Colunista de O Globo diz que comando da economia passou a Jucá, o Caju da da Odebrecht

cajumeirelles

Jorge Bastos Moreno, melhor fonte impossível para o que se passa junto de Michel Temer, diz em sua coluna que as resistências da equipe econômica (leia-se Henrique Meirelles) a medidas polêmicas como a edição de um novo financiamento às dívidas como Fisco, o uso dos depósitos do FGTS para os bancos engolirem o dinheiro com o pagamento de dívidas e a redução dos depósitos compulsórios do sistema bancário (interferindo, portanto, no Banco Central) estão sendo dribladas com a preparação do pacote por um novo comandante, na prática, da economia.

Nada menos que o Senador Romero Jucá, o Caju da delação da Odebrecht:

Por isso, parte substancial desse pacote está sendo concebida no gabinete do líder do governo no Congresso, Romero Jucá. Jucá, que já ocupa informalmente o ministério do Planejamento, do qual nunca se afastou, está assumindo asa rédeas de toda a política econômica do governo. Tanto que nas conversas de ontem no Jaburu, apesar de ter tido sua presença anunciada, Meirelles não esteve presente em nenhuma delas. E olha que, em todas elas, as discussões foram todas ela em torno da política econômica.

A ladeira está virando um bueiro.

Comentários no Facebook