Cunha levou seis meses para ser “quase” réu. E para ser julgado?

mumia

O deputado Eduardo Cunha foi denunciado pelo Ministério Público ao Supremo Tribunal Federal no dia 20 de agosto do ano passado.

Há seis meses, portanto. E com extrato de conta na Suíça e tudo o mais.

Hoje, finalmente, se desenhou maioria no Supremo para aceitar a ação proposta contra ele.

Ou seja, Cunha é “quase” réu.

Neste meio tempo fez – agora parece não ter mais forças para isso – o que quis e o que não quis para lançar o país em crises institucionais, a maior delas o “embalsamado” impeachment que ainda paira como uma múmia na cena política.

Ainda ontem teve uma reunião com juízes (!!!) interessados em manter salários acima do teto constitucional, contrariando projeto enviado por Dilma Rousseff.

Uma bagatela de R$ 800 milhões.

Quase 150 mil pedalinhos, que tanto atraem a Globo.

Viva a moralidade.

 

 

Posts relacionados...

Comentários no Facebook

10 Respostas

  1. Nelson disse:

    Podridão, meu caro Brito. Podridão que parece não ter limites, não ter fim, daqueles que ousam apontar seus dedos a outrem acusando-o de corrupção. Podridão aliada a uma pusilanimidade vergonhosa – quando não conivência – daquele poder que deveria ser o bastião da legalidade, o Judiciário.

  2. renato arthur disse:

    O Maluf foi condenado. Na França.

    • Vargas disse:

      Muito bem mandado, renato arthur, rsrsrs

    • Maria Rita disse:

      Pois é. Foi de verdade, aconteceu. A pena é de três anos. Mas o Janot quer 184 anos de prisão. Vai melar. Porque não há condições lógicas para cumprir essa pena. A não ser que Janot tenha combinado com o lado de lá. Lá em cima ou lá para baixo. Aquela coisa para além do aquém do além do além. Assim falava o vampiro brasileiro. Ou Zaratustra, sei lá.

      • Lenita disse:

        Ahahahaha…. O Cunha ha muito se transformou em “morto vivo” atirando pra todos os lados ! Pior e que parece que o processo levara o tempo de seu mandato. O Brasil da luz convive, infelizmente, com vermes desse tipo ja ha muito tempo … rsrsrs

  3. Alex Herren disse:

    Já que parte do judiciário, do mp e da pf foram privatizados, seus novos proprietários é que devem bancar seus salários. Não estou certo?

  4. Schell disse:

    Não é bem assim: o STF só pode partir para o julgamento depois que o mpf parou de “aditar” a primeira denúncia (sempre no frigir dos prazos). E, diga-se, nada está definido, pois, algum dos 5 (des)ministros faltantes poderá “pedir-o-a-perder-de-vista”, como o GM fez com a questão dos financiamentos de campanhas políticas.

  5. Fabio disse:

    Vergonhoso, nem há o que comentar.
    O maior bandido da republica, um lixo, um verme como esse Cunha e ainda comanda a Câmara.
    A que ponto nosso Brasil chegou.
    Sinceramente, tenho 40 anos e já desisti que o Brasil possa se tornar um país sério.

  6. Genaro - SP disse:

    A foto acima representaria fielmente o Gilmar Mendes “pedindo vistas” deste caso.

  7. Thila disse:

    Tudo isto é perfumaria! Teatrinho do moro.O final já sabemos : criminalização do PT e o resto felizes e soltos para sempre .Amem.O Brasil está dee luto desde aTeoria do domínio do Fato ou melhor dominio dos fascistas m

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *