Com minhas desculpas ao DCM, entramos no triplex dos Marinho em Paraty

marinho1

O DCM publica as aventuras do repórter Renan Antunes de Oliveira mostrando a ilegalíssima mansão  triplex dos Marinho em Paraty.

Imperdível a leitura, tanto pelas chicanas jurídicas que envolvem a construção irregular que já se mandou demolir quanto pelas peripécias e ousadias necessárias a chegar-se (perto) de uma praia pública.

Mas se o Renan foi, diversas vezes, convidado a se retirar de perto do triplex global, este blog aqui,  a convite do Google, foi convidado a entrar.

E ver com detalhes o que pode comprar o dinheiro de uma concessão pública, porque é isso o que é a Globo, igualzinha a uma empresa de ônibus

É de ficar de queixo caído.

Não tem garça de cerâmica, nem pedalinho, como em Atibaia.

É só olhar.

PS. Direito de Resposta: Leia aqui o pedido de esclarecimento de João Roberto Marinho, negando que a família tenha relação com a casa e as empresas que detêm  sua propriedade formal .

 

marinho5marinho6

 

marinho7marinho4

marinho3

marinho2

E o gran finale, a planta do térreo em inglês, onde a churrasqueira é barbecue:

marinh8

Ficou curioso sobre o que é “reflecting pool”? É um lago, interno, de águas cristalinas, para que os deuses se vejam refletidos nas águas enquanto sobem a escada.

marinh9

Comentários no Facebook