Auler: Aparece o áudio da escuta da PF na cela de Alberto Youssef

audio

 

A história da “escuta velha e desativada” com que tentou se encobrir a descoberta de um equipamento de transmissão na cela de Alberto Yousseff, 20 dias depois de o doleiro ser preso pela Polícia Federal, em 17 de março passado desabou ruidosamente, com efeitos imprevisíveis sobre a Operação Lava-Jato, como revela Marcelo Auler em seu blog.

 

Mais de 100 horas de gravação ilegal dos seus diálogos com visitantes – inclusive seus advogados ou outros presos  – há a informação de  que Paulo Roberto Costa foi colocado na mesma cela – estão sendo sendo tratadas por peritos federais para melhorar a qualidade do áudio, desmontando completamento o que vinha sendo sustentado pelos delegados e – pior – pelos procuradores da Operação Lava Jato.

 

Agora, toda a operação está sob risco, caso se considere que a investigação começa por informações obtidas de forma ilegal, uma  vez que no seu primeiro depoimento, dia 21 de março, Youssef tinha se mantido em silêncio.  No dia seguinte, Paulo Roberto Costa, preso no dia 20, foi levado para a mesma carceragem da PF.

 

 

Leia a história, exclusiva, revelada por Marcelo Auler, que já chegou aos deputados da CPI da Câmara.

 

Aqui, no blog do Auler.

Comentários no Facebook

13 Respostas

  1. Paulo Roberto disse:

    Vá pra casa Padilha!!!

  2. Nathas disse:

    .
    .
    Caraca merrmão!!!
    .
    Agora quero ver!! Nunca poderiamos imaginar!!
    .
    Gentz vão acabar inventando que foi a banda podre da PF contratada pelo Marcelo Odebrecht para melar a lava jato!!
    .
    Não vamos deixar eles se livrarem dessa sacanagem!!
    .
    Eu nunca duvidei da inocência dos acusados da lava jato!! Essa escuta prova que era tudo mentira!!
    ..

    • Re disse:

      Lendo os comentários aqui e lá no blog do Auler, as pessoas levantam 3 hipóteses:

      HIPÓTESE 1 – alguns andam dizendo que os empresários investigados e/ou o governo cooptaram “delegados dissidentes” para colocar a escuta, para esta ser descoberta pelo Youssef, e assim dar uma razão de anulação da Lava-a-Jato. Isso só faz sentido se Youssef fizesse parte da trama desde o começo, tendo ficado combinado que a certa altura “acharia” o grampo – nesse caso as 100h de gravação não contêm conversas espontâneas, mas contidas, calculadas e não comprometedoras, pois nem os empresários nem o governo correriam o risco do que o Youssef poderia dizer espontaneamente por não saber do grampo. Para validar ou não esta hipótese basta que técnicos especializados analisem o teor das gravações.

      HIPÓTESE 2 – outros andam dizendo o contrário, que o grampo foi colocado pelos “delegados aecistas” (cf. página no fb na época da eleição) para controlarem até que ponto o Youssef poderia comprometer o tucanato, democratas e et caterva e, em verificando que chegaria a isso e não somente aos petistas, melar a operação com o vazamento do grampo ilegal.

      HIPÓTESE 3 – outros acreditam que os delegados puseram a escuta por saberem que não podem confiar no que o Youssef diz em juízo (bandido contumaz, já descumpriu delação no Banestado) e para agilizar as investigações. O grampo combina com a forma reativa com que trabalham – contam com delação premiada para chegar diretamente às provas, o que economiza esforços de investigação de campo e de Inteligência (por isso forçam delações premiadas em série). O grampo seria mais uma das formas de encurtar o caminho.

      Diferentemente da Hipótese 1 (em que Youssef sabia do grampo e por isso o “achou”), nas Hipóteses 2 e 3 os técnicos especializados, ao analisar as 100h de gravação, acharão conversas provavelmente cuidadosas mas espontâneas do Youssef num tom de quem não sabia da existência do grampo, que teria sido de fato achado incidentalmente.

  3. Francisco de Assis disse:

    Os delegados Igor e Márcio Anselmo (O CHEFÃO DA EQUIPE DA LAVA-JATO NA PF), que fizeram campanhas eleitorais deslavadas para Aécio Neves, MENTIRAM EM JUÍZO, para ninguém menos que o juiz Moro e os procuradores fanfarrões do MPF, os salvadores da pátria.
    .
    Esses são os pés de apoio do Moro e da direita golpista. Pés de barro, vê-se.

  4. Nathas disse:

    .
    Agora acabou!!
    .
    Os acusados da lava jato são todos inocentes!!
    .
    É tudo mentira fruto de grampo ilegal!!
    .
    Falei! Esse negócio de petrolão nunca existiu! Era tudo mentira via grampo ilegal!
    .
    FORA FHC!!
    .

  5. Nathas disse:

    .
    .
    GENTE A LAVA JATO ACABOU!!
    .
    Caiu!!
    .
    Não existe mais!
    .
    Ta todu mundo livre! Vamos receber todos com nosso hino:
    “Guerreiros do povo brasileiro!”
    .
    A lava jato ja era!! Vão ter que soltar todu mundo!
    .
    Finalmente o Brasil será passado a limpo!! E teremos esses presos políticos soltos e no meio de todos nós!!
    .
    O Brasil termina o dia mais puro e melhor com essa notícia!!
    .

  6. renato arthur disse:

    Como diz Paulo Moreira Leite- A escuta não-autorizada é crime, uma violação da intimidade que muitos juristas consideram até mais grave do que grampo telefônico não autorizado, pois envolve a liberdade de uma pessoa comunicar-se com outra, sem uso de qualquer aparelho ou instrumento.
    Não custa lembrar que o relato sobre o grampo na carceragem de Curitiba narra uma história bastante conhecida sobre a cadeia de ilegalidades que sempre se produz quando policiais cometem atos a margem da lei e não são investigados corretamente. Ao primeiro crime, que já é grave, segue-se outro — a fabricação de um inquérito fajuto. Lembramos que os delegados entraram na justiça para criminalizar o perito Werlang que na CPI da Petrobras confirmou as escutas ilegais. Penso que o tribunal do Moro está com os dias contados pois além das escutas ilegais, há também inquéritos sob delação direcionada a um único partido, além disso mandou procuradores a Suiça em 2013 para investigar Lula e Dilma, não encontrando nada, só não investigou as dezenas de contas do Cunha no exterior cujo dinheiro era propina que a sua corte investigava a Petrobras.

  7. Arthemísia disse:

    Se Protógenes Queiroz foi demitido por muito menos do que isso e a Satiagraha foi anulada, parece que o filme se repetirá. Apenas parece, porque nada no Brasil é previsível, muito menos a lei e a justiça.

    • Chico Vieira disse:

      Disse tudo Arthemísia.
      Agora eu vou querer ver se o STF é formado por ministros que não têm medo da midia.

  8. Rogério Salles disse:

    Operacao Erga OMINIS dois tá Chegando…

  9. Sidnei Brito disse:

    Para manter tudo de pé, é só os delegados aecistas, procuradores fanfarrões e o moro seletivo aumentarem as apostas.
    Quem vai ter que ser preso para manter a operação?
    Dependendo do peixão que for para atrás das grades vão conseguir colar no imaginário de que derrubar a operação seria só para ajudar o figurão.
    Todo mundo já deve estar pensando em Lula.
    Não sei se eles seriam tão óbvios e arrojados assim.
    Mas coisa grande vem por aí. Podem esperar.

  10. Sidnei Oliveira disse:

    O Temer ja arrumouvjeito de livrar a sua quadrilha

  11. Sidnei Oliveira disse:

    SO AQUI NO Brasil temos um BIDELADOR com dois crimes iguais… Operação maluco e lava jato, justi tira.de merd…….se somar o perdão deve viver uns 120 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *