Cantareira e Alto Tietê arruinados, “gambiarras de Alckmin” vão à Billings

altotiete

Os dois principais sistemas de abastecimento de água de São Paulo sofreram, ao longo do mês de agosto, a pior redução de sua história.

 

Cantareira e Alto Tietê perderam , juntos, 50 bilhões de litros de água.

 

As perdas no Cantareira, do dia 30 de julho a hoje levaram o volume de 10,5% negativos (ou seja, abaixo do “zero normal”, sem considerar o “volume morto” pra menos 13,5%.

 

As do sistema Alto Tietê, sobrecarregado para compensar a menor vazão do Cantareira teve queda maior.

 

Baixou 4,4%: de 18,4% do volume total para 14%.

 

A semana de chuvas pouco influiu na situação e a previsão – com todas as ressalvas que previsões meteorológicas merecem – é de que só em outubro a estação chuvosa chegue, com volumes modestos de precipitação.

 

É, ao menos, o que noticia hoje o Estadão.

 

O governo paulista continua apelando para as “gambiarras”.

 

Primeiro, as bombas do “volume morto” no Cantareira , depois a drenagem do Alto Tietê para substituir a água que não vinha mais de lá, reduzida a menos da metade (de 33 , hoje não chega a 16).

 

Agora, Alckmin anuncia a retirada de água da Billings- para o Taiaçupeba, uma das represas do Alto Tietê.

 

O “probleminha” é que retirar 4 metros cúbicos por segundo da Billings é, quase, dobrar a vazão do Sistema Rio Grande, do qual ela é o centro…

 

E como a capacidade do reservatório é pequena diante dos Outros (um décimo do Cantareira e um quinto do Alto Tietê), a falta de chuvas a faz baixar mais rapidamente: ao longo do mês de agosto caiu cerca de 8%.

 

O Governo de São Paulo, com a água, parece um cidadão arruinado, mas com contas em vários bancos: vai tirando de um para não “estourar” o outro, que já entrou no saldo negativo. E assim vai ficando, em todos.

 

Mas isso, claro. não merece uma análise de Miriam Leitão, sempre tão focada em dizer que os efeitos da seca sobre o sistema elétrico nacional são resultado da incapacidade de Dilma Rousseff, mas sobre Alckmin são culpa de São Pedro.

Comentários no Facebook

17 Respostas

  1. Antonio disse:

    O sistema Alto Tietê dificilmente volta a se recuperar mesmo com chuvas.
    A CETESB que é controlada pelo governo do estado há uns dez anos liberou toda a região de Mogi/Salesópolis, áreas de manancial, para a plantação de eucaliptos que atendem uma grande indústria de celulose em Jacareí. Antes traziam de Itararé, Capão Bonito, agora colhem o eucalipto na porta da fábrica.
    A maior vazão desse reservatório vinha de olhos d’água que agora estão secos.
    Com o Cantareira foi o mesmo, toda a região acima da serra até o Sul de Minas virou, condomínio, haras, distritos industriais e onde não pode ser feito nada disso plantam eucaliptos.
    As terras dessas regiões tinham preços muito baixos, eram reservas protegidas e pouco podia ser feito com elas.
    Uma pergunta que eu gostaria de ver respondida:
    – Quem comprou essas terras pouco antes da CETESB autorizar as mudanças e as revendeu com um lucro inimaginável?

    • Antonio disse:

      complementando:
      A plantação de eucaliptos tem avançado pelo Vale do Paraíba.

      • Re disse:

        Eu disse no começo dessa tragédia anunciada e repito: isto vai passar para a História como o maior descalabro de gestão pública. Provado e comprovado – há documento no site da Assembleia Legislativa que mostra que desde 1999 sabiam que a situação chegaria a um ponto insustentável. Há o estudo de projeções para 2015 encomendado pelo Serra em 2007 que mostra que chegaríamos a um quadro gravíssimo. O DCM fez a série de matérias com financiamento coletivo. Tudo ficará bem registrado para a História. O sr. Alckmin, apesar de médico, não se preocupou com a Saúde Pública. Hepatite, diarreia, febre, etc. fazem parte da população sofrer. Em Osasco prometeram caixas d’água que ainda não chegaram. E assim vão os lucros da Sabesp engordando as contas de quem pode fugir quando não houver mais água por aqui.

        • Eliane ex-SP, agora RS disse:

          Rouboanel também foi construído em terras de mananciais. Não adiantou a população da região de Taboão da Serra, Embu, Itapecerica da Serra etc se mobilizar para impedir mais este descalabro. As prefeituras dessas cidades também se mobilizaram, não teve jeito.

    • marta disse:

      A atuação da CETESB tem sido criminosa. Áreas de reservas e de mananciais em toda a serra da Cantareira e aqui, na região de Atibaia até Minas não há o que continue sendo protegido de fato, exceto micro reservas que sozinhas não vão funcionar por muito tempo. É o que você diz: condomínios, haras, pequenos shoppings ocupando áreas imensas de beira de mata, distritos industriais, loteamentos de todos os tipos, sítios inteiros e fazendinhas com mata nativa nas mãos das imobiliárias, desmatamento acelerado para plantio de eucaliptos ou apenas pasto. A CETESB tem sido uma ótima parceria das prefeituras irresponsáveis e criminosas que transformam imensas áreas rurais em urbanas apenas para lotear, produzir lucros especulativos para os próprios políticos e seus financiadores e arrecadar mais IPTU. Os rios e nascentes começam a se ressentir também por aqui, é óbvio, e o sistema Cantareira está destinado à ruína total. Não falta muito. E o pessoal continua loteando sem parar e sem dó nem piedade. Sabe o pior? os poucos funcionários decentes das áreas de meio ambiente, da polícia florestal e da prefeitura acabam desistindo, jogam a toalha porque a CETESB e os juízes desonestos somam forças e torna-se impossível lutar contra a lei de um território cada vez mais sem lei. Vão ver seus netos morrerem de sede, todos eles. E nada poderão fazer.

  2. Heitor disse:

    Lembram da votação do Código Florestal? O governo queria estipular uma área de preservação de matas ciliares muito maior que a aprovada. Agora gostaria de ver a opinião dos senhores da direita, que gritam Fora Dilma, mas não se importaram com o meio ambiente. Vão cobrar de quem? Tá arriscado ainda a Globo dizer que foi culpa do Lula.

    • jossimar disse:

      Tá arriscado não, pode ter certeza que a globo provará por A+B que a culpa é do PT.
      E o povo acreditará na globo. Vão continuar acreditando mesmo após abandonarem suas casas ou morrerem de sede por falta de água.
      É o preço da burrice.

  3. edir disse:

    Fernado Brito, de uma olhada nesse vídeo . https://www.youtube.com/watch?v=IbGMh9eTxYQ

  4. Djijo disse:

    O próximo pedido/lei do governador deverá ser para a população pobre tomar manho uma vez por semana.

  5. José Ademar disse:

    Falando sério só quem pode resolver isso são os heróis Jaspion e Darteina ou então o maravilhoso piloto Valentino Rossi que deu um show hoje em Silverstone vencendo o GP da Inglaterra debaixo de muita água.

    Alguém sabe dizer se São Paulo-SP tem Governador?

  6. marco disse:

    Ora!Ora!Ora! Os paulistas não gostam deles?Pois que façam algum sacrifício pelos seus Heróis!Bebam mijo!

  7. Alex Herren disse:

    Esta fácil resolver a crise hídrica de sumpaulo, basta captar água nas marginais Tietê e Pinheiros e servi-la aos coxinh… digo paulistas. Já que eles gostam tanto de m…., vão ter um prato cheio.

  8. Manoel Coelho disse:

    Na Zona Norte de São Paulo só temos água das 10:00 ‘as 13:00, difícil é olhar com a cara de pau do governador, que diz não ocorrer racionamento.
    Pior de tudo é a blindagem da mídia que tem o rabo preso com o governador.

  9. Márcio dos Reis Duarte disse:

    Ai esse assunto já cansou … já que nada acontece com os tucanos …

  10. leandro oliveira disse:

    Miriam leitão não toma água … ela toma esgoto …

  11. Marcelo disse:

    É o Pinóquio de madeira seca de Pinheirinho. Não tem como esperar nada dele além do pior. DEMÔNIO!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *