmbito do que o Fórum batizou de Paci (sigla em inglês para Iniciativa de Parcerias contra a Corrupção)”.

Só que o Forum não é uma entidade diplomática, mas um evento privado, finaciado pelas mil empresas-membro da instituição.

Parece um destes encontros de  juízes numa Comandatuba sobre os Alpes.

Cordilheira que, como se sabe, não é tão alta quanto as vaidades e sedes de poder do Judiciário e seus apensos, hoje, no Brasil.

 

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

28 Respostas

  1. Manu disse:

    Eu gosto de ver é os julgamentos STF, janot não ganha uma, tudo que ele opina os ministros votam ao contrário, impressionante

  2. Trazibulo Meireles disse:

    A que ponto está chegando o Brasil com esses pavões do MP pagos com o nosso suado dinheiro, vai trabalhar honestamente traíra, golpista.

  3. C.Poivre disse:

    Ele foi lá pra dar satisfação sobre a sua efetiva contribuição no Golpe de Estado de 2016 por ação de traidores como ele.

    CRIME DE TRAIÇÃO À PÁTRIA:
    “Art. 13 da Lei 7.170/83 – Comunicar, entregar ou permitir a comunicação ou a entrega, a governo ou grupo estrangeiro, ou a organização ou grupo de existência ilegal, de dados, documentos ou cópias de documentos, planos, códigos, cifras ou assuntos que, no interesse do Estado brasileiro, são classificados como sigilosos.
    Pena: reclusão, de 3 a 15 anos.”

    https://dinamicaglobal.wordpress.com/2017/01/01/corrupcao-ou-traicao-o-brasil-e-o-pais-derrotado-na-guerra-que-nao-guerreou/

  4. roberto disse:

    Trata-se do proverbial IDIOTA COM INICIATIVA, figura temida, pois às vezes líquida com a instituição a que presta “deserviço”.

  5. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    C. POIVRE: Sendo assim, o Moro já deveria estar preso por sua ligação com os EUA. STF, e aí? Não vem ao caso? Não, claro que não.

    • C.Poivre disse:

      Luiz Carlos, na minha modesta opinião todos os envolvidos nesta conspiração secreta com agentes estrangeiros deveriam ser acusados de traição. Numa palestra no RS o Procurador Eugênio Aragão revelou que no início da entrega de informações aos estrangeiros a AGU (à época comandada por Luís Adams) tentou insistentemente participar das tais reuniões ocorridas nos EUA mas Janot teria dito que se ele fosse não entraria no recinto da reunião. Sem a AGU as ações dos agentes públicos brasileiros nesse caso foram flagrantemente ilegais.

  6. Irion disse:

    Com uns tipos desses (traíras da Pátria) o Brasil só pode ir pro buraco!

    • Tomás disse:

      O Brasil, peru com farofa de que o Delfim falava, já está parcialmente comido. Em Davos a plateia toda tem dois cifrões no lugar dos olhos. Janot vai fazê-los tilintar e lamber os beiços.

  7. Luiz Carlos P. Oliveira disse:

    E aí coxinhas? O que pensam? Os golpistas jogam pesado para eternizar-se no poder ou não? Em São Paulo já estão a vinte anos e não querem nem ouvir em “alternância no poder” apesar de pregarem isso nos estados que não governam. Bonitinho, não? Até quando vocês ficarão cegos? Até não restar nada do país? Oh, o gás também já foi, à exemplo do petróleo. A informação da aeronáutica também já está indo. E a opinião de vocês?

  8. Patrice L disse:

    Li que ele vai defender a Leva Jeito como boa para o mercado porque combate o capitalismo de compadrio.

    De compadrio ele entende bem: no início de maio deu 90 dias para o Aécio se explicar sobre Furnas.

    Roncando aguardo zzzzzzzz….

    E nem quero me referir ao capitalismo de compadrio com empresas estrangeiras substituindo a detonada engenharia nacional.

  9. Márcio Martins disse:

    Já notei que este Janot é um janota, VAIDOSO!

    • Márcio Martins disse:

      Mas, convenhamos, será que lá nos alpes ele será notado? Talvez pelo cabelo, pelo porte, mas, pelas palavras…tenho minhas dúvidas.

  10. Schell disse:

    Impressiona a corrupção generalizada dessas ditas instituições, gastando milhões com o que não lhes diz respeito, usurpando atribuições e, principalmente, viajando (primeiríssima classe, não?) à larga pros states e oropas da vida. Mais criminoso, impossível.

  11. antonimo disse:

    Estevão Zanchetta você é um merda. Vai caçar uma rola seu bosta. Neste blog está todo mundo cahando pra sua merda, bostão, bunda mole.

  12. Nelson disse:

    Numa revista MAD lá da década de 1980, o Alfred Neumann escrevia uma frase lapidar:
    “Um país capitalista se faz com homens corruptos e livros caixas rasurados”. Então, a Lava Jato é, sim, um “ataque ao capitalismo”, Sr Janota.

    O Janot é um sujeitinho desprezível, para dizer o menos.

  13. Mauricio disse:

    “O nome de quem toma a si uma representação que não é sua é, em português claro, o de usurpador.”

    Eu discordo, o nome disso é filho da puta mesmo.

  14. Maria Rita disse:

    Mais um entreguista que confessa por livre e espontânea vaidade seu crime de lesa pátria. Nem precisa de delator. Ô homi pequeno esse…

  15. Miguel Silva disse:

    Quem mandou esse pavão para Davos? Quem está pagando a conta da viagem? Como podem Judiciário e MP se queixarem tanto de falta de pessoal e excesso de serviço, mas juízes e procuradores vivem em tour pelo mundo.

  16. Valter disse:

    “…e nós aqui parados com a boca cheia de dentes esperando a morte chegar.” (Raul Seixas)

  17. mz disse:

    Aproveita e fala que pode dar propina à vontade para tucano que ele garante, se necessário tem ministro do stf para matar no peito.

    • Paulo Rodrigues disse:

      Matou a pau MZ, acho que é isso mesmo que ele vai fazer lá, deixar claro que o esquema tem que ser com o PSDB, aí é garantido que ninguém investiga.

  18. Heitor disse:

    O Dellagnol pôde fazer política em igrejas.
    O Moro pode fazer política na mídia.
    O Janot pode fazer política com empresários.
    O Gilmar pode tudo.

    É o MP quer calar o reitor dá UFRJ.

  19. Vitor disse:

    E o Trabucão, queridinho de Dilma, destruiu o Governo dela em Davos. Essas incoerências acabaram com ela….

  20. Nai disse:

    Vergonha temos nós! Doses cavalares de vergonha alheia!

  21. Tomás disse:

    Os empresários fariam muito melhor se chamassem um pastor, um padre, um mufti e um rabino para fazerem uma celebração ecumênica em favor do país. Eles não têm que ficar de um lado e o Janot de outro, falando. Todos eles são responsáveis pelo desastre que foi o rompimento da democracia e a ruína econômica do Brasil, e estão do mesmo lado e no mesmo barco. E talvez fosse também conveniente chamar uma ialorixá e um pajé, para uma limpeza geral e uma pajelança em alto estilo.

  22. Tomás disse:

    Que espécie de diversionismo é isso? Claro que a Lava Jato do Janot não é um ataque ao capitalismo. É apenas um ataque ao capitalismo brasileiro, em favor do capitalismo americano. Um tombo econômico de 300 bilhões de dólares e um tombo social de 10 milhões de empregos. Como Janot vai justificar isso?

    • Tomás disse:

      E tem mais: Estes bobões vão dar satisfações aos banqueiros do mundo? Eles é que estão no topo do comando do país? E Janot é que vai pedir investimento, pelo amor de Deus? O Brasil já estava sem governo, mas agora também já não tem vergonha. Dia virá em que em Davos haverá uma fila de funcionários da justiça brasileira para apresentar seus relatórios.

  23. Pafúncio Brasileiro disse:

    Está se aproximando a hora destes trancas-traíras de começarem a se preocupar com o dia de amanhã. Vão ter que cair fora do País. Não terão clima para ficar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *