Começou o “chororô” das vivandeiras de quartel…

vivandeira

Vivandeira, na sua origem, era a palavra que descrevia as mulheres que seguiam, no passado, os deslocamentos das tropas de infantaria, vendendo ou entregando aos soldados comida, bebida e outras “conveniências”, diríamos.

Por extensão, no pré-64, a direita udenista, incapaz de ganhar eleições, ganhou a palavra como nome. Eram as “vivandeiras de quartel”, apelando ao golpe militar como alternativa à sua incapacidade eleitoral.

Levaram 10  anos chorando, desde a eleição de Juscelino até o golpe de 1964.

Agora, quando recomeçam, e pelas mesmas razões, é bom ler o que traz, hoje, a coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

Que os chefes militares mandam essa turma ir passear com suas faixas na Paulista, não ali.

Não se tem notícia, aliás, que seja outra a reação dos militares.

Mas é bom que se cuide das lágrimas de jacaré da nossa direita, porque água mole…

Chefes das Forças Armadas rechaçam pedidos de volta dos militares ao poder

As manifestações para que os militares voltem ao poder no Brasil são rechaçadas com veemência pelos comandantes das Forças Armadas. “Os militares estão totalmente inseridos na democracia e não vão voltar. Isso eu garanto”, disse à coluna o almirante Julio Soares de Moura Neto, comandante da Marinha.

A QUEM INTERESSA?
“Não sei quem anda inventando isso [manifestações pela volta dos militares ao poder], mas não faz o menor sentido. Os militares só voltam em seu papel institucional, que é o que têm hoje”, completa Moura Neto.

EXTREMISTAS
“São opiniões de extremistas”, diz o tenente-brigadeiro Juniti Saito, comandante da Aeronáutica. “[A volta dos militares] é algo impossível de acontecer. Só quem poderia tentar fazer isso é o pessoal da ativa [das Forças Armadas]. E, como nós não queremos nada nesse sentido, não há a menor chance de essas ideias evoluírem.”

NADA SÉRIO
“Nós vivemos há muitos anos em um ambiente de absoluta normalidade”, reforça o comandante do Exército, general Enzo Peri.

“Vejo essas manifestações com naturalidade, mas elas não devem ter qualquer outra conotação”, diz ele.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

33 Respostas

  1. jmb disse:

    O golpe tenta ser o golpe paraguaio, essa justiça que não foi democratizada é o maior perigo para a democracia, discuti-la é prioridade. O Congresso tem a obrigação de exonerar esses cretinos, basta um que os outros correm. São covardes, não se iludão.

    • Celso Junqueira disse:

      É só pisar no rabo de um deles, por exemplo, Gilmar Mendes que os outros saem correndo.

      • Scan disse:

        Concordo, Celso.
        Só precisamos achar alguém que pise…O problema é que esse congresso é muito mais covarde do que o judiciário. Quem vai pisar em quem e onde?

  2. Rita disse:

    ….enquanto isto, na página do meu e-mail:

    “Perícia comprova pagamentos de Alberto Youssef a empresas de réu do mensalão

    economia
    Com preço na lona, esta é a hora de comprar ações da Petrobras?

    Baixa atividade econômica, escândalo de lavagem e desvio de dinheiro e perda da credibilidade influenciam”

    Resultado: estou indo ao médico.
    Previsão:a doença terá se alastrado pra outros cantos?
    Epílogo:………………

    Acorda, amor, eu tive um pesadelo agora, sonhei que tinha gente lá fora……..

  3. Iskra disse:

    Todo esse movimento tem uma intenção bastante clara, desgastar o Governo e sobretudo o PT de modo a criar um clima insustentável para 2018.
    Óbvio que ocorrendo uma chance, tentarão emplacar a absurda ideia de impedimento , mas sabem do tamanho do muro para escalar, contudo, podem inviabilizar no imaginário coletivo um cenário promissor para Lula em 2018.
    Felizmente esta turma da direita ( muito menos raivosa por lá ) operou tanto na “previsibilidade” mercadológica na Europa que surgiu o PODEMOS na Espanha, aqui quem sabe, mesmo com toda indigência intelectual de nossa gente, precisaríamos de um partido de esquerda nos mesmos moldes, talvez com um nome mais sugestivo que o congênere espanhol, quem sabe pudesse chamar PRECISAMOS, pois há muito a varrer e incinerar, uma vez que poucas vezes nossa direita produziu tanto LIXO.

  4. lenilton disse:

    A questão maior de tudo isso que estar acontecendo em nosso país é a descoberta do pré-sal,os tucanos já prometeram por duas vezes que caso seja eleito,iriam modificar a forma de partilha para um outro tipo e entregar para os USA.Acontece que os tucanos perderam mais uma vez e AGORA tentam ganhar no tapetão do TSE ou do STF.

  5. Leonardo disse:

    É o petróleo, estúpido! A CIA não brinca em serviço. E a gestora (que há 4 anos não se senta a mesa como PresidentA), calada.

    Ela, realmente, deve ter gostado muito de ter sido torturada. Basta ver como gosta de apanhar.

  6. helio disse:

    MARCELO MENDRONI-PROMOTOR DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO/“Não há uma cidade, um Estado no Brasil,sem obra superfaturada.”

  7. Werner disse:

    Está na hora dos governos do PT acertarem na indicação dos juizes do supremo, chega de barbosa, fux, tofoli, etc. Que tal Tarso, De Sanctis e outros menos comprometidos com a extrema direita?

    • AT disse:

      Werner!
      Boa idéia ou tens uma boa fonte???

      Tarso Genro, seria um golaço da Dilma para o Supremo. Muito bem lembrado.
      Apóio e vamos fazer corrente.
      Antes que o Ministro Devagar Cardoso chegue antes.

      • Scan disse:

        Se o Zé for indicado pra qualquer coisa que seja mais do que porteiro de casa de tolerância, será um acinte a todos nós que lutamos pra colocar a Dilma lá de novo.
        Se Dilma indicá-lo estará demonstrando total e completo desprezo às forças progressistas desse país.
        Não quero nem imaginar que ela se atreva.

  8. Sergio Govea disse:

    Fernando Brito,

    A água não é mole não… a direita superfaturada tenta com força.

    Mas, os cabeças são pessoas de mãos limpas.

    A arma da direita é o dinheiro.

    É o dinheiro fácil proveniente dessa dívida inauditável que produz canalhas do naipe de merval, gilmar, reinaldo e similares.

    Mas, o que me foi dito ontem de manhã (antes de sair essa matéria da Mônica) é que os cabeças são pessoas de mãos limpas.

    E disse ainda ( apenas repito-lhe as palavras ) que Dilma é aparentemente fraquinha, mas está calçada…calçadíssima.

    Não há, portanto paralelo direto entre Dilma e Getúlio.

    Arriscaria mesmo a dizer mais duas coisas, as quais poderiam perfeitamente ser objeto de matéria sua aqui no Blog:

    a) o PMDB é o fiel da balança política e as bancadas do PMDB são muito mais bem informadas do que eu. Por isso, acredito que Cunha não se elege presidente da Câmara e que Dilma terá maioria no Congresso;

    b) O PMDB sabe como funciona ser aliado da dupla DEM / PSDB e sabe como funciona ser aliado do PT. O PT dá mais espaço e tem margem de manobra dentro da nossa democracia possível e fática… ou seja, não é provável que parlamentares arquem com as consequências de qualquer tipo de golpe de Estado, apenas para ter como aliado um governo do PSDB ou do próprio PMDB. Principalmente, porque o governo da Dilma é um bom governo ( diante do cenário internacional ) e porque não faz nenhum sentido republicano sair por aí, aceitando armadilhas fantasiosas de quem quer mesmo é a volta da boa corrupção.

    Entretanto, entendo que é importante que o governo coloque na linha de frente um articulador político experiente…à altura das expectativas.

    Você… blogueiro de sucesso… deve aceitar o meu pedido de incentivo às mobilizações populares, dando destaque à necessidade de apoio popular à nossa presidente.

    Democracia .. a gente vê por aqui… plim plim.

  9. Antonio Cunha disse:

    As vivandeiras choraram durante 10 anos, de 1954 a 1964.

    Agora estão chorando há 12 anos.

  10. Antonio - SC disse:

    Este tipo de manifestação mostra o quanto são arrogantes estes milicos. Olha só ” …Isso EU garanto…” . Pô, que cara legal!!!
    Manifestação como esta nos remete a Republica das Bananas.

  11. SAMWISE disse:

    Golpismo se combate mostrando força política (com uma base sólida no Congresso), social (com os movimentos sociais defendendo suas conquistas), e popular. O governo precisa atuar de forma pragmática no Congresso, para recompor sua base política. Mas não pode esquecer de recompor sua base popular, reconquistando a Classe C, especialmente a do Centro-Sul do país. Recomendo os textos abaixo, que fazem uma reflexão sobre o assunto:

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR2.html#

    http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR.html

  12. Runas Waldan disse:

    Contra Dilma podem estar os EUA, mas a favor ela têm a China, Rússia, Índia, África do Sul. Todos têm altíssimos interesses com o Brasil nas mãos de Dilma. Portanto, o amigo Sergio Govea tá certo em seu comentário, ela está calçadíssima. Podemos dizer que os EUA não tem mais aquela hegemonia, os estadunidenses estão desinteressados muito mesmo até em seu próprio país, nas eleições recentes de lá, estaduais, só 36 % compareceu para votar. Observem que os americanos estão cada vez mais se divertindo com tatuagens em todo o corpo, parece que estão olhando muito para o espelho. A maior potência que apoia Dilma é mesmo além dos outros dos Brics, a potência Brasil, a potência de eleitores firmes e conscientes que não só votaram em Dilma, mas que tem mesmo é vontade de acabar com a raça da direita, desaforada, raivosa, desavergonhada e desonesta. O capitão mor dessa direita é sem dúvida o Gilmar Mendes. Por isso precisamos de um trio como Requião, Jaques Wagner e Ciro Gomes para peitar esse bandido e levá-lo pra cadeia. Assim o resto fica mais fácil. O tal de Cunha não passa nessa peneira. Daqui a 4 anos o Brasil será realmente uma potência. Dilma tá calçada não é de havaianas, mas de Botas 70 léguas, chutarrá todas as pedras do caminho.

  13. José Carlos Vieira Filho disse:

    É simples: o império não conseguiu o que queria com a Rússia/Putim.
    Como precisa desesperadamente desmontar os BRICS, e suas alianças, está tentando no Brasil usando sua quinta coluna.

  14. Quem não se comunica se trumbica disse:

    Se fizesse parte da equipe de comunicação do governo eu teria sugerido que, duas semanas atrás, no auge das manifestações da direita radical, os ministros militares, juntamente com a presidenta e o ministro da justiça, dessem uma entrevista coletiva para fazer as pertinentes observações citadas no post. Teria sido um golaço a favor do governo e um balde de água fria no ímpeto golpista dos radicais da avenida paulista. Fico com a nítida sensação de que o pessoal da área de comunicação não sabe … comunicar… com o povo brasileiro.

  15. Sidnei Brito disse:

    Os clamores aos militares é só para disfarçar.
    Essa turma sabe bem de onde, hoje, é possível vir o golpe.
    Fingem-se de vivandeiras de quartel, mas são, em realidade, vivandeiras do Judiciário.
    Não nos iludamos.

  16. Maria Rita disse:

    Os lixões do Rio de Janeiro e de São Paulo ficam em prédios modernissimos: endereços da Globo. E essas marmotas da direita quando são chamadas ficam iguais a pintos no lixo. É o seu habitat superficial, verdadeiro trEco-ambiental.

  17. Leici disse:

    No ano em que se completa 50 anos do golpe militar e em que se investigam os torturadores, o pedido por uma nova intervenção militar é um deboche. Deboche com as famílias destruídas, que perderam filhos, pais, irmãos. Deboche com aqueles que lutaram para a reconquista da democracia. Democracia é o que queremos, NADA justifica um golpe militar.

  18. Alcides Carpinteiro disse:

    Prezado Fernando Brito,
    500 anos não são desfeitos em 12. A turma que sempre comandou os cordéis parece ter cansado de esperar. Decidiu dar uma pausa no regime democrático, tomar o poder por vias heterodoxas, e depois retomar a normalidade democrática, já com com o controle nas mãos.
    Nunca chegaram tão perto de recuperar o poder no voto. Na próxima serão favoritos, enxergando a situação de agora, mas quatro anos é muito tempo e coisas imprevisíveis podem ocorrer para anular o favoritismo.
    O problema é que o planejado pode não se concretizar. Os golpistas de 64 chamaram os militares, mas eles não seguiram a partitura que lhes foi entregue e improvisaram.
    Um golpe judiciário-midiático poderá jogar o país na ingovernabilidade, visto que a esquerda não ficará observando a cena. Protestos, greves, balbúrdia poderá ser o resultado. Isto sim, chama os militares. Uma vez que eles tenham os instrumentos nas mãos, passarão a tocar a própria música.
    Em 64, Lacerda ganhou, ms não levou. Que os golpistas de hoje abram os olhos, pois poderão ficar de fora da divisão do butim.Trabalharão para os outros. Para os verdadeiramente espertos.

  19. Angela Maria disse:

    Pessoal ficar aqui discutindo os que os outros estão fazendo ajuda a esclarecer ideias mas estas não moverão montanhas sem ação – aquelas montanhas que queremos mover como (Reforma Política, Constituinte Exclusiva , Regulação da Mídia) não acontecerão se não começarmos a trabalhar no miudinho, junto à população. O instituto millenium está ai direcionand o povo da rua que quer militares de volt ao poder, deposição da presidenta, etc é tudo arquitetação dos cabeças do psdb aliados à midia hegemônica e as mulas trabalham para eles marchando nas ruas(conscientemente ou inconscientemente ). Pode dar certo pode não dar certo. Por outro lado nós precisamos fazer a nossa parte – Por exemplo entrando e auxiliando nos Comitê locais e estaduais pela Constituinte da reforma política, os comitês que debatem a regulação da midia, entre outros temas. Como exemplo os blogueiros progressistas que azem muito bem a parte deles, dioturnamente desmentem os factóides da mídia piguenta, propõe reflexões, busca informações nas entrelinhas, pratica o jornalismo na acepção da palavra.Outro exemplo o Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé debate regulação da mídia,constrói estratégias, é por aí, enquanto cidadãos e cidadãs, teremos muito trabalho pela frente na militância para avançar na construção de uma cidadania plena, organizemo-nos, luta é árdua!

  20. henrique de oliveira disse:

    Golpe? Que golpe? só tem covardes e canalhas nessas “manifestações” começando por Lobão , não existe golpe com covardes que chamam as forças armadas para apoia-los e agora com esse recado dos comandantes tem que enfiar o rabo no meio das pernas.Se tentarem um golpe paraguaio ai vão ter que enfrentar o exercito do povo, sera que aguentam.
    Perderam democraticamente , calem a boca e tentem daqui a 4 anos.Hoje as forças armadas brasileira não tem mais os bandidos de fardados de 64.

  21. Mauro Bento disse:

    Prestes acreditou no compromisso das FA com a legalidade, 06(seis) malas com US$ bastaram para o Gen. Kruel legalizar o golpe de 1964.Os trabalhadores só devem confiar nos militares que abrirem seus arsenais e distribuirem as armas ao povo,fora disto sempre mereceram desconfiança e serão muito suspeitos.

  22. tiao disse:

    Pois é bom a gente se preparar,porque eles querem é isto mesmo.Pois que eles fiquem sabendo que o pau vai comer.Não vai ser aquela baba que foi em 64 não.

  23. Luís Eufrásio disse:

    Os tucanistas e a imprensa fuleira deste país que se preparem para o pior. Se ousarem dar o golpe, muitos deles provarão “o gosto das formigas” antes do tempo!
    A maioria dos brasileiros não aceitarão golpe!

  24. Miguel Oliveira disse:

    Sugestão para Dilma : Ricardo Lewandowski para Ministro da Justiça e Ptotógenes Queirós para Diretor Geral da Polícia Federal

  25. Wilson Garcia disse:

    Vamos convenhamos gente,nossos militares da ativa hoje são uma força legalista, e sabem que devem obediência ao estado democrático e de direito e não mais a golpes.a direita que e minoritária nos sabemos que só teve tanso votos na ultima hora, porque deu um golpe midiático no ultimo minuto todos sabemos disso, com ajuda de uma mídia que vem doutrinado um golpe de mentiras e manipulação a anos, e o nosso governo progressista e culpado por ter permitido que este meios de comunicação continuassem com tanto poder neste últimos anos.espero que tenhamos acordado e daqui pra frente o governo trabalhe,duramente este lado da comunicação no brasil. porque se não a imprensa golpista continuara corrompendo a opinião publica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *