Bob Fernandes: investigam a morte de Nego, mas não os “seus neguinhos”

bobnego

Bob Fernandes mostra, com simplicidade e evidência, a patética parcialidade com que se fazem investigações no Brasil, em seu comentário na TV Gazeta.

Sergio Cabral e Fernando Cavendish já não dividem guardanapos como naquela farra em Paris, em 2009. Agora se acusam de corrupção.

Espantosa, e reveladora, a lentidão para descobrirem Cabral, e o Cavendish da empreiteira Delta. A 30 de abril de 2012 dizíamos aqui:

A Delta, do Cavendish, é o coração e cofre na mira (…) no Rio, do Cabral,  tem contratos de mais de 1,5 bilhão.

 A 21 de novembro de 2012 contamos aqui: conhecido como “Paulo Preto”, ex-diretor da Dersa no governo Serra, Paulo Vieira de Souza dizia e:

-Se abrir as contas do Rio e São Paulo, o Brasil cai.

Dois anos depois viria a Lava Jato. Mas os rapazes não prestaram atenção, a tempo, nas contas. Que estavam todas nos computadores das empreiteiras. 

Compreensível. O circuito São Bernardo-Atibaia-Guarujá exigiu todo foco e atenção.

A Odebrechet disse ter depositado R$ 23 milhões para Serra. Na Suíça. Serra estuda candidatar-se ao governo de São Paulo.

 A Procuradora Raquel Dodge informa: grande parte das acusações contra Serra já prescreveu. Não vale mais.

E  Serra estuda suceder Alckmin. A Odebrechet delatou: deu R$ 10 milhões para o cunhado de Alckmin. Seria Caixa 2 para uma campanha do governador… 

Só agora, 22 de novembro, o STJ recebeu denúncia contra Alckmin. A depender, sem tempo para decisão definitiva antes da eleição. 

Hoje falamos aqui do Descobrimento do Cabral. Foi tardio. Desde muito antes sua casa de R$ 8 milhões, em Mangaratiba, já era um prontuário em si mesma.

Na Polícia, na Política, na Justiça, em casas do Jornalismo, quem sabe das coisas sabia. Por que quem tinha os Meios para dizer não disse?

Porque tinha Copa do Mundo. E Olimpíada no Rio. Bilhões para vender e faturar.

Ex-presidente da CBF, Marin e bando estão sendo julgados em Nova York.

Janot, ex-procurador-geral, aceitou denúncia até para investigar a morte de “Nego”. O velho e adoentado cão labrador de Dilma.

Ricardo Teixeira e Del Nero seguem sendo citados como corruptos e corruptores no julgamento de Marin, em Nova York. Mas no Brasil seguem exilados e intocáveis . Por quê?

Comentários no Facebook

8 Respostas

  1. Luiz disse:

    Simples. Nossa justiça é uma BOSTA, MPF e uma BOSTA, PF é um BOSTA.

  2. Messias Franca de Macedo disse:

    … Que os(as) brasileiros(as) de bem tomem vegonha na cara e tenência nos olhos, e se espelhem no bravo e consciente povo hondurenho!…

    ***

    TSE de Honduras recua mais uma vez e aceita recontar tudo, o país está em descontrole
    Escrito por Tulio Ribeiro

    O governo e seu TSE recuaram mais uma vez passando da posição de revisar as 5179 atas para a totalidade, ou seja 18103. O Pais já tem mais de 200 empresas saqueadas, falta combustível e o toque de recolher de 20:00 às 6:00 é constantemente desrespeitada. Queimaram a prefeitura de San Francisco de Ojuera, uma estação de gasolina com 50 milhões de litros e tomaram o centro comercial “kuwait” na capital. A oposição, virtual ganhadora que sofreu o a fraude eleitoral tinha proposto a recontagem total dos votos ou convocar um segundo […]

    07/12/2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: blogue O Cafezinho

    • sempre Voltaço disse:

      Deixa os coxas e os empresários meritocratas dofretem mais um pouco.
      Depois a gente quebra tudo.

  3. renato arthur disse:

    A Classe dominante do Brasil sem dúvida é a mais corrupta do mundo, pois opera desde a criação da república, quando se estrutura o direito no país, o qual foi moldado para acobertar os poderosos, visto que os ingressos na magistratura provinham das classes abastadas. A justiça e a mídia sempre oprimiram as classes populares, toda vez que algum governo com viés social foi eleito ele sofreu forte perseguição destes dois setores. A Justiça brasileira funciona para manter a corrupção dos Poderosos da qual faz parte basta olhar o que ocorre no Brasil onde Lula esta sendo julgado de forma célere, enquanto políticos do PSDB como Eduardo Azeredo condenado no processo do mensalão mineiro, tem seu processo presos no TJ ha mais de 14 anos, isto vale p/ Aécio, Serra, etc. É só olhar o que ocorre no país e tirar suas conclusões

  4. Elena Osawa disse:

    Para saber um pouco da corrupção de Paulo Preto é só ler essa reportagem da Carta Capital: FARRA NO RODOANEL. https://www.cartacapital.com.br/revista/876/farra-no-rodoanel-752.html
    E tem esse caso do prefeitinho de SBCampo, sr. Orlando Morando do PSDB (aquele que proibiu Caetano Veloso de cantar na ocupação do MTST na cidade há pouco tempo atrás). O gajo comprou um terreno em 2002, próximo à região da Represa Billings, por R$ 200 mil reais e, por conta da desapropriação de parte do terreno pelo Dersa para construção do trecho sul do Rodoanel, esta pleiteando na justiça uma indenização de R$ 16 milhões de reais pela desapropriação. https://www.cartacapital.com.br/politica/candidato-tucano-em-sbc-cobra-r-16-mi-por-terreno-desapropriado
    Esses políticos tucanos são bons de bico mesmo!

  5. Eduarte disse:

    Só uma revolução popular…… Povo definindo seu rumo.

  6. Demetrio disse:

    Ora bolas, Tacla Duran ja disse que a lava jato cobra por alguns servicinhos, nao seria nenhuma surpresa saber que o superjuiz recebe muitos milhoes de dolares por debaixo das camisas pretas e no cuecão de couro.
    A elite desse pais é podre, honesto é o povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *