2017: o ano do bico

anodobico

Não houve “geração de emprego” em 2017.

O que houve, em grandes linhas, foi o deslocamento da população desocupada para atividades informais, trabalho doméstico  e micronegócios que pudessem dar-lhe, mal e mal, sustento.

Os números da PNAD Contínua do IBGE encerrada em dezembro são claros, como você vê no gráfico e dispensam as especulações que se lê na mídia.

Basta a transcrição do trecho do relatório do instituto que resume a movimentação da força de trabalho:

O número de empregados com carteira de trabalho assinada (33,3 milhões) ficou estável frente ao trimestre anterior (julho-setembro) e recuou 2% (menos 685 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2016. Comparando-se as médias anuais de 2014 para 2017, esse contingente se reduziu em 3,3 milhões.

O número de empregados sem carteira de trabalho assinada (11,1 milhões de pessoas) apresentou estabilidade em relação ao trimestre anterior e subiu 5,7% (mais 598 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2016. Entre as médias anuais de 2014 para 2017, houve um aumento de 330 mil pessoas nesse contingente.

A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,2 milhões de pessoas) cresceu 1,3% na comparação com o trimestre julho-setembro (mais 288 mil pessoas). Em relação ao mesmo período de 2016, houve alta de 4,8% (mais 1,1 milhão de pessoas). Nas médias anuais, em 2012, o trabalho por conta própria envolvia cerca de 22,8% dos trabalhadores (20,4 milhões) e, em 2017, passou a representar 25,0% (22,7 milhões).

O contingente de empregadores (4,4 milhões de pessoas) cresceu 3,9% em relação ao trimestre anterior e, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, apresentou aumento de 6,4%, ou seja, mais 263 mil pessoas. Já a comparação com a média anual de 2012 apontou alta de 19,3% nessa categoria (mais 687 mil empregadores).

A categoria dos trabalhadores domésticos (6,4 milhões de pessoas) cresceu 3,1% no confronto com o trimestre de julho a setembro de 2017. Frente ao trimestre de outubro a dezembro de 2016, houve alta de 4,3%, ou seja, mais 262 mil pessoas. De 2014 a 2017, cerca de 204 mil pessoas entraram nesta forma de inserção do mercado de trabalho.

Comentários no Facebook

28 Respostas

  1. hccoleho disse:

    O golpe é um fracasso total, só não vê quem não quer ou quem é apequenado.
    Depois do golpe, o caos. Viu, stf!

  2. Alexandro Souza disse:

    Todo parágrafo começa com Lula isso… Lula aquilo. Mas o presidente atual é outro, e o país tá uma maravilha… vamos aplaudir de pé, todos, vamos lá pessoal, levantem-se. Ih!! Não deu ninguém, tá feito tio Ernesto!!!!

  3. nono porto de santos disse:

    Em muita coisa, tens razão. Só te esqueceste de dizer que, e isso é sabido por todos, a esmagadora maioria daquela malta de larápios foi “da cota” do PMDB, e era uma coligação. “Eles” estão por aí, no desgoverno temer. Veja o que o Lula deve ter “engolido”, para colocar Henrique Meirelles em seu governo… Na política, como os políticos… Além do mais, entre o que anda por aí dos chamados grandes partidos, e o PT do Lula, sou muito mais este.
    Sobre o sérgio moro, discordo frontalmente. Para mim, ele e seus asseclas de Curitiba, metaforicamente, são uns facínoras que se servem da lei, em busca de seus ignóbeis fins (destruir uma nação é um “ignóbil fim”). E pergunto: Quantos empregos essa horda criou? E o Lula, quantos? Ora vá…

  4. Messias França de Macedo disse:

    … Quando o PT e os demais partidos de esquerda irão conclamar os descamisados e famélicos para participarem das manifestações contra o golpe?

  5. Messias França de Macedo disse:

    … E nestes múltiplos eventos cívicos, organizar aulas públicas informando ao povo quem são nós responsáveis pela tragédia em curso: juízes, procuradores da República, Rede Globo e a maioria das emissoras de televisão, rádio e jornais, banqueiros, grandes empresários…

  6. Messias França de Macedo disse:

    … Falar diretamente ao povo acerca da perseguição criminosa pela qual o honrado presidente Lula está sendo covardemente submetido…

    • JP Alecrim disse:

      Arnestinha Pederasta

      Foi armado por sua mãe, aquela puta. Vê se escreve algo com nexo. Não aguenta fumo na bundinha, vagabunda pederasta ? Não aguenta cachaça, toma leite, cadelinha.
      Sua candidata tomou no CU?
      A Bolsonara se fodeu ? Aceite boneca fela da puta !
      Xibunguinha !
      Vadia !
      Ordinária !

    • JP Alecrim disse:

      Arnestinha Pederasta Passiva e Louca
      Tá ficando aluada boneca ? Vai tomar chumbo quente nos cornos, cadelinha!
      Vê se escreve algo com nexo. Não aguenta fumo na bundinha, vagabunda pederasta ? Não aguenta cachaça, toma leite, cadelinha.
      Sua candidata tomou no CU?
      A Bolsonara se fodeu ? Aceite boneca fela da puta !
      Xibunguinha !
      Vadia !
      Ordinária

  7. Messias França de Macedo disse:

    … Falar diretamente ao povo sobre o roubo do pré-sal!
    Explicar, didaticamente: os recursos do pré-sal que iriam para a educação e a saúde publicas, agora estão sendo dados aos exploradores estrangeiros…

  8. Messias França de Macedo disse:

    … Portanto, mais do que nunca dantes (sic), é hora da união de todos e todas: partidos políticos progressistas, democráticos e nacionalistas; entidades civis organizadas; sindicatos; organizações estudantis; associações de moradores; acadêmicos; artistas; igrejas progressistas…

  9. Carlos disse:

    Este aqui é o autor “muito bom” do texto “recomendado” pelo ernesto. O sujeito e outros como ele são pessoas sem noção. Copiar e colar coisa de gente que faz parte da veja e do millenium em blog de esquerda? Fala sério… Se tem alguém pagando o ernesto para ficar dando palpite em blog de esquerda, está jogando dinheiro fora.
    https://pt.wikipedia.org/wiki/J.R._Guzzo
    https://www.institutomillenium.org.br/author/jrguzzo/

  10. Carlos disse:

    O tal de jr guzzo é da veja e tem textos publicados no site instituto millenium! Aí aparece um sujeito, copia e cola uma coluna dele aqui ocupando um enorme espaço no campo de comentários.

  11. jose magno disse:

    O economista Mailson Nobrega está esclarecendo sobre o rombo das contas publicas exercicio de 2017 que o governo golpista está mentindo para a população não publicando a exatidão desse rombo. Como a mídia é comprada, a verdade não é dita claramente. Por obséquio, queiram ler.Igualmente a mentira sobre o desemprego. Etá governo safado este do presidente Temer Bandido.”O anúncio dos resultados do setor público, feito hoje pelo Banco Central, indicou que o déficit público nominal, isto é, a diferença entre receitas e despesas (incluindo os juros da dívida pública), alcançou a expressiva quantia de R$ 562,8 bilhões. O déficit primário (receitas menos despesas, excluindo os juros) foi de R$ 155,8 bilhões”. O pior por apoiar criminosos também se torna criminoso, conforme a teoria do dominio do fato preconizada pelo celebre juiz parcial de Curitiba.Aproveito para aconselhar alguns internautas. Favor deixar esses midiotas trouxinhas falando sozinhos.

    • Tiago disse:

      Não são apenas midiotas trouxinhas, mas muitos ainda são financiados para tentar desqualificar sites que não se alinham com o que seus Financiadores querem…

      Basta ver que tem alguns pseudônimos (Ernesto, Tissó Kavarinha, etc) que comentam todas as notícias desse site apenas no intuito de buscar a promoção do ódio, desqualificação e propagar as propagandas definidas por Think Tanks que apoiam esse desgoverno (Instituto Millenium, Ilisp, Mises, além da mídia que mastiga isso ou de Grupelhos vendidos tipo MBL)…

      Hoje já há a “profissão” de propandeador em mídias sociais… Kkk

      Uma pena pois a energia negativa que acumula já está deixando doentes esses encitadores de mídias sociais.

  12. Rui disse:

    Do bico, das boquinhas malditas da midia, das boquinhas famintas do povo que trabalha, dos becos sem saída das condenações injustas, das tentativas de aniquilamento dos direitos fundamentais do povo brasileiro, das perdas na educação, na saúde, na cultura e na tecnologia, dos desmandos e protecionismos governamentais, dos canalhas requintados, da pqp, do raio que os parta, do diabo que os carregue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *