Auler: Fonteles e Ribeiro Costa, referências do MP, criticam ação dos procuradores

fontelesribeiro

Cláudio Fonteles, ex-Procurador Geral da República, e Alvaro Ribeiro  Costa, primeiro procurador dos Direitos do Cidadão na reorganização da instituição após  Constituição de 1988 e ex-presidente da Associação Nacional do MP, divulgaram um manifesto em que criticam, sem mencionar o nome, a condução coercitiva de Lula ordenada por Sérgio Moro e a atuação da Força Tarefa da Lava-Jato.

“Escolher um suposto “criminoso” e a partir daí “investigá-lo” e constrangê-lo para descobrir supostos crimes é inverter a lógica legal e afrontar princípios fundamentais de Direito Processual e Penal. É puro arbítrio, que a ordem jurídica condena e sanciona.

Fonteles e Ribeiro Costa são, ou deveriam ser, referências na corporação. Mas talvez não sejam para parte dos procuradores que, infelizmente, perdeu as referências até na lei…

Leia toda a história no Blog do Marcelo Auler.

Comentários no Facebook