Cunha levou seis meses para ser “quase” réu. E para ser julgado?

mumia

O deputado Eduardo Cunha foi denunciado pelo Ministério Público ao Supremo Tribunal Federal no dia 20 de agosto do ano passado.

Há seis meses, portanto. E com extrato de conta na Suíça e tudo o mais.

Hoje, finalmente, se desenhou maioria no Supremo para aceitar a ação proposta contra ele.

Ou seja, Cunha é “quase” réu.

Neste meio tempo fez – agora parece não ter mais forças para isso – o que quis e o que não quis para lançar o país em crises institucionais, a maior delas o “embalsamado” impeachment que ainda paira como uma múmia na cena política.

Ainda ontem teve uma reunião com juízes (!!!) interessados em manter salários acima do teto constitucional, contrariando projeto enviado por Dilma Rousseff.

Uma bagatela de R$ 800 milhões.

Quase 150 mil pedalinhos, que tanto atraem a Globo.

Viva a moralidade.

 

 

Comentários no Facebook