Alexandre Garcia e a professora que lhe deu uma lição.

calma

Os leitores deste blog sabem que não gosto, quase nunca, de ser agressivo ao falar, mesmo a coisa mais justa.

Mas sou do tempo em que havia o “assim, sim, mas assim também não“, porque tem hora que a coisa passa dos limites e é preciso mesmo um bom destampatório para colocar as coisas no lugar.

Alexandre Garcia, normalmente, é uma figura que, para ouvir, é necessário apelar aos santos e à surdez, tamanha a quantidade de asneiras vaidosas que pronuncia.

Mas ontem, no final de uma boa matéria do DFTV, da Globo de Brasilia, ele deitou falação sobre as cotas para estudantes de escolas públicas, Garcia foi soltar suas pérolas, dizendo que cota era tradução de “pistolão” e dizendo que os alunos de escola pública que passaram fora das cotas  tinham conseguido fazê-lo “sem a humilhação de receber um empurrãozinho”.

Alexandre Garcia sempre gostou de falar sozinho, desde os tempos em que se exibia como dublê de porta-voz do Presidente Figueiredo e “abatedor de lebres” em revistas ditas masculinas.

Agora, com a internet, não é só ele quem pode falar.

E a professora de Matemática Flávia Helen, que trabalha com a preparação de alunos de escolas públicas para o vestibular na periferia do Distrito Federal, deu-lhe uma “enquadrada” daquelas de deixar o cidadão reduzido ao microscópico tamanho tamanho que tem.

D. Flávia, foi uma maravilha ver este cidadão “ouvindo” uns desaforos.

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

53 Respostas

  1. Grace Diniz disse:

    Gostaria de ter escutado o “esculacho” da Professora Flávia Helen. Infelizmente não assisto TV, principalmente a Globo.Tem como reproduzir?

  2. Irion disse:

    Por acaso se tal de Alexandre não é parente do Sargento Garcia?!

  3. roberto disse:

    Esse jornalista senil ,como a maioria dos globais, que estão na faixa dos 90 anos,como o FHC, está tão gagá e caduco, que não deve ter entendido nada do que a professora falou, pois as idéias são implantadas na sua frágil mente pela lavadora de cérebros da Globo, onde todos os funcionários ficam encaixados em fila ,por algumas horas, ao estilo daqueles secadores de cabelo antigos.
    Saem todos de lá muito mais burros e imbecis, do que já eram, por isso um homem velho como o Garcia,parece que a cada dia fica um pouco mais boçal e mentecapto, ao invés de mais sábio.

    • maria meneses disse:

      Me desculpe a correção, ele já conseguiu a plenitude da boçalidade, Um abração.

    • Américo disse:

      Não se trata de senilidade até porque eu sou mais velho que ele e não me tornei fascista, muito embora haja o caso de Hélio Bicudo. O problema não é de idade porque se tivermos sorte, todos ficaremos velhos, o problema é de caráter que esse pilantra não tem. A velhice, quando o Alzheimer não interfere dá mais sabedoria pela experiência vivida. Caráter vem de berço.

  4. renato arthur disse:

    Como escreve Paulo Henrique Amorim: A Globo foi contra o 13 salário. Apoiou o golpe de 64. Apoiou o assassinato e desaparecimento de presos políticos. Foi contra as diretas. Apoia o golpe contra a Dilma. É contra a reforma política. É contra o aumento do salário mínimo. É contra as cotas. É contra mais médicos. É racista ( Kamel diz que o Brasil não é racista). É contra a Petrobrás. É a favor dos estrangeiros e contra o Brasil. É a mesma forma colonialista como pensa o porta voz da ditadura, e seu funcionário Alexandre Garcia. Dê uma chance ao seu cérebro qual a razão de acreditar e apoiar esse pessoal?

  5. Maria disse:

    Palmas e palmas para essa Professora!
    Receba o meu apoio e sinceros cumprimentos!
    E não nos esqueçamos que houve também um artigo publicado por um estudante de nome João Marcelo, que também merece os nossos elogios.
    Falou por nós, brasileiros, contrários a essa turma midiática que está procurando levar o nosso querido país ao caos político, econômico e social.

  6. Pafúncio Brasileiro disse:

    Este vígaro-jornalista poderia ir dormir sem essa. Parabéns a Profa. Flávia Helen, é assim que se deve ser diante de vigaristas que tem espaço na TV desta mídia bandida. Este vígaro-jornalista (associação de vigarista e jornalista), como diz a Profa. “vai se acostumando”, pois os tempos mudam.

  7. Ana Maria disse:

    Hmm, onde está o link da fala da professora? Só tem o do programa global.

  8. Fábio Rodrigues disse:

    Trabalho com a Flávia e sei do seu compromisso com os alunos e com a escola PÚBLICA. Parabéns Flávia, pois a sua fala é a fala de milhares de professores e professoras desse país que acalentam e lutam diuturnamente para a construção de uma nação justa e democrática.

  9. Benjamin Eurico Malucelli disse:

    E o link da professora? Só tem o animal do Alexandre falando.

  10. Claudia disse:

    Professora Flavia Helen, parabéns, vc tem minha admiração! O país precisa de brasileiros como vc! Obrigada!

  11. Benjamin Eurico Malucelli disse:

    Flávia Helen, nem sei o que dizer, a não ser OBRIGADO! Você estraçalhou o animal preconceituoso, elitista, boçal, nojento que é o alexandre garcia, o penico da rede globo!!!!!

  12. Joáo Carlos de Almeida disse:

    Link com a sarrafada dada nas fuças do dito cujo, bem merecido: https://www.youtube.com/watch?v=Z90Zirrr5jU

  13. emerson57 disse:

    Alexandre Gracinha será ministro de comunicações de
    ÇERRA45 vice fegacê……viiiiiiiixe em 2038.

  14. Leisane disse:

    Tenho orgulho de ter tido aula com a Flávia Helen durante 2 anos.
    Uma excelente profissional.

  15. Angela Simões disse:

    Alexandre “Maluf” Garcia podia ter dormido sem essa, mas quem fala o que quer , “lê” e ouve o que não quer. Parabéns Flávia Helen.

  16. EDIVALDO disse:

    Estes são os jornalistas da rede esgoto de televisão, este e puro veneno da direita(psdb,demo,pps), e estes miseraveis e levam informações para o povo, temos que boicotar os produtos do horario nobre desta emissora.

  17. Pedro disse:

    Brito fora de pauta,no sertão da Bahia, chove muito, tudo verde, sapo canta na lagoa,tudo de
    boa a vida é bela…obrigado meu Deus!

  18. Márcio Gaspar disse:

    Temos que ocupar os cargos desse judiciário elitista. Pode demorar, mas vamos chegar lá.

  19. Eugênio disse:

    Sangue quente, nunca vejo, leio e nem escuto esses canalhas da mídia asquerosa.

    Há muito tempo não entra “informação” forçada em minha casa, esposa e filhas se acostumaram a usar a TV apenas como cinema. Recomendo a prática.

    Mas não há como fugir dos diabos, acompanhando os jornalistas progressistas sempre ficamos sabendo o que andam aprontando, de Jaburro a Azevedo, dos imbecis do Globo aos capangas das Folhas.

    A professora falou do jeitinho que eu falaria.
    Mas falou muito menos.
    Porque eu gostaria de falar coisas impublicáveis, mas não só: coisas mesmo impensáveis.

    E é por isso que nunca vejo, leio e nem escuto esses canalhas da mídia asquerosa.

  20. Thiago Teixeira disse:

    Eu lembro do programinha inútil que ele fazia na década de 90 no Fantástico “Crônicas de Alexandre Garcia”. Uma chamada para resumir os acontecimentos políticos da semana onde o golpista apresentava sorridente, serelepe e todo contente mostrando apenas parlamentares dormindo nas seções, cometendo gafes e entrando em veículos errados. De repente, nas eleições de 2002 e vendo a esquerda tomando o poder … o homi virou extremamente crítico … sério … cara fechada … indignado com a “corrupção” … desmatamento na Amazônia (hoje é muito menor que no passado) estranho não é?

    • Jeferson Santos disse:

      Eu pensei que somente eu me lembrava disto, ninguém jamais comenta sobre esse período do lacaio dos poderosos e lambe-botas da ditadura. Lembrou muito bem do detalhe, companheiro! Se for o mesmo que comenta no Pragmatismo Político, mais uma vez teceste um comentário sensato.
      Xande Garcia, William Waack, Bóris Casoy e outros da mídia PIG: capachos prediletos dos Senhores do Mundo!

  21. serralheiro velho disse:

    Linda resposta da prof. Flavia Helen que como muitos que vestem a camisa da escola pública estão resgatando o ensino de qualidade. Meu aprendizado no período colegial foi feito em boas escolas públicas. Blogueiros como Brito e Nassif estão possibilitando respostas tão oportunas como a da prof. Flavia. João Marcelo tem um texto no blog do Nassif também elogiável,

  22. Julio Spinola disse:

    Ha tempos afirmava a propria Petrossaurobras.
    Pre-sal eleitoral só se paga com petroleo acima de 70 dolares o barril.
    O brasil dispõe de mais de 300 milhoes de kw de energia eólica sem usar.
    Nosso parque eletrico gerador total está em 138 milhoes de kw.
    Assim, com 68.000 usinas eolicas de 2000 kw cada, PODERIAMOS SUBSTITUIR TODO NOSSO PARQUE ELETRICO POR ENERGIA EOLICA ou dobrariamos o atual.
    Um KW/hora consome cerca de 0,26 litros/hora de diesel.
    Uma usina eolica de 2 MW substitui 13.000 litros de diesel diarios.
    68.000 usinas substituiriam 884 milhoes de litros de diesel por dia ou 5,6 milhoes de barris/dia de oleo diesel.

    Então, porque nao privilegiarmos a matriz renovavel?

    • Fernando Brito disse:

      Júlio, percorre este blog e você verá: 1) o óleo do pré-sal, antes de impostos e royalties, custa US$ 8 dólares por barril. 2) a energia eólica teve uma expansão de 56% em 12 meses em capacidade instalada; 3) não podem ser feitas as contas assim, porque o regime de ventos é imensamente variável. uma usina de 2.000 kw (2 Mw) pode produzir isso ou zero, dependendo do vento. O fator médio de produção é 40% da capacidade instalado, mas isso é média, dia bom por dia ruim. Portanto, no dia ruim, o que se faz? Os “limpíssimos” alemães têm mais de 20% da matriz elétrica deles a carvão. Será que é pq são burros?

      • Alisson Souza disse:

        “O vento… Ele é diferente em horas do dia. Então pode ser que vente mais à noite.” (Dilma Roussef)

    • jandui tupinambas disse:

      Júlio,

      suas contas estão erradas. Refaça.

    • serralheiro velho disse:

      Quanto de térmica nuclear ?
      Quanto de hídrica?
      Quanto de solar ?
      Quanto de bio massa?
      ….
      Ainda bem, o Brasil tem energia abundante, inclusive o melhor futuro imediato no petróleo do pré-sal.

  23. Lenita disse:

    Je suis Flavia Helen ! Colocou a figura no bolso e despachou o traste racista para sua insignificancia. Parabens professora!

  24. Edson disse:

    Alexandre gracinaha esta a servico do planejamento dos TUCANOS visando desconsttuir todos os programas sociais e culturais construidos pelo PT juntos as classes trabalhadoras.

  25. Carlos Sena disse:

    Se você tivesse tido um avô, escravo e analfabeto,liberto de uma fazenda,e,vendo o seu trabalho ser ocupado por um imigrante,qual seria a sua perspectiva de vida, como neto desse cidadão?Qual é a possibilidade de acessão de uma pessoa desta, na vida?Não adiantou acabar somente com a escravidão.O País deve aos descendentes dessas pessoas uma COTA,não dada anteriormente,mas que agora,façam justiça com as COTAS.

  26. JoãoP disse:

    Além do sabão (com soda caústica!) que ela passou nele, gostei também porque ela estimula os alunos a irem a luta, e lembra que a Universidade Pública é de todos, não só daqueles que podem pagar bons colégios particulares e cursinhos. Parabéns Professora Helen! Alô coxinhas, logo não será só aeroporto que ficará “parecido com rodoviária”, vamos aprender a lavar a nossa roupa, fazer comida, limpar banheiros… Quem sabe assim passaremos a notar o valor de amplos setores da nossa sociedade.

  27. Luís CPPrudente disse:

    Alexandre Garcia, o lambe botas do Figueiredo deve estar com muita raiva, agora o lambedor não pode mais falar sem ser retrucado.

  28. Lopes disse:

    Essa professora é uma idiota. Perdeu uma boa chance para explicar a importância das cotas ao preferir usar palavrões e português fraco.

  29. Edilberto Pires disse:

    Minguem que torne famoso e ou ocupam cargos e jornalista de formação, sem passar pela Professora (or). Valeu prof. é tudo que gostaria de desbancar o exibicionista mal humorado pode até ter muito dinheiro mas não serve para nada. um inútil. só um desalmado comenta tal absurdo. Parabéns prof.mais uma vez e muitas vezes, defenda sua categoria não por ganhar fortuna, mas, para ensinar as boas maneiras e a matéria. Mil vezes Sra, corajosa Professora Jesus também é o Mestre. Ele se identifica assim.

  30. RENATO LOPES disse:

    Esse safado alem de apoiar a ditadura, ainda fala essas merdas, foi pouco o que ela fez, esse pilantra merece é porrada, canalha.

  31. Celso Junqueira disse:

    Alexandre Garcia, pode espernear à vontade. É um direito seu. Mas saiba que esse processo é irreversível. Saiba também que você não faz mais a cabeça de ninguém. Nem você nem alguns de seus iguais. Já foram engolidos pela História. Estão a caminho do lixo da mesma. Tenha um pouco de dignidade e saia de fininho…

    • Celso Junqueira disse:

      Como eu gostaria que um negro entrasse com um processo contra a União pelo que seus antepassados sofreram nos 380 anos em que a escravidão vigiu(?) no Brasil. O ideal seria se um advogado, um promotor ou um desembargador negro liderasse esse movimento. Algo como o que os judeus fizeram em relação ao holocausto. Poderia não dar em nada mas seria uma bela discussão.

  32. Vinicius disse:

    Flavia está de parabéns pela atitude honrada e corajosa.

  33. Alisson Souza disse:

    A mulher xingou, colocou como preconceituoso o comentário meritocrata de Alexandre Garcia e vocês todos aplaudindo. No comentário, AG não diz em nenhum momento que estudante de escola pública não possa ir pra universidade. O que ele fala é que se houve algum atalho, não foi por mérito.

  34. Carlos Roberto disse:

    Excelente!

  35. Assim Falou Golbery disse:

    na minha universidade pública, antes de cota, como o vestibular era feito mais para excluir rede pública , cheio de truques, decorebas e pegadinhas para colocar até por cima do murro quem pagou pré-vestibular, os quais ¨misteriosamente¨ faziam revisão de véspera tal qual a prova no dia seguinte, as disciplinas eram geralmente de 6 horas\aulas\semana e coisa bem pouca de conteúdo, pois sabia-se ser os piores possíveis, além de alto investimento em biblioteca , uma vez, que mesmo com boas aulas poucos entendiam alguma coisa. Com cota, portanto, ingressando o que há de mais preparado, a maioria das disciplinas passa a ter apenas 4 horas\aulas\semana e muitas das vezes não apenas com o mesmo conteúdo, mas ainda ampliado. Além de dispensar maiores gasto com biblioteca pois a maioria aprende toda aula com apenas meia aula. Para quem sabe do que se trata, antes engenharia civil fazia quatro cálculos de 6h\a\semana cada um e agora todos esses cálculos e mais um pouco viraram apenas duas disciplinas de 4h\a\semana apenas

  36. carlos disse:

    Ainda tem gente que precisa desenhar par entender, o que esse calhorda que nunca se reciclou, ou não quer se reciclar, em outras palavras o que ele falou foi que os negros fizeram um outro tipo de vestibular para conseguirem a vaga, e não foi isso que aconteceu se existe um concurso para medir a capacidade e competencia do aluno é o vestibular, aí esse lacaio da ditadura vem criticar é como se colocasse um funil para coar a água, esse marginal não sabe o que é isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *