Apareceu a verdade: a Dra. Ramona montou uma farsa para encontrar namorado em Miami

miami

A Dra. Ramona Matos Rodrigues tem o direito de querer viver com o namorado em Miami.

Isso é um problema dela com as autoridades de seu país e não nos cabe, a brasileiros, darmos palpite sobre as regras cubanas de emigração, que, atualmente, só restringem a saída de médicos, cientistas e militares. Os Estados Unidos restringem a entrada em seu país e volta e meia vemos cenas dantescas com dezenas de “chicanos” mortos em vagões de trem enquanto tentam entrar no “eldorado” americano e ninguém diz que, com isso, os EUA ferem a liberdade de ir e vir.

Mas a Dra. Ramona não tem o direito de ludibriar a boa-fé do povo brasileiro montando uma história farsesca sobre as razões de sua tentativa de fuga para Miami.

A Folha, hoje, revela o suficiente da história para que compreendamos que, como disse Janio de Freitas, esta história “vá dar rumba”.

A Dra. Ramona se aproveitou da simpatia que lhe teve uma senhora, prestadora de serviços ao “Mais Médicos” para encontrar acolhida em Brasília. Dizia sentir-se só e foi recebida por ela em sua casa, num rasgo de solidariedade.

Depois de um final de semana, como planejado, foi à embaixada americana pedir para ser “abduzida” àquele país, para surpresa da amiga que, então, disse que para isso sua casa não era abrigo.

Então a Dra. Ramona montou sua pequena farsa, com a ajuda providencial do deputado Caiado, que critica a “escravidão médica” de Cuba, mas é contra a abolição da escravatura “de peão” proposta na PEC do trabalho escravo.

Aí veio a cantilena sobre o “fui enganada”, etc, etc, etc…

A Dra. Ramona usou o congresso e a imprensa brasileira como palco e platéia de seu “teatro”, sem nenhum pudor.

E os usou porque sabe que, neste país, existe um sistema de comunicação que a transformaria em “heroína” quando é apenas uma pessoa que mente por seus interesses, em lugar de proclamar e lutar por seus direitos abertamente.

O que, no Brasil, ninguém duvida, poderia ter feito.

Mas a Dra. Ramona foi contratada por nosso país para atender doentes, não para se portar como uma transtornada – que seja, concedamos a generosa possibilidade – por um amor na Flórida que a leve a mentir na sede do parlamento, diante de toda a imprensa.

Porque, para esta fila de “vistos” americanos, tem muito brasileiro na frente dela, que sequer vai receber os gordos subsídios que o Governo americano dá aos médicos cubanos dispostos a expatriar-se.

Ao contrário, se pagassem metade do que paga o Mais Médicos, muitos médicos brasileiros estariam nessa fila, porque Miami, para eles, é lugar de gente.

Pacajás, no Pará, não.

Aliás, nada impediria o namorado da Dra. Ramona, se é tão grande este amor, vir para cá.

Talvez o que o impeça seja, apenas, Miami.

Mas isso é um problema privado do casal.

E esse é o pecado imperdoável da Dra. Ramona: transformar os seus quereres pessoais em um caso político em país alheio.

PS. Desde ontem, no início da tarde, havia essa informação. Como não havia confirmação, não publicamos. Correr o risco da mentira era agir sem dignidade. Coisa que a Dra. Ramona não fez com a opinião pública brasileira.

 

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

61 Respostas

  1. Gil Caldas disse:

    Simples e direto, senhor Fernando Brito. Sou-lhe grato.

    • renato disse:

      A ela o peso da mão da verdade.
      Que pode ser afavel quando se tratar de amor apenas.
      Mas, com certeza desrespeitou todos seus amigos Médicos
      e toda uma conquista de Cuba, que tenta achar meios de
      proteger seu POVO, da praga.
      Desrespeitou toda as famílias dos Médicos Cubanos e de
      outras Nacionalidades.
      Mas como o Jornal Nacional fará. Será que vai coloca-la
      no BBB, ou o SBT no caso de família.
      Vergonha para o povo CUBANO, por quem aqui defendemos.

      • Adriano O disse:

        Vergonha para o povo CUBANO?????????? Vergonha é para o povo brasileiro este programa que manda R$10.000,00 pra Cuba e o médico cubano fica com R$1.300,00. Vergonha é ter um governo que atacou a ditadura brasileira e apoia a ditadura cubana. Vergonha é defender um governo que está arrebentando com a economia e auto estima do povo brasileiro com a corrupção deslavada e gastança desmedida.

    • GLICIA disse:

      SE DEPENDESSE DE MIM ELA VOLTARIA PARA O LUGAR DE ONDE ELA NUNCA DEVERIA TER SAÍDO, CUBA. CHEGA DE MENTIROSOS, JÁ OS TEMOS EM ALT´PISSIMA QUANTIDADE.

  2. Dinio disse:

    Ela não vai, vai ficar mamando nosso dinheiro sem fazer nada, sob o guarda-chuva do Caiado!

    • Paulo Sérgio do Espírito Santo disse:

      Com todo o respeito, Dinio. No caso do mais médicos, a mim parece que mamando às custas do nosso dinheiro estão a nossa digníssima Presidenta e os irmãos da ilha cubana.

    • Elisabete disse:

      “Mamar o nosso dinheiro”, ganhando 800 reais, num país onde este dinheiro mal dar pra comprar comida “épacabá”, antes ler isto que ser cega.

  3. Henrique from Curitiba-PR disse:

    Ana Cruzelli: “Caiado foi reduzido a estúpido cupido”! Genial, Ana!

  4. José Neto disse:

    VAZA DAQUI!!!!!!!! Como é triste ver um ser humano pensando apenas em si. Mas como disse Francis Bacon: “A verdade é filha do tempo, e não da atoridade”.

  5. maria cardoso disse:

    gente, quanto barulho por nada! gostei mesmo foi da entrevista coletiva com o novo ministro da saúde. o cara é muito bom e usou este barulhão que o pig (que se diz a “opinião pública”) para reforçar os números e os ganhos do programa “mais médicos”. sugiro notícia sobre a entrevista coletiva. abraço.

  6. Orlando Bernardes disse:

    Simples! Processo nela, por falsificação ideológica. Depois, deportação. Simples

  7. Luiz disse:

    Tchau Ramona. Foi muito bom ter os seus serviços, mas agora não nos interessa mais. Pode voltar para teu pais. E seja feliz.

  8. Mauricio disse:

    Nessa novela, acho que o Caiado vai acabar casando com a Cubana, apadrinhados por Fidel Castro, e vai arranjar emprego no Mais Medicos. Nao e lindo?

  9. renato disse:

    Temos que analisar a mão da Direita e a Mão dos EUA já que para eles desestabilizar o Programa Mais Médicos é também de seu interesse.
    Vamos ficar atentos aos pequenos movimentos…

  10. Mauricio disse:

    Em outro final, o Caiado casaria com o namorado da Ramona, e ela voltaria triste e solitaria pra Cuba. Moral da estoria: Para de enrolar, Fernando Brito!

  11. Sônia Bulhões disse:

    Vaya con Dios num rato, por favor. Quando vi sua face, percebi que não era séria. Seja feliz em Miami. Lá é seu lugar.

    • Ana disse:

      Sônia, eu também quando vi o rosto da médica senti a falsidade, a falta de verdade nas suas palavras. Reclamar ela pode, mas ela precisa ir para Cuba reclamar do seu governo.

  12. Joao Carlos disse:

    Fernando Brito,

    Sugiro que o Ronaldo Caiado mude seu nome para Ronaldo Cupido.

    Quem procura seu amor poderia fazer fila na porta do gabinete do Sr. Deputado. Está a procura do seu amor ligue para Ronaldo Cupido.

  13. Ninguém disse:

    “Trabalho escravo” uma ova!

    Vamos acabar já com essa falácia:

    1) Cuba não é uma economia de mercado. É uma economia planificada, onde salários e preços são controlados. Se não souber o que isso significa, procure se informar.

    2) Em 2012, segundo estatísticas oficiais do governo cubano, o salário médio no país equivalia a aproximadamente US$ 17,00/mês, ou cerca de US$ 210,00/ano. (Fonte: http://www.one.cu/salariomedioencifras2012.htm)

    3) Suponhamos, para facilitar as contas, que o salário médio tenha subido em Cuba para US$ 240,00/ano (US$ 20,00/mês). Ora, segundo a própria médica refugiada na embaixada da UDR (não confundir com DDR!!!), os médicos cubanos estão recebendo um salário livre de US$ 1.000,00/mês (US$ 400,00 pagos diretamente ao médico + US$ 600,00 pagos em conta específica + R$ 750,00 de ajuda de custo, para despesas com alimentação, transporte e lazer + acomodação fornecida pela prefeitura), equivalente a US$ 12.000,00/ano.

    4) Isso representa um salário 50 vezes maior do que a média da população em Cuba! Assim, quando voltarem, depois de três anos, terão feito um senhor pé de meia (na pior das hipóteses apenas com os US$ 600,00 mensais da conta específica)!

    5) Imagine um brasileiro ganhando 50 vezes o salário médio do país! Levando-se em conta que, em 2013, o salário médio era de R$ 1.104,12/mês, o camarada ganharia o equivalente a R$ 55.206,00/mês! Eu disse POR MÊS! Não vou nem fazer a conta de quanto seria o salário anual. Deixo pra vocês. (Fonte: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/01/salario-medio-de-admissao-tem-aumento-real-de-2-59)

    6) Importante lembrar que, segundo a insuspeita CIA, em 2010, a renda per capita em Cuba era de US$ 10.200,00 (PPC). Quer dizer, aqueles US$ 240,00/ano equivalem em PPC a cerca de US$ 10.000,00/ano. Em outras palavras, os US$ 12.000,00/ano que os médicos cubanos vão receber aqui corresponderiam a aproximadamente US$ 500.000/ano com base na paridade do poder de compra!!!!! (Fonte: https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/cu.html)

    7) Sendo assim, não surpreende que muitos dos médicos participantes desse programa do governo cubano já estejam em sua segunda temporada no exterior.

    • Carlos Coelho da Silva disse:

      Sr. Ninguém, não vou questionar seu anonimato pois talvez o nome “ninguém” seja bem adequado à sua pessoa. Se todos esses números são verdadeiros o Sr. deveria ir pra lá, é um paraíso. Poxa, já se pode até sair sem pedir permissão…quanta liberdade !!!! Aliás, já se pode também abrir um negócio familiar sem tutela…. estou boquiaberto com tanta bondade !!! Sr. Ninguém, um contrato de trabalho num país livre é bilateral e uma das partes é o trabalhador. Um contrato assinado pela empresa de aluguel de médicos cubana, ou seja lá como for o nome (fornecedor), pela OPAS (intermediário) e pelo governo brasileiro (contratante), onde este último desembolsa R$ 10.000,00 e o trabalhador traficado recebe R$ 2.000,00, É TRABALHO ESCRAVO SIM !!!!! Os direitos trabalhistas, que vocês da esquerda defendem com unhas e dentes foi deixado de lado neste caso ? Por que ? A vida é curta e a liberdade individual é sagrada. Um povo que é subjugado há mais de 50 anos fica igual ao presidiário detido por muito tempo, até sentir na pele os raios de sol é uma benção. Traçar paralelo de quase nada com muito pouco é ridículo. Só posso acreditar na sua cantilena vermelha se vir seu contrato de trabalho assinado por um intermediário sem sua procuração. Vamos parar de viajar na maionese, entreguem a eles seus passaportes e liberem suas famílias e vejamos quantos se mantêm no programa Escravos Médicos. Em décadas passadas quando a punição podia ser até a morte, fomos às ruas sem máscaras, hoje a punição, se houver, é legal, esconder a cara é pura covardia. Gosto de saber com quem falo.

      • ineia moreira disse:

        E quem nos garante Sr Carlos Coelho que é esse seu verdadeiro nome?Vai falar besteiras assim lá longe.Essa de mandar alguém pra Cuba porque defende com certeza,fatos,e numeros como o Sr.Ninguem fez,só mesmo um babaca sem argumentos firmes como os seus,o fazem:Mandar para Cuba.Então quem defende o Brasil como o faz muitos lideres mundiais tem que vir morar aqui?Essa frase é a mãe das babaquices,já caducou 5 décadas atrás,arranje outra babaquice.Vá ler sua revista VEJA,e se desinformar.

        • socorro santos disse:

          kakakkakakakkaka, mais kakakakka adorei a sua resposta Ineia Moreira. estou me mijando de tanto rir de sse idiota carlos coelho , kakakakkakakakakkakakakkakakakakakakakkakaka pega leso. com se diz aqui no Am. pega leso.

  14. Maurício R. Santos disse:

    “Isso é um problema dela com as autoridades de seu país e não nos cabe, a brasileiros, darmos palpite sobre as regras cubanas de emigração, que, atualmente, só restringem a saída de médicos, cientistas e militares. ”
    Só? Só esses? Nossa, como somos maledicentes. Eles só proíbem a saída de Cuba, desses citados. Puxa, como são democráticos.

      • Carlos Coelho da Silva disse:

        Estou impressionado com tanta liberdade. Vai ser a festa dos velhinhos, afinal depois de 53 anos, né ? Talvez eu até mande rezar uma missa para agradecer, em nome dos cubanos, tal nível de bondade ! Se você viveu o regime militar e defende uma ditadura como a cubana, é caso perdido, gosta mesmo de cabresto. Agora, se não viveu eu lhe entendo, não sabe do que fala, por isso se posiciona a favor. É bonitinho ter discurso socialista vivendo no capitalismo, com os direitos individuais respeitados (ainda, o foro de São Paulo está aí).

        • rodrigo fraga disse:

          Problemas que não foram resolvidos podem ser esquecidos, o povo brasileiro falto as aulas de como melhorar sua vida???????? Quanto conhecimento da ilha de cuba e as terrível noticias de fatos de violência e morte nas ruas com fogos nos ônibus y policias com armas e capacetes de guerra e a droga e moradores de ruas e criança fazendo trabalho escravo, não fica muito raro que isso não seja la realidade que posa mostrar a grande imprensa ,então só tem nos olhos uma ditadura porem quanto podem estar felices moram no paraíso, não foi nunca importante que as pessoas tiveram as mismas oportunidades de aceso para educação e saúde e para muitos a alimentação e casa sejam sérios alguma vês e tentem ter toda. a informação para fazer um juiso ,minha opinião eles assinarom um contrato baixo Chantaje por a necessidade econômicas que eles tem mas só eles podem lutar para mudar ESE fato mais ninguém ten direito de olhar em casa alheia

  15. rodrigo disse:

    E quem garante que esse e outros programas de ajuda e perdões de dívidas não são somente para repasse para abastecer cofre da próxima campanga eleitoral?

  16. Baptista disse:

    Quem diria, Dr. Caiado reedita o programa “Espinhos do Amor”, em pleno congresso nacional.
    Enquanto se divertem com a cubana que quer ir a Miami reencontrar seu par de vaso, mesmo que isso custe abraçar-se ao DEM, aqui em São Paulo, as torneiras estão à beira de tornarem-se secas, graças aos tucanos que governam essa terra a vinte anos e não providenciaram novos reservatórios para atender a demanda, que cresceu e agora sem reservas não tem-se como enfrentar a estiagem, que sempre aparece de época em época, mas que esqueceram ou ficaram cruzando os dedos para não ocorrer. Mas ocorreu e agora tome Geraldinho e sua Sabesp jogando a culpa no usuário, que segundo ele, gasta muita água, com apoio da mídia amiga que acha que falta de 8% de energia por 30 minutos é culpa da Dilma e falta de água em São Paulo, com racionamento por muitos dias, é culpa da natureza. Durma-se com uma imprensa livre, leve e solta, como essa.

  17. Maria Aparecida Jubé disse:

    A direita desqualificada e a mídia golpista se deram muito mal nessa, não sei quem usou quem nessa tramoia, mas a mídia golpista e o DEM, que já está no necrotério, convidando para o sepultamento que será no dia 05 de outubro, conseguiram mostrar até onde são capazes de descer para tentar desmoralizar o governo e acabar com um programa tão importante para a população pobre e desassistida do país. Também esperar o quê, da direita mais reacionária da face da terra?

    • Robson Brga disse:

      Não acredito no que estou lendo… ainda tem gente querendo tapar o sol com a peneira… caiam na real…Cuba é um pais sob as leis de um inescrupuloso ditador, todo mundo sabe disto… voces vivem vendo gente de todos os tipos e poderes sociais,fugindo de Cuba, não vêm ninguem fugindo pra Cuba, oras bolas, a ainda vem falar em direita reacionária???? Esta “moça-médica” esta sendo escravizada sim, pelo governo cubano e com anuencia do PT aqui do Brejil…E olha que votei no PT, acreditei neste partido…fui enganado tanto quanto
      esta “moça-médica”…

    • Carlos Coelho da Silva disse:

      Ser esquerda qualificada, na sua opinião, é apoiar regimes ditatoriais ? É apoiar trabalhos análogos a trabalho escravo ? É apoiar contratos de trabalho tripartites onde o trabalhador é o único que não assina ? É apoiar situações em que o contratante desembolsa o valor contratado e o trabalhador faz jus a 20% ? É apoiar contratos em que o serviço é prestado em outro país e o trabalhador tem seu passaporte retido no exterior e sua família retida em seu país ? Se aprovar tudo isso é ser direita qualificada…EU SOU DIREITA DESQUALIFICADA !!!!!

  18. Mauricio disse:

    Faremos um almoco em 05/10. Porem o caixao descera ao tumulo vazio, ja que a maioria foi pro (quando sai a materia Brito?) partido do Eduardo Campos.

  19. lidia virni disse:

    Como eu escrevi ontem, estava na cara que era golpe armado desde Cuba. E os nossos patetóides de direita, os Demos e o PIG, se prestam a quelquer papel para desqulificar as politicas do GF e para agradar seus patrões do Norte.

  20. Carlos Ebert disse:

    Fugir de Cuba é fato corriqueiro. Nem deveria ser notícia…

  21. Rodrigo disse:

    Só um trouxa pra acreditar nessa historinha…acreditar na Folha, fala sério

  22. C.Paoliello disse:

    Precisamos instituir o “mentirômetro” para a mídia brasileira, pois os que a monopolizam mentem, distorçem e desinformam 24 horas por dia e fica por isso mesmo.

  23. Heitor disse:

    E o tal do Caiado vai sair ileso. Depois de levantar falsidades não pegará uma falta de decoro?

  24. Muhamad disse:

    O pior/melhor é que o noticiário coxinha diz que ela buscou ASILO no gabinete do dem, como se aquilo fosse embaixada estrangeira. OPS!!! Quem sabe?!

  25. Luiz Chein disse:

    As coisas estão muito claras. Todos sabemos que isso configura “trabalho escravo”. Foi dito que o médico cubano receberia 1/10 do salário prometido. O restante seria espalhado em “uma conta em Cuba”, sendo sacado apenas quando o médico voltasse para lá, mais uma ONG atravessadora que funciona como “gato” e mais ainda com o próprio governo cubano. Por que os outros médicos (espanhóis, portugueses) recebem o salário integral? Textozinho tendencioso, com a marca petista.

  26. rodrigo guedes coelho disse:

    Na antigüidade, os gregos faziam isso: compravam um escravo, o educavam e vendiam mais caro. Trata-se disso, no caso da médica cubana

  27. jose valente disse:

    Este formulario é importado de Miami? Deveria ser em espanhol, não em inglês. Onde estão as PROVAS, os fundamentos? E para escrever assim, publicamente, o seu conhecimento da língua portuguesa deixa muito a desejar. Digno de camelô da notícia.

  28. Tubias disse:

    Eu trago uma pergunta aos senhores:

    E de que importa o motivo da saída dela do Mais Médicos?

    Vamos ser bem honestos: Existe um direito inalienável no território nacional que é o Direito de Ir e Vir. Já se perguntaram se essa senhora tem esse direito?

    Vamos ser coerentes. Se fosse realmente livre, poderia ir a Miami normalmente, em período de férias, para poder ver seu marido. Mas o que a impede? Um contrato com a OPAS.

    Repito: CONTRATO

    Por que era negado a ela o direito de ir e vir? Por que ela não podia ser efetivamente livre? Nenhum contrato, em território nacional, está acima de nossas leis. E nenhuma lei está acima da Constituição Federal.

    Então, senhores, que tal focarmos no que realmente importa? O que levou essa mulher a essas palavras? Simples luxúria de ver um marido não foi…

    • Carlos Coelho da Silva disse:

      Tobias inútil argumentar, a razoabilidade já foi pro espaço aí bem acima´quando alguém defendeu que se a média de ganho em Cuba é de US$ 20,00 mensais os médicos são muito bem pagos com US$ 1.000,00 mensais ( 400 aqui e 600 lá) e que ao final do contrato, 3 anos, terão acumulado uma fortuna, US$ 21.600.00. A bem da verdade a gente tem que se preocupar com o possível êxodo de médicos brasileiros para Cuba, afinal, com um atrativo desse… Fique na paz.

  29. Antonio Lima disse:

    Tenho uma sugestão humanitaria: deporta esta figura pro EUA. Quem sabe lá ela possa conseguir ganhar US$ 4 mil como médica….

  30. Ren disse:

    O autismo ululante, a falta de noção e o grau de alienação do autor desse texto são um caso a parte, a ser publicado. Meu Deus!

  31. Lindomar disse:

    O que mais me impressiona é a natureza de “cordeirinho” que os médicos brasileiros estão se mantendo. Hoje no Brasil, a medicina é controlada pelos planos de saúde, que paga migalhas aos médicos e eles se mantêm caladinhos… sendo tosquiados.

    E o povo aqui e a mídia, vesgamente, ademais, briga em face dos médicos cubanos.

    Eu quero ver o que vai ocorrer é se a moda pega, e outros governos resolvam criar programas que levem os médicos brasileiros para lá. Do jeito que a sociedade brasileira vem tolerando essa situação e pactuando com essa discriminação social e econômica dos médicos, não terá direita ou esquerda qualificada que segure algum deles aqui.

  32. Nelia disse:

    Se ela for para os EUA não conseguirá trabalhar como médica. Vejam nessa reportagem da folha: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/02/1409838-cubanos-acolhidos-pelos-eua-nao-conseguem-atuar-como-medicos.shtml
    Os EUA procuram desestabilizar o regime cubano de todas as formas. Eles “acolhem” e incentivam que abandonem Cuba e os recebem como refugiados políticos. Aí acaba a mamata, eles são importantes como números, já como profissionais tem que ser desqualificados para não darem “ibope” à formação que tiveram no seu país de origem. O processo que equivale ao nosso Revalida é muito caro e esses refugiados “tão bem acolhidos” não tem nenhuma ajuda para obtê-lo.

  33. Nelia disse:

    Porque não postaram o comentário que enviei ontem?

    • Fernando Brito disse:

      as vezes os comentários se perdem pelos “desvãos eletronicos” e a gente não vê. E porque eu trabalho sozinho, muitas vezes não dá para ficar procurando. Se não sair, por favor, poste de novo

  34. Nelia disse:

    Ia contribuir com o blog(financeiramente), mas como não postam meus comentários, desisti.

  35. Augusto César disse:

    E os outros médicos que estão debandando, qual é a explicação dos militontos?

  36. Marden Cardoso disse:

    Ronaldo Caiado e DEM….hum….fedeu!

  37. Nicolau disse:

    Só os Burros Subdesenvolvidos da América Latina se enfiando no cu do “capitalismo” americano, em vez de se enfiar no cu do “paraíso socialista” em Cuba! Vão ser burros e subdesenvolvidos sadomasoquistas assim no inferno!

  1. 01/04/2014

    […] este Tijolaço revelou logo no início, a Dra. Ramona Rodriguez, que abandonou seu trabalho em Pacajás dizendo-se perseguida e foi […]

  2. 17/02/2015

    […] Por Fernando Brito, no Tijolaço. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *