Auler: AGU não recorreu de “auxílio-duplex” para Bretas

esqueceram

Extensa e cuidadosa reportagem de Marcelo Auler mostra que a Advocacia Geral da União, a quem compete zelar para que o Poder Público não pague vantagens indevidas a servidores, não recorreu da sentença de 1ª instância que concedeu a juiz Marcelo Bretas – ex-estrela do Twitter – e a sua mulher, Simone, o pagamento duplicado de auxílio-moradia a casais de juízes, o que é vedado por resolução do Conselho Nacional de Justiça.

A mesma AGU, porém, recorreu ao Supremo e conseguiu a proibição do mesmo benefício quando, em lugar de juízes federais eram os magistrados da Justiça do Trabalho que pediam a benesse, por decisão de Ricardo Lewandowski.

Cada vez fica mais claro, não só por isso, mas pela reação das Associações de Juízes, que assumem a intolerável posição de justificar o recebimento absurdo e indevido como “complemento salarial”, pois seus salários estariam “defasados”.

Espera-se que os caixas de bancos, que ganham imensamente menos e cujos salários são arrochados há muito mais tempo não passem a usar os mesmos argumentos na hora de fechar o movimento do dia.

Leia a reportagem no Blog do Auler e, como explicação aos muitos leitores que pediram detalhes de outros benefícios do casal Bretas, fica a informação de que estamos apurando com responsabilidade, por que os números não estão discriminados o suficiente para serem expostos sem medo de errar.

Aqui não tem “domínio do fato”.

 

Comentários no Facebook

10 Respostas

  1. Se minha saudosa genitora ainda fosse viva, certamente faria o seguinte comentário: “Eles ainda querem ter razão? São esses nosso juízes federais? Que bando de chupins desavergonhados!”

  2. HOCUS POCUS disse:

    MAIS UMA VEZ A REGRA SE CUMPRE ,ATRÁS DE UM PRETENSO MORALISTA SE ESCONDE UM CANALHA(NESTE O CASAL).
    O CRIMINOSO DE CURITIBA JÁ FOI DESMASCARADO ,ASSIM COMO O CÚ DE FRANGO E O PASTOR CURITIBANO(MAIS UM!!!),PORÉM ESTES FORAM PROTEGIDOS PELA MÍDIA (POR ENQUANTO)

  3. Nahum Pereira disse:

    Rita querida, a Bíblia não abona isso que ele está fazendo. Por favor, não confunda as coisas. Há uma enorme quantidade de textos e versículos que tratam da responsabilidade social e de diferenças entre um bom e um mau governo. Abração!

  4. Messias Franca de Macedo disse:

    … É uma mão podre lavando a do outro ainda pior, ou vice-versa!

  5. Fabiano França disse:

    Acabem com OAB..MP AGU…essas bostas são caras e prestam péssimo seviço….reformular a carreira de juízes….estratificar a carreira….

  6. C.Poivre disse:

    Um membro do ministério público recebeu de salário mais de 218 mil só em Novembro de 2017. Deve haver muitos juízes que ganham o equivalente:

    https://caviaresquerda.blogspot.com.br/2018/01/procurador-de-justica-demostenes-torres.html

  7. Eduardo disse:

    Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão! No Brasil atual o julgamento que os tribunais de instäncias inferiores e superiores fazem é decidir e dar punição a quem não pode roubar e dar cobertura judicial a quem pode roubar, segundo critérios judiciais. Isso é decidido em cada evento de corrupção ou roubo! A Lei e jurisprudências se aplicam de acordo com o corrupio e o ladrão em tela!

  8. clodoaldo s. disse:

    Não se esqueçam que esse “auxílio moradia”, assim como todos os outro “auxílios” são isentos de imposto de renda, porque são “verbas indenizatórias”. Pagar imposto de renda é para os outros.

  9. carlos disse:

    Só agora eu entendi pra que serve, essas ditas associações, e conselhos, tipo Conjur, ajufe, e agregados, e penduricalhos, que já virou termo jurídico, agu isso tudo para enganar o povo brasileiro, vejam aí o caso do casal Bretas, só pra ilustrar, o caso moro , com sua esposa o Zuculoto, são tudo um bando hienas para assegurar as benesses da classe de juízes e com a garantia do roubo judicializado, ou seja quando se trata de lesar o povo extorquir o povo, é com essas siglas que são amparadas não para proteger a constituição, más para lesar a Pátria. Não bastasse isso a classe política aínda resolve bancar a candidatura de um cafajeste chamado Luciano Huck.

  10. Pereira disse:

    Quando será que ficará dis?onível o “AUXÍLIO PERUCA e o AUXÍLIO SOBRANCELHA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *